Logo

Notícias

Circular: 11/2022 - Mantendo a Pureza das Mensagens e Missão de A Verdadeira Vida em Deus (AVVD).


ASSOCIAÇÃO A VERDADEIRA VIDA EM DEUS - BRASIL



Circular: 11/2022

Data: 26 de abril de 2022



Meus irmãos e irmãs em Cristo Jesus;



Mantendo a Pureza das Mensagens e Missão de A Verdadeira Vida em Deus (AVVD)

Levamos ao conhecimento de todos o conteúdo da carta recebida da TLIG (Fundação True Life In God).

Nesta carta, desejo chamar a atenção para uma praga espiritual que afetou alguns fiéis que leem as mensagens de A Verdadeira Vida em Deus. A praga consiste em indivíduos interpretarem por conta própria, o que consideram profecias de AVVD, o que infelizmente distorceu o verdadeiro significado contido nas mensagens de AVVD. De fato, Vassula a quem Deus fala se abstém de interpretar tais profecias sem que Ele primeiro lhe revele o seu significado. A razão para isso é a seguinte: A própria natureza da profecia cristã implica um mistério cuja apreensão transcende a mente humana finita e cuja interpretação adequada requer iluminação divina. Conforme manifesto no Diálogo oficial de 2002 entre Vassula e a Congregação para a Doutrina da Fé, no qual Vassula abordou a natureza de suas mensagens, Deus comunica a ela o significado das mensagens de AVVD de duas formas: a) através de palavras divinas ou instruções que são interiores e substanciais, isto é, locuções; b) através das palavras de Deus através de uma luz de entendimento no intelecto sem qualquer expressão de fala.

Com respeito à interpretação adequada das profecias de AVVD, ela consiste no conhecimento e na manifestação do que Deus revelou a Vassula. O conhecimento é sobrenatural e infundido por Deus, pois diz respeito a coisas além do poder natural da inteligência criada. O conhecimento também se manifesta por palavras ou sinais, pois o dom de profecia é dado principalmente para o bem dos outros e, portanto, precisa ser manifestado. Esse conhecimento sobrenatural é uma luz divina pela qual Deus revela coisas relativas ao futuro desconhecido e pela qual tais coisas são representadas e, no tempo de Deus, totalmente reveladas à mente do profeta, que depois as manifesta aos outros. Portanto, cabe ao profeta esperar no Senhor que, a Seu tempo, revela o significado oculto de suas expressões divinas. Aqui se vê a disparidade entre as ações do profeta (que não antecipa e compartilha com os outros o que Deus ainda não revelou totalmente sobre Suas profecias), e aqueles indivíduos que precipitadamente compartilham com os outros suas próprias interpretações subjetivas e muitas vezes errôneas das profecias contidas em AVVD.

Dignas de reflexão são as palavras do Doutor em Mística São João da Cruz, que escreveu sobre o mistério das revelações de Deus: “Querer limitá-las à nossa interpretação e ao que nossos sentidos podem apreender é como querer agarrar um punhado de ar que escapará inteiramente da mão, deixando apenas uma partícula de pó." Também os mestres de Israel aconselhavam seus alunos a abordar as profecias com extrema prudência e cautela, ou não fazê-lo. O tratado Mishna Chaghiga', afirma como exemplo: Para aquele que medita nestas coisas, melhor seria não ter nascido: o que está acima, o que está abaixo, o que vem antes e o que vem depois". O comentário talmúdico fala de vários mestres em Israel que, na tentativa de resolver mistérios proféticos, sofreram terríveis consequências: Ben 'Azzaj morreu, Ben Zoma' enlouqueceu, Elisha 'Ben Avuja' tornou-se um apóstata. Felizmente, pode-se evitar essas armadilhas esperando pacientemente a interpretação do profeta da palavra de Deus divinamente revelada.

As interpretações precipitadas das profecias de AVVD e o compartilhamento das mesmas estão baseadas na presunção de que Deus Se comunica com todos com a mesma intimidade com que Se comunica com Vassula, e isso é simplesmente falso. A Igreja distingue categoricamente entre os "dons extraordinários" com os quais o profeta (Vassula) é dotado e os "dons ordinários" concedidos a todos os batizados. Se alguém perguntar por que Deus escolheu Vassula entre todos, a resposta pode ser encontrada nas mensagens de AVVD (1), bem como no profeta Isaías a quem Deus afirmou: “Meus pensamentos não são vossos pensamentos, nem vossos caminhos são Meus caminhos, oráculo de Yahweh. Quanto os céus estão acima da terra, tanto Meus caminhos estão acima dos vossos caminhos e Meus pensamentos acima dos vossos pensamentos” (Is 55, 8-9).

Desejo enfatizar que Vassula, que não era catequisada como outras almas eleitas, recebeu a capacidade de ouvir e discernir a presença de Jesus (2) e de vê-Lo interiormente (3). Com a graça de Deus e o conselho de autoridades eclesiásticas (4) que Deus colocou em seu caminho, Ele aumentou nela o dom do discernimento (5), pelo qual ela pode seguir fielmente a voz de Deus e evitar o engano (6). Sabendo que as oposições surgirão, Jesus enfaticamente exorta Vassula a continuar dando testemunho corajoso da missão e das mensagens de A Verdadeira Vida em Deus, com aprovação eclesiástica, que gozam de dois Imprimaturs e dois Nihil Obstats.

