"...testemunha Minhas Boas Obras e estarei contigo..."

AVVD-08 de março de 2000
TESTEMUNHOS DOS LEITORES DE A VERDADEIRA VIDA EM DEUS

TESTEMUNHOS DOS LEITORES DE
A VERDADEIRA VIDA EM DEUS

testemunhos

"Por seus frutos os conhecereis." (Mt 7:16)

 

 

 

"O Meu Fruto é o teu testemunho"

 

tm-capa

 

Testemunhos dos Leitores
de A VERDADEIRA VIDA EM DEUS - Brasil

 

 


 


 

 

 

"O Meu Fruto é o teu testemunho"
Testemunhos dos Leitores
de A VERDADEIRA VIDA EM DEUS - Brasil

 

 

 



 

 

 

"...ordenei-te falar em Meu Nome e proclamar,
sem medo e com clareza, tudo o que te ensinei; incendiei tua
alma, para ir adiante e testemunhar com ardor, inflamando
outros corações a fim de Me conhecerem..."
(AVVD-06 de outubro de 1999)

 

 

 


 

Introdução

 

Olhando para a História da Salvação, notamos que muitas vezes Deus quis converter o mundo através dos convertidos. Algumas vezes convertendo homens de outra religião para o Cristianismo, como foi o caso de Paulo. Outras convertendo o pecador e indiferente à fé como Agostinho, Francisco de Assis e outros. Mas tanto num caso como no outro, esses convertidos se tornaram sinal claro e poderosos instrumentos nas mãos de Deus, levando muitos outros à união com Deus. Quando o Ressuscitado reenviou os seus discípulos, Ele os reenviou com esse critério fundamental: "Vós recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e sereis minhas testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judeia e Samaria e até aos confins da terra" (At 1,8). Foi na fidelidade dos primeiros discípulos a esse mandato que a Igreja nasceu e cresceu. Muitos assinaram com o próprio sangue a verdade do Reino de Deus e sem esse testemunho a Igreja não teria a mesma autoridade para anunciar, implantar e estender o Reino de Deus já aqui nesse mundo.

Sabendo da força e importância do testemunho, Paulo VI diz em Evangelli Nuntiandi: “o homem contemporâneo ouve mais as testemunhas do que os mestres, ou se ouve os mestres é porque eles são testemunhas”. E o Papa Francisco diz pracamente o mesmo: "Há necessidade de cristãos que tornem visível aos homens de hoje a misericórdia de Deus, a sua ternura por cada criatura. Todos sabem que a crise da humanidade contemporânea não é superficial, é profunda. Por isso a nova evangelização, enquanto chama a ter coragem de ir contracorrente, de converter-se dos ídolos ao único e verdadeiro Deus, não pode deixar de usar a linguagem da misericórdia, feita de gestos e de atitudes antes ainda que de palavras. A Igreja em meio à humanidade de hoje nos diz: “Venham a Jesus, vós todos que estais cansados e oprimidos, e encontrareis descanso para as vossas almas (Cf. Mt 11, 28-30). Venham a Jesus. Só Ele tem palavras de vida eterna." Cada batizado é ‘cristóforo’, isso é, portador de Cristo, como diziam os antigos padres. Quem encontrou Cristo, como a Samaritana no poço, não pode reter para si esta experiência, mas sente o desejo de parlhá-la, para levar outros a Jesus (Cf. Jo, 4). Todos hão de se perguntar se quem nos encontra percebe na nossa vida o calor da fé, vê na nossa face a alegria de ter encontrado Cristo!” (Pontifício Conselho para a Promoção da Nova Evangelização).

Por outro lado, fico pensando quando os fariseus foram a Jesus pedindo um sinal que O idenficasse como o Messias, Ele disse: “Esta geração é uma geração má. Ela busca um sinal, mas nenhum sinal lhe será dado, a não ser o sinal de Jonas. Com efeito, assim como Jonas foi um sinal para os ninivitas, assim também será o Filho do Homem para esta geração” (Lc 11,29¬32). A primeira alusão dessa passagem é o Sinal da Ressurreição, pois, assim como Jonas ficou três dias no ventre de uma baleia, o Messias também ficou três dias no ventre da terra antes de Sua Ressurreição. Mas por outro lado, o grande chamado de Jonas e do próprio Filho de Deus, foi para anunciar o arrependimento e a conversão. Apesar de não haver nenhum sinal mais forte do que a Ressurreição do Filho de Deus, para cumprir essa missão no meio dos homens e levá-los ao bom êxito disso, Ele continua a nos enviar sinais. Sinais esses que nem sempre são prodígios espetaculares lá no céu, mas a própria conversão como resultado da fé e sinal de esperança para uma humanidade que vai às apalpadelas cambaleando por esse mundo frio e desértico.

Para aqueles que estão acostumados à leitura da Obra intulada A VERDADEIRA VIDA EM DEUS devem ter em mente a história de conversão de Vassula Rydén. Seu nome circula no ambiente cristão, sendo comum nas três ramificações do Crisanismo: Católicos Romanos, Ortodoxos e até mesmo no meio Protestante e, isso desde teólogos que a defendem acirradamente quanto teólogos que a acusam, ou simplesmente leigos que reconhecem nela o sinal de Deus, como Samaritana, que depois de seu encontro com Jesus corre aos samaritanos para anunciar Jesus Cristo. A missão dessa senhora corresponde mesmo à missão de Jonas e de toda a Igreja, chamando-nos ao arrependimento e a uma verdadeira vida em Deus. Há muitas análises teológicas sobre esse carisma da Sra. Rydén, mas o fundamental mesmo é reconhecer quando Deus nos envia um Sinal.

