100. “Para mim, até então, Deus era uma palavra no papel.”

 

A obra “A Verdadeira Vida em Deus” fez muita diferença na minha vida. Para mim, até então, Deus era uma palavra no papel. Quando li um livro pela primeira vez, parecia que Ele falava ao vivo, diante de mim. Nesta Obra, aprendi que Deus é Amor. Aprendi que reconhecer isto, também vem d´Ele. Ele emana Ternura. Eram estas a sensações que eu tinha: paz, alegria, pensar mais em Deus, voltar aos sacramentos, rezar, falar com Deus. Foi por esta Obra que aprendi a amá-Lo, e porque Ele me amou primeiro e me ensinou a amá-Lo.

A primeira vez que tive contato com estes livros foi na casa de uma tia, em outra cidade. Quando cheguei de volta à minha casa, encontrei um dos volumes na cama da minha irmã. No mesmo fim de semana, esta obra foi apresentada a minha irmã, sem que soubéssemos uma da outra! Isso foi muita coincidência. Agradeço a Deus por ter se lembrado da gente. A impressão que dá é que Ele pensa na gente de forma pessoal. Ler a AVVD me faz mais feliz, me trouxe de volta o querer rezar e participar dos Sacramentos.

Marcio Furlaneto
...
Brasil

testem separa