A propósito das interpretações e ensinamentos errôneos que alguns introduziram nos grupos de oração de AVVD e compartilharam em correspondências de AVVD, estes incluem politicagem, que infelizmente alguns coordenadores de grupos de oração de AVVD não apenas permitem, mas endossam, julgamentos condenatórios sobre a Rússia que são expressamente desagradáveis aos Senhor (7), escolhendo quais mensagens de AVVD aceitar e quais rejeitar, obstruindo o trabalho de AVVD de distribuir ao povo russo as mensagens de AVVD sobre a Rússia, recusando-se a permanecer leal e honrar o Papa, afirmando que na recente carta de Vassula ela prevê uma terceira guerra mundial, o que é totalmente falso, e assim por diante.

Vassula deixou claro em várias ocasiões que não deve haver politicagem em AVVD, nem nos Grupos de Oração nem nas reuniões, pois se deve focar nas mensagens e seu significado. Este é um dos objetivos dos Grupos de Estudo AVVD que Vassula incentiva e que já começaram em vários países que incluem Grécia, EUA, Austrália, Armênia, Inglaterra, etc. Ninguém está autorizado a tomar uma iniciativa política com a missão de AVVD. Ninguém tem permissão para tentar impedir outros no trabalho de AVVD de distribuir as mensagens de AVVD sobre a Rússia para a Embaixada Russa e para o povo russo; Deus tem um plano e não cabe a ninguém parar e interferir nos assuntos de Deus.

A atitude recalcitrante de indivíduos que procuram se opor ao trabalho de AVVD ou que defendem tais interpretações e ensinamentos errôneos lembra aqueles que deixaram a companhia do Senhor porque acharam seus ensinamentos difíceis demais para suportar (Jo 6, 64-68), e aqueles israelitas que irritaram profundamente o Senhor que queria exterminá-los completamente, pois sobrecarregaram indevidamente o profeta Moisés com sua insistência de que ele os estava enganando (Nm 14, 2-12). Aprendamos com o passado e avancemos com sabedoria como filhos do único Pai celestial que nos formou a todos em amor.

Que Deus os abençoe e os mantenha sempre unidos a Ele em amor.
Em Cristo
Rev. J.L. Iannuzzi, STL, S.Th.D.




___________
1. AVVD, 11 de julho de 1988; 4 de fevereiro de 1991; 25 de novembro de 1991; 7 de novembro de 1989; 6 de setembro de 1988.
2. Cf. nota de rodapé 2. Jesus revela a Vassula: “hoje escreverás Minha mensagem com tua própria caligrafia para que, aqueles que ainda não compreenderam totalmente que Eu te cumulei com Minhas graças, possam entender que Eu também te concedi a graça de ouvires Minha Voz; hoje, deixa-Me ditar-te, ouve-Me e escreve” (8 de novembro de 1988).
3. Jesus relata: “olha-Me com tua mente, olha-Me com teu coração, olha-Me com tua alma; Eu te dei o carisma de Me discernires, portanto, usa-o” (23 de outubro de 1988). Cf. também 4 de setembro de 1987; 26 de outubro de 1987; 4 de fevereiro de 1988; 29 de março de 1989; 1º de junho de 1989
4. Jesus deixa claro para Vassula que Ele é seu principal diretor espiritual [Vassula: "Mas não deveria eu ter um Diretor Espiritual, como dizem, para me orientar um pouco?..."] [Jesus: "Minha filha, deixa-Me ser teu Diretor Espiritual"] (23 de junho de 1987). Ele também deseja que ela tenha um "guia" ou "conselheiro" espiritual. [Jesus: "Vassula, Eu te envio a ele a fim de que escute Minha Mensagem; tu lhe pedirás para receber-te? tu lhe pedirás para guiar-te?"] (17 de setembro de 1987); "Lembra a teu conselheiro (Pe. Michael O'Carroll) de como o sacrifício me agrada...” (18 de fevereiro de 1995).
5. [Jesus revela: "aumentarei teu conhecimento sobre o discernimento."] [Vassula: “Meu Senhor! Estais aumentando minhas sensações de Vos sentir, de Vos ver e de Vos ouvir?"] [Jesus: "estou, tu Me sentirás e serás capaz de discernir-Me mais"] (19 de maio de 1987); Jesus revela a Vassula: "Eu te esclarecerei, Vassula, mostrando-te, em pequenas etapas, como trabalho" (20 de maio de 1987).
6. Vassula relata: “Satanás e seus adeptos têm permissão de infiltrar-se e escrever seus insultos ou de me fazer escrever a palavra errada. Por isso, Deus ensinou-me a reconhecer os demônios: Satanás não pode jamais deixar uma alma tranquila na sua presença, ele se denuncia” (nota de rodapé, 22 de julho de 1987); "Sei que é Satanás, pois ele deixa minha alma desconsolada e em desespero" (27 de abril de 1988).
7. Jesus revela: “Vem e escreve: Minha paz Eu vos dou; Eu sou a Ressurreição, e a ressurreição logo acontecerá em Minha filha Rússia; não sejais juiz de seus filhos e filhas para que eu não seja obrigado a vos julgar; houvesse entre vós alguém perfeito, ainda assim não contaríeis nada em relação à Minha Perfeição; em breve, a Glória Me será dada em sua plenitude e a Rússia governará em santidade o resto de Meus filhos” (20 de outubro de 1992).




Que Deus nos abençoe,



Leonardo Cesar Harger
Contato Nacional

Site oficial:
www.tlig.org/pt/
Site AVVD Brasil:
www.avvdbrasil.org.br

­