Eu a ouvi em seu testemunho pessoal sobre a sua “luta com Deus” na qual ela pediu um sinal para que a gente da Igreja lhe acreditasse e Jesus generosamente lhe argumentou: “O sinal será você mesma e sua conversão”. Durante muito tempo de leitura dessa obra, eu permaneci com o olhar atento na pessoa portadora do carisma e confesso que a leitura e estudo dessa mulher correspondiam com a leitura da mensagem, ou seja, o sinal de sua conversão foi determinante, para admir Deus nos falando e nos chamando. Se a humanidade não considera esse sinal e permanece impenitente, esse livro de testemunhas não seria para avaliar a resposta da humanidade ao sinal de Deus, mas simplesmente para constatar o que os Samaritanos disseram depois do anúncio daquela mulher: "Muitos samaritanos dessa cidade acreditaram em Jesus, por causa do testemunho que a mulher tinha dado. ‘Ele me disse tudo o que eu fiz’. Os samaritanos então foram ao encontro de Jesus e lhe pediram que ficasse com eles. E Jesus ficou aí dois dias. Muitas outras pessoas acreditaram em Jesus ao ouvir sua palavra. E diziam à mulher: ‘Já não acreditamos por causa daquilo que você disse. Agora, nós mesmos ouvimos e sabemos que este é, de fato, o Salvador do mundo’" (Jo 4,39-42). E uma vez reconhecendo isso, dar glórias a Deus e serem ecos do eco inundando o mundo de esperança de que é possível uma verdadeira vida em Deus.

Ao lado do testemunho da mensageira de Deus, soma-se um rio de testemunhas, as quais estão aí e exigem de nós ao menos que prestemos atenção, pois uma vida em Deus ainda que um momento e um toque valem mais do que mil dias fora d’Ele, como expressa o salmista: “Porque vale mais um dia em sua casa do que mil dias fora dela” (Sl 84,10). Sim! Uma vida que se deixa tocar por Deus e se expõe, correndo o risco de ser ridicularizada, por um mundo que relaviza cada vez mais a sagrada união com Deus, vale mais do qualquer tratado de espiritualidade.

Pe. Geraldo Simeão de Souza Cordeiro
Bacharel em Teologia e Pároco de Santo Antônio - Itapagipe-MG

 


 

1. Ouvi falar que uma senhora cheia do Espírito Santo ia fazer uma palestra...

Meu testemunho sobre a Vassula remonta a mais de vinte anos. Eu a conheci no primeiro dia em que ela chegou ao Brasil. Eu era bispo auxiliar de Olinda e Recife. Ouvi falar que uma senhora cheia do Espírito Santo ia fazer uma palestra no ginásio do Colégio das Damas. Senti-me impulsionado a ir conhecê-la. Fiquei sabendo que vários sacerdotes que, presididos pelo secretário da CNBB, Dom Marcelo Cavaleira, iam celebrar uma Missa para centenas de fiéis que estavam reunidos no ginásio do Colégio. Procurei a Vassula e logo ficamos amigos. Ela disse-me que era de origem grega, mas tinha nascido e tinha vivido no Egito. Como eu também vivi no Egito e sou professor de grego há mais de 50 anos, trocamos algumas palavras em árabe.

Na concelebração da Missa, presidida por Dom Marcelo, tocou-me fazer a leitura do Evangelho de São Marcos. Era o capítulo primeiro, versículos 21-28. Jesus enfrenta um endemoniado, e o demônio começa a interrogar Jesus, que o conjura severamente: "Cala a boca e sai deste homem" (1,25). Nesse instante um homem que estava na galeria do ginásio começou a gritar com voz tonitruante: "Não saio! Não saio!" Parei a leitura. Todo mundo apavorado começou a rezar o pai-nosso. Mas a voz do possesso sobressaía. Vassula e Dom João Evangelista Martins Terra - Brasília-DFOs presentes tiveram que segurar o possesso que gritava e queria precipitar-se no terceiro nível da galeria. Aos poucos a voz foi serenando. Terminei a leitura do Evangelho e a Missa continuou. No fim da Missa, o pobre coitado, completamente consciente e leve, foi ajoelhar-se aos pés de Vassula. Ficou perguntando o que tinha acontecido. Ele não tinha consciência de nada. Pediu, então, que a Vassula lhe impusesse as mãos e rezasse por ele. Contou que, quando nasceu, seu pai o tinha consagrado a Satanás e sua vida tinha sido um inferno. Com a presença de Vassula, pela primeira vez se sentia livre da escravidão de Satanás.

Aquela multidão que enchia o ginásio do Colégio das Damas estava delirando de alegria e todos queriam ver de perto e encomendar as orações de Vassula. Desde aquele dia, fiz questão de acolher com carinho a Vassula, cada vez que ela vinha a Brasília.

O Cardeal Dom José Freire Falcão também leu na íntegra, duas vezes, todos os escritos de Vassula e afirmou que nunca encontrou neles nenhuma heresia. Pelo contrário, encontra nesses escritos uma verdadeira catequese.

