Logo

Notícias

Circulares

CIRCULAR Nº: 09/2017


ASSOCIAÇÃO A VERDADEIRA VIDA EM DEUS - BRASIL



CIRCULAR Nº: 09/2017

Data: 29 de maio de 2017



MENSAGEM DE VASSULA
25/05/2017


Já há bastante tempo paira sobre nós um mal-entendido entre algumas Associações da AVVD e Grupos de Oração, e agora o Senhor me impele a esclarecê-lo.

Sabemos, claramente, que Nossa Senhora me pediu para criar as BM (Beth Myriams, as Casas de Maria) que, por realizarem Sua Vontade, receberam Sua Bênção e estão sob Sua Condução. Entretanto, quando no início anunciei o que Nossa Senhora estava me pedindo para fazer, sofri logo objeções por parte de algumas pessoas que tentaram me convencer de que esta obra de amor não estava no Plano de Deus e era incorreta e não faziam parte da minha missão. Me disseram que as BM não faziam parte da minha missão e que eu deveria me concentrar apenas nas Mensagens, transmitindo-as como faço, e me concentrar nelas somente. Acho que já ficou claro que isso estava errado. Houve também quem me dissesse no início dos anos 1990 que, agora que os livros estariam sendo publicados, já não havia mais necessidade de eu continuar viajando e testemunhando porque eu estava causando irritação em muitos Bispos. Ao mesmo tempo, Deus estava me pedindo para ir a todos os lugares como Seu Eco e ser como um Livro falante. Ficou provado que todas essas objeções estavam erradas.

Depois, Jesus nos pediu para criarmos Grupos de Oração, e assim fizemos; depois, os Retiros, as Peregrinações, sendo tudo abençoado por Deus por estar de acordo com Sua Vontade e divino Plano, e, portanto, essas obras estão glorificando-O.

Quando os livros foram impressos, Jesus nos pediu para criarmos Associações para termos uma base legal para as vendas dos livros, e assim fizemos. Entretanto – e esta é a razão por que estou escrevendo agora – , desde o início, quando as Associações estavam sendo criadas e tiveram que ser assinados formulários administrativos, houve a necessidade de se escolher um "presidente", bem como um tesoureiro, a fim de cumprir formalidades legais. Imediatamente, anunciei com toda clareza, e desde então tenho repetido por diversas vezes, que aquele(a) que assina como “presidente” não deve, de modo algum, atuar sob este nome ou se intitular “presidente” em seu trabalho com todos os demais em uma Associação Nacional. Temos “presidente” apenas por questões de formalidade. Meu aviso não vem de minha parte, mas segue a orientação de Jesus, que disse tantas vezes nas Mensagens: “Eu sou seu Diretor Espiritual”. A maioria das Associações acatou e entendeu o que eu quis dizer e os membros dessas Associações, inclusive seus grupos de Oração, trabalham juntos como um grupo e em harmonia, com um objetivo comum e um pensamento comum. Quando há unidade, não há concorrência entre eles e não há vaidade. Entenderam que foram chamados a se unirem como partes de um Corpo. E eu acrescentaria que estas Associações estão multiplicando seus bons frutos.

Jesus NUNCA nos pediu, de modo algum, para criarmos uma Diretoria e que apenas alguns seriam eleitos para atuarem nessa Diretoria intitulando-se presidentes ativos com poder sobre os demais. Isto Jesus não pediu. Também ouço, de vez em quando: “mas esta pessoa é o presidente que tem o direito de decidir e de ter ‘a última palavra’ sobre todos os demais.” Bobagem. Isto é uma desobediência ao que Cristo quer. Quem disse a elas que Cristo precisa de um "presidente" oficial?

Esta questão dolorosa já vem ocorrendo há muito tempo e eu tenho permanecido calada – embora, de vez em quando, tenha mostrado minha desaprovação (que era realmente o que o Senhor queria que eu fizesse). Minha desaprovação foi contestada e rejeitada por alguns com ameaças de que eles deixariam de ajudar a AVVD se eu não deixasse os "presidentes" por sua própria conta e em paz, esquecendo-se, então, que a AVVD é, de fato, um Presente de Deus que Ele me entregou para garantir que Seu Presente seja compartilhado entre os membros de seu povo. Ele me deu discernimento para vigiá-lo e saber o que é bom para ele, acrescentando que Sua Obra deve atuar humildemente evitando-se que comece a se parecer com um órgão administrativo.

Precisamos entender que ninguém dos Grupos de Oração ou das Associações deve assumir liderança pessoal, mas que, quando chegar o momento de se tomar uma decisão sobre qualquer fato ou questão que tenham sido discutidos ou acontecido com eles, todos os membros do Grupo de Oração ou da Associação deverão se reunir e decidir juntos em harmonia.