Dom João Evangelista Martins Terra - Brasília-DF

 

 


 

2. Senti-me profundamente tocado...

Sou Pe. Geraldo Simeão de Souza Cordeiro, sacerdote da Igreja Católica Romana. Nasci e me criei nessa fé e muito cedo descobri minha vocação para o ministério sacerdotal. Como é de se esperar, até os meus 14 anos de idade, nunca tive problemas de fé. Depois de ingressar no seminário, terminado o estudo médio e entrado para os cursos de Filosofia e Teologia, passei a questionar profundamente Deus e seguindo uma filosofia profundamente racionalista, perdi a simplicidade do coração de criança, sem a qual não se pode entrar no Reino de Deus. Tornei-me vazio e profundamente racionalista. Talvez este seja um dos grandes problemas do clero: uma confiança demasiadamente grande na filosofia, mas não naquela filosofia “Serva da Teologia”, que foi o alicerce dos grandes pensadores católicos que prepararam o povo cristão para o confronto com as grandes heresias, mas na filosofia que, em sua arrogância, proclama a razão como “deus” e se curva diante deste seu ídolo.

Sinto que nesse período, apesar de procurar manter os hábitos da fé aprendida em casa, me tornei vazio, árido e num verdadeiro deserto espiritual. Todavia, estou certo de que Deus não abandona o seu povo, de como Ele ouviu o seu clamor e desceu para libertá-lo, também veio em socorro de minha miséria.

Certo dia, caminhando por uma grande livraria, deparei com o segundo volume da Obra intulada A VERDADEIRA VIDA EM DEUS – ENCONTROS COM JESUS. Apesar de buscar uma obra sempre pelo seu autor e sua biografia, nesse dia fui diretamente a uma página, que abri aleatoriamente, e senti-me profundamente tocado, fiquei impactado, pois imediatamente notei que não se tratava de uma obra humana, ali não era uma mente humana comunicando seus conceitos a outra mente humana, mas aquelas palavras tinham tal poder para tocar a minha essência, como ninguém poderia fazer. Nem mesmo meu sábio diretor espiritual tinha o poder de capturar a essência de minha alma e, ali mesmo, sem nenhum amparo de qualquer rito, sem ninguém como testemunha, me rendi e curvei-me ante o verdadeiro Deus, pois havia experimentado a Sua Ternura e Docilidade, não por um esforço de minha razão que poderia me levar à dedução de sua existência, mas porque Ele mesmo tomou a iniciava e desceu até mim. Em casa eu li a Obra em tempo recorde e me senti amado, amparado e persuadido como nunca fora antes, era o Criador tratando com sua criatura, mas o impressionante era que esse Criador veio ao nível de Sua criatura e o diálogo, aparentemente, dirigido a uma mulher desconhecida por mim, se tornou o diálogo com a minha alma.Pe Geraldo Simeão - Itagipe-MG

Depois disso, li a Obra completa de AVVD por mais de três vezes e esse tem sido o meu diálogo permanente com Deus, como o maná, que alimentou o povo de Deus no deserto, tenho me alimentado da sabedoria que alimenta os simples. Muitos colegas meus me criticaram, mas a cada crítica deles me sentia privilegiado e feliz, por reconhecer a voz do Pastor, pois a Bíblia diz: “As minhas ovelhas escutam a minha voz” (Jo 9,27). Queria deixar meu apelo a todos aqueles que se encontram, perdidos no grande deserto, criado pelo racionalismo, para que adentrem essa terra chamada A VERDADEIRA VIDA EM DEUS, mas, antes, tirem as sandálias de seus pés, pois esse lugar é Terra Santa.

Pe. Geraldo Simeão -Itapagipe-MG

 

 


 

3. Fui procurar um padre e me confessar...

Eu era uma pessoa sem Deus até 1993. Na infância fui educado na fé cristã. Mas depois das faculdades de Sociologia e Psicologia, me entreguei ao esoterismo, acreditava em energia, Reiki, fui à Ilha de Páscoa buscar a "minha alma gêmea", vivia sem ir à igreja, não frequentava os sacramentos, no pecado, vida no mundo, bebidas, viagens turíscas, amigos que me ajudavam a praticar a biodança, comidas integrais e vegetarianas, acreditava em portais e mestres... Enfim, estava perdido e tinha a esperança de encontrar Deus... Tinha até escrito uma carta a Ele em 13 de dezembro de 1993, dizendo: "Eu Sou, se você existe mesmo mostre-me a Sua Cara...”.

Em determinado dia, em 1993, eu levava um casal, de carona, para uma benzedeira porque o marido não passava bem, e a mulher, D. Branca, em determinado momento me disse: "Nós estávamos no hospital de Porto Alegre ontem e eu ganhei de uma mulher uns livros, seis livros, são Revelações de Jesus e do Pai e do Espírito Santo a uma mulher chamada Vassula". Eu disse imediatamente: “Eu quero esses livros”. A D. Branca me disse: "Eu vou te dar, pois para mim não interessam". No dia seguinte, fui buscar os livros de A Verdadeira Vida em Deus e eram realmente seis. Comecei a ler e fiquei surpreso e feliz e fui tocado de tal maneira que não parava de ler e meditar nessas Mensagens, acreditei e senti Jesus nessas Mensagens. Fiquei tão transformado... Muitas vezes Jesus me tocou no coração e eu chorava de alegria, de tê-Lo encontrado. Li logo os seis livros e telefonei ao Beneval pedindo o livro 7, mas ainda não havia chegado.