Não cabe a uma pessoa nem aos membros de uma Diretoria por eles criada decidir sobre todos os demais - em outras palavras: as decisões devem ser tomadas em espírito de unidade e em trabalho de equipe. Devemos aprender a perseverar na unidade em humildade, sem nunca esquecer que Cristo nos escolheu para trabalhar para Ele, derramando generosamente sobre nós o Seu Espírito Santo, para que sejamos justificados pela Sua graça e realizemos a Sua obra com um espírito de mansidão.

Espero que isso seja compreendido de uma vez por todas. Entretanto, se ainda houver quem discorde, digo a estas pessoas: tentem entender o que vem de Deus e o que não vem d’Ele. Leiam as Mensagens de novo e meditem em todas elas e não apenas em algumas partes. Vocês obterão suas respostas lá. Que o Espírito nos dirija.

Em Cristo, Vassula

Que Deus nos abençoe.



Leonardo Cesar Harger
Contato Nacional

Site oficial:
www.tlig.org/pg.html
Site AVVD Brasil:
www.avvdbrasil.org.br

CIRCULAR Nº: 08/2017


ASSOCIAÇÃO A VERDADEIRA VIDA EM DEUS - BRASIL



CIRCULAR Nº: 08/2017

Data: 18 de maio de 2017



MENSAGEM DE VASSULA


Vassula recebeu uma mensagem de Jesus dirigida ao grupo de oração de Rodes.

Prezados amigos da AVVD,


No dia 22 de setembro deste ano, recebi uma mensagem de Cristo Nosso Senhor para o grupo de oração de Rodes. Depois de algum tempo, achei que deveria mandar também para todos vocês, de modo que talvez seja de proveito para outros grupos de oração, além do de Rodes. Vocês vão ver que, de certo modo, talvez ela diga respeito a cada um de nós.

Enumerei as frases por uma razão: para explicar o que eu entendi desta mensagem, depois de meditar um pouco, para esclarecer as pessoas dos grupos de oração.

Esta mensagem está associada a uma mensagem que começou no dia 5 de setembro, mas foi concluída no dia 22 de setembro e, antes de terminar aquela mensagem, Jesus acrescentou o que segue abaixo:

agora diz ao teu grupo de oração de Rodes o seguinte:

1. nos primeiros dias das Minhas Mensagens, dáveis importância a todos os Meus Interesses, superando perseguições e provações, com alegria; Eu tirei todos vós do poder das trevas e perdoei vossos pecados;

2. estou lembrando agora a todos vós de transformarem numa chama vosso amor por Mim;

3. lede Minhas Mensagens, aprendei a Me amar mais!

4. fazei o bem e transformai-vos a partir do Meu Conhecimento;

5. vinde refugiar-vos em Mim e serei o vosso Cântico;

6. Eu leio o coração de cada um de vós e sei perfeitamente de vossas necessidades; portanto, vinde a Mim, o vosso Salvador;

7. sede a Minha Igreja Viva!

8. agradai Meu Coração, reuni-vos e recebei Minha Ternura,

9. anulai em vós tudo o que não vem de Mim,

10. e trabalhai muito pela vossa salvação e pela salvação das outras pessoas;

11. recebei Meu Beijo Santo nas vossas frontes, o Amor ama a todos vós!!! ic

1. Quando vocês foram tocados pela graça de um modo poderoso através de Suas Mensagens e se converteram, vocês levaram a sério tudo o que Cristo estava lhes pedindo para fazer, com garra, alegria e sem medo porque vocês haviam descoberto "a pérola" e o valor dela. Cristo lembra a vocês de como perdoou instantaneamente seus pecados, uma vez que vocês passaram a ser d'Ele e pediram para ser perdoados.

2. Cristo nos lembra, mais uma vez, para sermos como éramos no início - inflamados, cheios de vida, ávidos - porque parece que nossa chama, de alguma forma, diminuiu, de acordo com Ele, e, se continuar assim, pode ser extinta, pode morrer um dia. Portanto, isto é um aviso.

3. Mantermos Sua Palavra (a Mensagem) a salvo, ativa e a chama trepidando, e para crescermos em Seu amor e nos tornarmos apóstolos eficazes, precisamos de humildade, morrendo para o nosso eu, humilhando-nos para que Ele nos eleve; Cristo nos recomenda lermos de novo Suas Mensagens, mesmo que tenhamos feito isso no passado; Ele nos recomenda lermos desde o início e não apenas abri-las ao acaso, de vez em quando, como alguns admitem que fazem.

4. Assim, teremos condições de fazer o bem e de crescermos n'Ele, transformando-nos a partir do Seu Conhecimento. As mensagens de AVVD são repletas de Sabedoria e, ao lermos, aprenderemos a amar Deus do modo que Ele quer que O amemos; conheceremos a Sua Vontade.