Fui procurar um padre e me confessar... Mudei completamente de vida, passei a ir à Missa, inicialmente aos domingos, depois todos os dias. Saía do consultório e ia para a Igreja.

Continuei lendo e meditando os livros. Comprava logo que chegavam os demais números até o número 10...

Mudei completamente de vida, de hábitos e agora só queria Jesus. Ele me levou depois a Garabandal, e em Medjugorje, onde numa aparição, Nossa Senhora me disse: "Entrega-te totalmente a Meu filho, persista, persista, persista". Achei que a melhor maneira de entregar-me a Jesus seria ser padre, atender a vocação que tinha aos cinco anos... Fui falar com o Bispo e hoje sou um Padre de Jesus... Jamais deixei de ler e meditar os livros de A Verdadeira Vida em Deus; são meus livros de cabeceira. Acabo de ler o nº 10 e retomo o primeiro... Cada vez aprendo mais com Deus... Estou numa paróquia em Goiás, sou "pároco de aldeia pobre", mas feliz, muito em paz. Agradeço a Jesus de ter Se manifestado através destas Odes Amorosas da Sanssima Trindade.

FRS -Sacerdote

 

 


 

4. Encontrei nas Mensagens de A Verdadeira Vida em Deus o maior elogio a Santa Mãe de Deus.

As Mensagens Pe João Cardoso - FNS - SCde AVVD levaram-me a amar mais o Pai, o Filho e o Espírito Santo. A participar da Santa Eucaristia com mais amor, maior piedade na confissão e amar com mais ardor Maria Nossa Mãe. Encontrei nas Mensagens de A Verdadeira Vida em Deus o maior elogio a Santa Mãe de Deus.

A AVVD fez-me encontrar Deus como um Pai, a Jesus como amigo e Maria, mais Mãe. Vejo os livros como grande meio de conversão.

 

 

 

Pe. João Cardoso - FNS - SC

 

 


 

5. Quanto mais eu lia, mais reconhecia a presença de Jesus, foi um contato direto.

Eu trabalhava de capelão em um hospital em São Paulo, quando recebi um telefonema de uma senhora, dizendo: “O senhor cuidou de minha mãe aqui no hospital por um mês enquanto ela estava internada e sua presença foi como a presença de Jesus. O senhor poderia subir aqui no andar de cima até o quarto dela? Gostaríamos de lhe agradecer”.

Subi até o andar de cima onde ela estava. Quando cheguei, ela foi me entregando um livro. Era o Vol. VI de “A Verdadeira Vida em Deus”. E me disse: “Minha mãe recebeu alta e vamos voltar para Campinas/SP. Queremos lhe oferecer este livro de espiritualidade em gratidão, mas somente vamos lhe dar se o senhor prometer ler. Se o senhor não prometer, não lhe daremos. O senhor promete?”. Não gostei da exigência dela, pois não gosto que me forcem a nada, mas por delicadeza prometi e peguei o livro.

Chegando a casa joguei dentro de um armário.

Depois de alguns meses, procurando uns documentos, encontrei o livro ao abrir uma gaveta. Lembrei do pedido da senhora, então, eu disse: “Vou dar uma olhadinha”. Pedi a Deus que me orientasse.

Quanto mais eu lia, mais reconhecia a presença de Jesus, foi um contato direto. Era uma confirmação de tudo o que eu já havia lido, sobre a Bíblia e vida de Santos. Um resumo tão grande que me assustou e ainda tudo numa linguagem muito simples que qualquer um poderia ler e entender.

Quando terminei de ler este volume, quis pedir ajuda a Jesus, se tudo isso era correto, pois pretendia passar estes ensinamentos para frente. Eu tinha contato com muitas pessoas no hospital. Trabalhava no hospital, fazendo visita aos doentes.

Fui diante do quadro da Divina Misericórdia e disse: “Paizinho, Abba, por favor, o Senhor me perdoa, mas eu preciso de um sinal, porque pretendo começar a falar a todo mundo destas Mensagens, mas se isso não for verdade?”

Então me veio no pensamento: “O que você vê na capa deste livro?”. Eu disse: “A Face de Jesus e embaixo a frase, A Verdadeira Vida em Deus!”

De novo no pensamento: “Qual a palavra principal?” Eu disse: “A palavra Vida que é em Deus e que é verdadeira”.

Ainda no pensamento: “Agora vai e pega a Bíblia”.

Eu me levantei para pegar a Bíblia, mas de repente caí em mim e disse: “Olha, se você for pegar a Bíblia, você vai se declarar um simplório, um bobo, um idiota”.

Fiquei paralisado! Mas pensei em seguida: “Se eu sou um bobo, um idiota, é melhor eu ficar sabendo logo para me defender de mim mesmo”.

Então fui e peguei a Bíblia de Jerusalém. Fechei os olhos e pedi ao Espírito Santo para me guiar. Meu dedo caiu em Provérbios 16,15.

No meu pensamento ficou bem claro, ao ler o título A Verdadeira Vida em Deus que as principais palavras eram a “Face” e a “Vida” em Deus que é verdadeira.

Em Pr 16,15 dizia assim: “Na luz da face do Rei está a vida”. E ainda dizia: “Ela é nuvem que traz a chuva”. Água é o símbolo do Espírito Santo.

Então eu me sentei e disse: “Por que eu fui perguntar? Agora eu sei, não posso mais fugir”.

Pe. Paulo - Florianópolis-SC

 

 


 

6. Impressionou-me a linguagem profética, muito semelhante à da Bíblia...

A primeira notícia que tive sobre AVVD foi através de um jornalzinho de Brasília que divulgava as aparições de N. Sª em Medjugorje. Não dei a mínima atenção, nem li a notícia até o fim. Em abril de 1995, durante um Curso Bíblico em que se estudava o Evangelho de Marcos, ao ser lido Mc 10, 17-22, ouvi uma Forte Palavra Interior: Ir. Maria Aydos dos SantosA seguir, procurei uma senhora que me falara sobre AVVD. Esta me emprestou um livro, o nº 5, se não me engano. E Jesus me conquistou. Impressionou-me a linguagem profética, muito semelhante à da Bíblia, com os profetas do Antigo Testamento. Morava em Caxias do Sul. Procurei em Porto Alegre outros volumes. Aos poucos, fui conhecendo pessoas ligadas à AVVD. Mudei-me para São Paulo e lá conheci a Marina. Em 2003, indo morar no Rio, procurei o Grupo de Oração. Desde aí, continuo firme crendo e procurando divulgar AVVD. É uma Grande Graça!

"Uma coisa te falta". Fiquei reflendo e rezando interiormente por meses. O que Jesus estava me falando? Sobre dinheiro? Sou religiosa e tenho voto de pobreza... Será que não vivo o voto como devo? Fiz retiro de 8 dias e me detive no que ouvira interiormente. Não consegui clareza... Em julho de 95, viajando de ônibus de Belo Horizonte a Santana, no Sertão da Bahia, enquanto conversava com meu companheiro de banco, Jesus me falou de novo: "Deixe seus pontos de vista". Como da primeira vez, fiquei impressionada e procurei ficar atenta aos “apegos que tenho aos meus pontos de vista”. Num dia em que de novo peguei um exemplar do jornalzinho sobre Medjugorje, ia deixando de lado a notícia sobre Vassula, quando atendi ao apelo de Jesus: deixei minha opinião e li a notícia sobre AVVD.

Ir. Maria Aydos dos Santos -STS (Serva da Ssma. Trindade) -
Miguel Pereira-RJ

 

 


 

7. “AVVD” é: nova e magnífica visita de Deus a Seu Povo...

Com muitos anos de leitura de A Verdadeira Vida em Deus, nunca pude duvidar da autenticidade destes escritos. Nada encontrei que se oponha ao Magistério da Igreja Católica, à Bíblia, à espiritualidade dos Santos. É de uma leitura compreensível, simples, direta, reveladora, cativante e surpreendente.

AVVD é: nova e magnífica visita de Deus a Seu Povo neste conturbado momento da história. Remédio contra vícios, pecados, angústias e depressões. Socorro do Alto para levar-nos de volta ao Coração de Deus. Chamado de Deus extensivo a toda a humanidade, a todos e todas, independente de raça, religião, cor, nacionalidade... Ele quer salvar Seu Povo e Sua Criação, e em cada chamado revela a ternura de uma mãe que aguarda ansiosa a volta do filho perdido.

A Verdadeira Vida em Deus revela-nos: um Deus que vem ao encontro dos Seus com o Coração na Mão, sempre pronto a perdoar, e lhes suplica que voltem ao Seu Abraço. Confirma e atualiza o culto ao Sagrado Coração de Jesus e evidencia que a misericórdia de Deus O precede em cada passo. Dá testemunho da Palavra de Deus contida na Bíblia e a esclarece com sabedoria. Ajuda-nos a descobrir a Verdade dentro de nós, põe luz em nossas trevas e ajuda-nos no caminho da volta para Deus. Referindo-se a Jesus, “os guardas responderam: Ninguém jamais falou como este homem” (Jo 7,46). Ninguém pode falar como Jesus falou, ninguém pode falar como Deus, apenas pode transmitir o que ouviu d’Ele. Ir. Paulina Francioo nosso tempo e para o futuro. Uma pessoa que se tornou obediente e dócil, que se deixou instruir e transformar por Deus, com a missão de promover maior conhe- cimento de Deus, o seguimento de Jesus Cristo e promover a Uni-dade dos cristãos, para que haja um só rebanho e um só Pastor. Acolher A Verdadeira Vida em Deus de boa vontade, com o coração aberto, humilde e sincero, é expor-se à nova e maravilhosa experiência de Deus.

Quem é Vassula? Uma mensageira do Deus Vivo e Verdadeiro para o nosso tempo e para o futuro. Uma pessoa que se tornou obediente e dócil, que se deixou instruir e transformar por Deus, com a missão de promover maior conhecimento de Deus, o seguimento de Jesus Cristo e promover a Unidade dos cristãos, para que haja um só rebanho e um só Pastor. Acolher A Verdadeira Vida em Deus de boa vontade, com o coração aberto, humilde e sincero, é expor-se à nova e maravilhosa experiência de Deus.

Recomendo vivamente essa Obra a quem queira conhecer melhor o Deus Vivo e Verdadeiro, pois descobrindo-O, encontra o sentido de sua vida, de sua própria vocação e a herança eterna.