5. Quando em dificuldades, Cristo nos lembra de buscarmos refúgio em Seu Coração. Em Seu coração seremos consolados, encontraremos paz e isso nos dará força quando as dificuldades aparecerem em nosso caminho. Não perderemos a Sua Paz porque estaremos nos abrigando em Seu Coração.

6. Cristo nos assegura que Ele está no controle de tudo e que Ele sabe mais do que você o que está em seu coração e quais são as suas necessidades; portanto, Ele nos lembra de confiarmos n'Ele e irmos até Ele sem hesitar.

7. "Sede Minha Igreja Viva!". Quando Ele disse isto, disse de um modo enérgico. AVVD é exatamente isso: é viver no Espírito e ser o que Ele tinha ensinado, na época, a seus discípulos - para serem uma Igreja Viva, através de suas ações e de suas palavras e através de tudo o que Ele nos tem ensinado nas Mensagens. O Coração de Cristo não será indiferente porque, ao fazerem o que Ele recomenda, vocês farão com que Ele se alegre em vocês.

8. "reuni-vos" - quando Ele disse isso, meu pensamento se voltou direto para o tempo em que Seus discípulos estavam sempre reunidos, compartilhando as alegrias e os sofrimentos, comendo juntos, testemunhando juntos, ajudando uns aos outros, sendo como uma família, unidos no amor e na harmonia. Devemos transbordar tanto de paz e amor de modo que os que estiverem perto de nós sintam essa energia que vem de nós e entendam que somos verdadeiros discípulos de Cristo, formados por Ele. Na bíblia está escrito: Nisto todos conhecerão que sois meus discípulos, se vos amardes uns aos outros. (João 13,35)
O amor não deve faltar nunca entre nós, nunca! Ficar falando mal uns dos outros é não ter entendido as mensagens de AVVD e com esses atos de brigas uns com os outros iremos desacreditar as Mensagens, seremos o reflexo de uma fruta podre. Reunirmo-nos apenas uma vez por semana para rezarmos juntos - e alguns se reúnem até menos de uma hora para rezar e depois saem - parece que não é isso o que Cristo quer que a gente faça. Ele quer que nossas reuniões de oração ocorram mais do que duas vezes por mês. Ele nos recomenda uma vez por semana por uma hora, e ainda que nos reunamos de vez em quando, mesmo que seja para uma refeição juntos, um café, estarmos juntos para compartilhar nossas experiências espirituais. Alguns grupos de oração fazem isso só por obrigação - reúnem-se uma vez por semana, oram, então encerram a reunião e vão embora para casa. Isso não está certo. Então, acho que Ele quer que trabalhemos mais para a Sua Mensagem estando juntos, já que fomos chamados para sermos colaboradores na Sua Obra, do mesmo modo que quer que colaboremos uns com os outros.

9. Para estarmos em condições de fazer o que Ele nos recomenda, temos que morrer para o nosso "eu" e nosso "ego" e dar nosso tempo para Ele. Precisamos de humildade e não, de sermos senhores dos outros. Em outras palavras, devemos ser um reflexo de Sua Imagem.

10. Cristo nos recomenda que trabalhemos ainda muito para atingirmos a perfeição, e me deu a imagem de uma escada que se tem que subir para chegar ao céu. Parece que estamos preguiçosos para subir e continuamos num degrau, em algum lugar, não suficientemente alto. Temos de nos concentrar mais em Cristo e isto será pela releitura de Sua Mensagem, uma vez que realmente nos vivifica. Quando Cristo acrescenta "e a salvação dos outros", entendo com estas palavras o seguinte: como Cristo nos lembrou no início quando veio até nós e nos arrancou do poder das trevas, Ele nos levou a descobrir o magnífico banquete espiritual que preparou para as nossas almas famintas, que são as mensagens de AVVD. O que fizemos, então? Caímos direto na comida, famintos como estávamos, mortos de fome, e nos regalamos com ela e aí então, uma vez satisfeitos, caímos numa poltrona e lá ficamos e cochilamos? Ou nos comportamos como a Samaritana depois do encontro com Jesus, correndo até a aldeia, com as mãos para o alto, gritando de um lado para o outro ao passar pelas vendas da aldeia e, ao se deparar com as pessoas, gritava que tinha acabado de conhecer um grande Profeta, o maior de todos! Ela testemunhou em voz alta e fez uma cidade se levantar para ouvi-la, porque ela estava cheia da alegria do Espírito. Somos assim também?

11. Somos, mais uma vez, marcados em nossa fronte com o Beijo Santo de Jesus.

Então, o que mais precisamos? Levantar, acordar e ouvir a Voz de Cristo...

Em Cristo, Vassula

Que Deus nos abençoe.



Leonardo Cesar Harger
Contato Nacional

Site oficial:
www.tlig.org/pg.html
Site AVVD Brasil:
www.avvdbrasil.org.br

­