Ir. Paulina Francio - Congregação das Irmãs do Divino Salvador -
Videira-SC

 

 


 

8. Desde que conocí estos mensajes, todo me parece poco para e lSeñor.

Soy una Carmelita Descalza española y estos escritos me han ayudado (ajudado) mucho. El primer fruto fue hacerme (fazer-me) experimentar el Señor cuánto me ama, con una alegría tan profunda, que las cosas no me afectan más (mais) que exteriormente. También en mi vida de oración me han ayudado: desde entonces me he sendo esmulada a hacer más ratos (momentos) de oración que los que marcan nuestras Reglas. Desde que conocí estos mensajes, todo me parece poco para el Señor. Y todo esto con una gran alegría y paz interiores, que me ayudan mucho a mejorar la convivencia con las Hermanas. Ahora me sucede que cuando pasa la oración personal y tomo el método dado por Vassula para las reuniones, se me pasa el tiempo sin distracciones, lo que no es así cuando no sigo este esquema. Para mí los otros cristianos eran "hermanos separados" por los que había que rezar, aunque sin mucha esperanza. Ahora son hermanos muy queridos. La división del Cuerpo de Cristo me duele mucho más profundamente.

H. M. D. del C. de Jesús - Carmelitas Descalzas - España

 

 


 

9. Eu aprendi a amar Jesus através de Suas Mensagens...

Eu estava muito afastada de Deus, há anos não participava mais da Santa Missa, os dias religiosos para mim já não passavam de um feriado, aos poucos também deixei de fazer orações para Deus em casa, me casei apenas no civil, sem receber a bênção de Deus através da Igreja. Continuava a acreditar n’Ele, mas sem nenhum amor por Ele. Depois de vários anos morando fora do Brasil, o meu chamado aconteceu em 2010. Adriana MatiasEu vi o Espírito Santo agir na vida de minha irmã, e ela não conversava comigo outra coisa, a não ser sobre as Mensagens de A Verdadeira Vida em Deus, e, sem entender muito bem o que estava acontecendo, pedi a ela para não me falar mais nada, que eu não queria escutar mais nada a este respeito. E assim ela o fez, e eu, após essa conversa, nos meses seguintes, sentia uma tristeza que eu não sabia o que era. Um dia eu resolvi ler as Mensagens pela internet, e no dia seguinte eu li novamente, e era uma conversa de Deus comigo, íntima, sincera, eu chegava a ficar esperando um horário tranquilo durante o dia só para ler as Mensagens. Jesus foi me cavando e eu chorava muito arrependida, a cada Mensagem de Amor que eu não correspondi. Jesus falava comigo, e eu já não resistia mais, tudo o que eu queria era estar constantemente com Ele; onde quer que eu fosse, eu queria a Sua Presença comigo. Eu sentia o Espírito Santo sobre mim, sentia-O em meu coração diariamente. Após ler as Mensagens, eu voltei a frequentar a Santa Missa, me confessei, pedi a Deus sua bênção e me casei na Igreja. Eu aprendi a rezar junto com Jesus, acreditando na Sua Presença, Ele me ajudou a compreender a Bíblia. Eu aprendi a amar Jesus através de Suas Mensagens, este Hino de Amor, escrito para todos nós, para o nosso benefício, para nosso crescimento espiritual, a fim de nos entregarmos totalmente nos braços do Pai.

Adriana Matias - MG

 

 


 

10. ...antes de ler, imaginava Deus longe de mim...

Meu nome é Alcenir Parise, tenho 34 anos. Sou do Brasil, mas nos últimos cinco anos vivo em Palane, em Illinois, nos EUA, como estudante de Tecnologia de Arquitetura e tenho um trabalho em um escritório de Arquitetura.

Minha vida mudou completamente depois de ler as Mensagens de AVVD. Estou progredindo agora através do Vol. V. Sempre sinto a presença de Jesus, todos os dias, em todas as coisas que faço, lembrando do Seu "Nós, nós". Convido-O a estar comigo e a fazermos juntos meus trabalhos. Agora peço a Ele que abençoe meus alimentos quando vou comer.

Tudo isto aconteceu depois de ler as Mensagens, pois antes de ler, imaginava Deus longe de mim e do mundo e estando apenas no Céu. Agora rezo as três orações do começo do livro todos os dias. Algumas vezes sinto tanta alegria e amor que choro; sinto Deus ao meu lado. É um senmento maravilhoso. Fico triste pelas pessoas que não acreditam n’Ele e rezo por elas.

Aconteceu algo muito importante comigo, algo que considero um milagre:

Na quinta-feira santa do ano passado, faltei à aula no colégio porque preferi ir à Missa e receber a Sagrada Comunhão.

Eu sempre pensei em receber o "vinho saboroso" que eu pensava ser mil vezes mais delicioso que o vinho comum que temos em casa, certamente porque é Jesus.

Para minha surpresa, eu simplesmente bebi sangue. Sim, Sangue; o gosto e cheiro fortes deste Sangue duraram aproximadamente uma hora e me fizeram acreditar que eu estivesse ofendendo a Deus por não perceber o delicioso sabor que sempre esperei.

Foi apenas quando cheguei a casa que compreendi que o que aconteceu foi uma bênção de Deus para reforçar a minha fé. Deus se mostrou a mim através da Eucaristia, provando Seu Corpo e Sangue, na Hóstia e Vinho consagrados. Não é simbólico, como muitas pessoas equivocadamente acreditam. Sim, é verdadeiramente Jesus.

Agora, eu não vou à Missa apenas aos domingos, mas também durante a semana, quando é possível, e recebo o Corpo e Sangue de Jesus depois de confessar meus pecados. Estou muito feliz que este favor miraculoso tenha me acontecido, e agradeço a Jesus por esta bênção. Estou pronta para ser uma viva testemunha dos favores de Jesus.

Alcenir Parise - Brasil

 

 


 

11. ...concedeu-me a cura de uma doença incurável (fibromialgia).

A Verdadeira Vida em Deus concedeu-me a cura de uma doença incurável (fibromialgia), pela qual eu tinha imensas dores e estive paralisada, não conseguia nem me alimentar, estava dependente dos outros para tudo e passei a ter novamente uma vida normal! O que agradeço a Deus todos os dias de minha vida, pois sofri muito! Que Deus abençoe todos como me abençoou. Abraços, em Cristo.

Alda - Portugal

 

 


 

12. ...acreditava piamente na reencarnação.

Meu nome é Alessandra, nasci em uma família espírita e fui criada dentro dos centros espíritas.

Aos 12 anos, já tinha lido praticamente todos os livros importantes da doutrina kardecista.

Trabalhava nas obras do centro, acreditava piamente na reencarnação.

Até que um dia uma amiga da mãe do meu marido (na época era namorado) deu para ele um livro de Vassula, com as Mensagens de AVVD, ele que por minha influência já estava frequentando o Centro Espírita, na hora reconheceu que era Jesus nas Mensagens e voltou para a Igreja. "Abalado" com tudo que lia, apresentou-me o livro e eu não acreditei. Guardei o livro na estante de casa. Alessandra Resende

Meu marido tentava convencer-me de todo jeito, e eu incrédula. Depois de três anos, li outro livro que tratava das aparições marianas. Fiquei impressionada e lembrei-me do livro de AVVD, peguei-o na estante e pus-me a lê-lo.

Ao ler as Mensagens de Deus na AVVD, acreditei que realmente Ele falava conosco.

Recebi o Batismo aos 27 anos de idade, logo após fiz Primeira Comunhão e Crisma e encontro-me hoje na Santa Igreja Católica Apostólica Romana por pura Misericórdia de Deus, que quis me chamar através destas Mensagens celestes.

Alessandra Resende - Goiânia-GO

 

 


 

13. Sem AVVD minha oração seria mais vazia...

A Verdadeira Vida em Deus me ensinou a orar com profundidade. Nas Mensagens vi como Jesus pensa nossa vida atual e como Ele quer nosso relacionamento com Ele. Sem AVVD minha oração seria mais vazia, com certeza. Posso ter a certeza de que Ele me escuta e eu posso tratá-Lo com carinho, amor e intimidade sem medo. O temor não afasta o amor, a sinceridade e a intimidade. Também conheci a verdadeira conversão que Deus quer de nós. A AVVD só reafirmou minha certeza de que Deus está falando nas Sagradas Escrituras. Então tenho a certeza de que O ouço na Bíblia e nos livros de AVVD.

Alessandro Silva - ES

 

 


 

14. Deus foi se revelando a mim como um Deuscheiode amor...

Eu sou Alexandra Marcato e tenho muito a agradecer a Deus pela Obra de AVVD.

Eu sempre sentia um vazio dentro do meu coração, sempre sentia falta de algo, mas não sabia o que era, auxiliava na Igreja, ajudava o próximo, mas faltava algo...

Até que conheci este Maravilhoso Tesouro de Jesus, A Verdadeira Vida em Deus, através de nosso pároco Pe. Carlos Alberto Giacone.

Apaixonei-me pelas Mensagens de Jesus. Senti Deus bem próximo de mim e ainda mais, falando pessoalmente comigo!

Comecei a ler as Mensagens de AVVD e a me sentir amada por Deus, comecei a sentir Deus cuidando de mim, me amando do jeito que sou, mesmo com os meus pecados e com as minhas fraquezas.

Deus foi se revelando a mim como um Deus cheio de amor, cheio de bondade e cheio de misericórdia e perdão, e aprendi a entrar em oração e ouvir o que Ele tem a dizer em Suas Mensagens e em Sua Palavra. Comecei a viver o Senhorio de Jesus. Antes, não sabia o que era isso.

Alexandra MarcatoEu beijo a face de Jesus, digo que eu O amo e peço para Ele falar comigo e, incrivelmente, Ele fala. Ele me orienta, me exorta, me ama e nunca me abandona.

Há quase três anos estou separada de meu marido, mas eu tenho Jesus como o meu esposo, o amado de minha alma... Foi Jesus que através de Suas Mensagens de AVVD me deu forças para continuar a minha vida, foi Ele que nunca desistiu de mim.

A Obra A Verdadeira Vida em Deus mudou completamente a minha vida, tento a cada dia ser uma pessoa melhor.

Eu só tenho a dizer: Obrigada, Jesus, por nunca desistir de me amar e por nunca me abandonar... Mesmo eu sendo frágil e pecadora, sei que ao Teu lado, nunca estarei só... Obrigada por providenciar tudo em minha vida.

Eu te amo, Jesus... Eu te amo, Mãezinha... Obrigada, Vassula, por ser este precioso instrumento nas mãos de Deus e nos trazer a Mensagem de Nosso Amado Jesus.

Alexandra Marcato - Ibaté-SP

 

 


 

15. Conheci Garabandal através da Obra de AVVD.

Após tomarmos conhecimento das revelações da Mãe do Céu em Garabandal, através da Obra de A Verdadeira Vida em Deus, resolvemos ir, em peregrinação, ao local das aparições em Garabandal, região dos Montes Cantábricos, no norte da Espanha.

Viajamos para Portugal, eu e a minha esposa, e deixamos no Brasil nossos dois filhos mais novos, Bruno e Diana. A nossa filha mais velha também se encontrava na Europa a trabalho. Foi em janeiro de 2003. A Europa estava sob fortes temporais. Viajávamos temerosos, com este mau tempo, por estrada desconhecida. Ao cair da noite, resolvemos ficar num hotel, ao longo da rodovia. O noticiário anunciava fortes tempestades de neve, para a manhã seguinte.

Ligamos para o Brasil, para saber dos dois filhos mais novos. Nossa filha atende-nos chorando, assustada, porque seu irmão estava muito doente: de cama, com febre e muito fraco. Sua frase: “Pai, o meu irmão pode morrer e ele não quer ir ao médico”.

Nosso coração, já temeroso pelo mau tempo, agora com esta notícia, ficamos arrasados. Que fazer? Rezamos o terço à Mãezinha de Garabandal. Pedimos a ela que protegesse nossa família e nos garantisse uma boa viagem para Garabandal, local que o Céu escolheu para Suas aparições.

Pela manhã, verifico que o tempo estava totalmente mudado. Sem chuva, sem vento e a atmosfera estava limpa, sem nuvens. Um novo dia, um Novo Tempo. O carinho de Deus começa a se manifestar.

Observei que a rodovia estava muito úmida e, com a geada e o frio durante a noite, ficou todo envidraçado, criando uma base escorregadia. Neste momento, em que observava, surge, na curva, uma enorme carreta carregada, fazendo um grande estardalhaço, pois transitava com correntes de ferro nos pneus, quebrando todo o solo “envidrado”. Neste momento o meu coração louvou ao Senhor, pela Sua manifestação de amor. Quem como o nosso Deus? Ele Se manifestava para os peregrinos de Garabandal. Reiniciamos nossa viagem para Garabandal. Agora com uma atmosfera limpa, céu azul, o sol começava a bater nas montanhas cantábricas, cheias de neve, que havia caído naquela noite. Oh, como o meu coração louvava ao Senhor pelas Suas Maravilhas.

Chegamos a Garabandal, pequeno povoado situado no cimo de uma encosta. Subimos até junto dos pinheiros, onde Nossa Senhora apareceu tantas vezes as quatro videntes e atraiu tanta gente nesse período das Aparições. Ali oramos à Mãe do Céu pela nossa família e pelo mundo e pedimos perdão pelo descaso que o homem votou a tão grande acontecimento. Ali, pudemos admirar o maravilhoso dia que o Senhor nos concedeu. Ao descer a encosta, liguei para o Brasil, para saber do filho. Eu queria que ele escutasse as “ondas sonoras” de Garabandal. Quem atendeu? O Bruno que disse: “Pai, eu já estou bom!”. Meu coração ficou aliviado e cheio de alegria e comoção, louvei ao Senhor pelos milagres concedidos neste dia.

No dia seguinte, o Bruno foi ao médico, que confirmou estar com “dengue”, já em estado de recuperação.

Obrigado, Mãezinha de Garabandal. Obrigado, Misericórdia de Deus.

“... Minha Mensagem de Garabandal foi ignorada (...) despedaçaram o Coração de Deus e despedaçaram o Meu Imaculado Coração de Mãe; quero que rezes por todos os que te rejeitarão...” (AVVD – 30 de janeiro de 1988).

Alexandre Batista - Rio de Janeiro-RJ

 

 


 

16. ...deu um grande sentido e objetivo na caminhada rumo a DEUS.

A Verdadeira Vida em Deus mudou completamente minha vida, a maneira de pensar e deu um grande sentido e objetivo na caminhada rumo a DEUS.

Alfredo Niconielo - Brasil

 

 


 

17. ...as Mensagens me tocaram profundamente...

Eu fui militante comunista, durante a juventude. Deixei o comunismo, desiludido com o socialismo, que fracassou historicamente. Mas continuei ateu. Após a morte da minha 1ª esposa, o Senhor me revelou, através de sonhos, que há vida depois da morte física. Pensei, então: Altino Mota dos Santosse a alma existe, Deus existe. E comecei a rezar o pai-nosso e senti um alívio muito grande, na minha angústia. Todavia, continuava hostil à Igreja, aos sacerdotes etc. Em 1999, a convite da Mabel, que sempre foi católica, assisti a uma palestra da Vassula, aqui em B. Horizonte. Achei que ela era sincera, verdadeira, serena. E comprei logo na saída no local da palestra, todos os livros disponíveis das Mensagens de A Verdadeira Vida em Deus. E as Mensagens me tocaram profundamente e me converteram à Igreja Católica, da qual me tornei fiel, assíduo frequentador. A partir de então procurei sempre colocar em prática os santos ensinamentos de Cristo, contidos no Santo Evangelho e nas Mensagens. Em resumo: busco viver, em tudo o que faço e penso, na Fé que o Bom Deus me deu gratuitamente. E sinto a presença da Graça em minhas atividades, em minha vida.

Altino Mota dos Santos (ex-coordenador da Beth Myriam) -
Belo Horizonte-MG

 

 


 

18. Ficamos maravilhados com o Amor de Deus por nós...

Com a Graça do Espírito Santo, espero poder expressar o quanto foi importante para mim o conhecimento das Mensagens de Jesus em AVVD. Fui uma jovem muito assídua na vida da Igreja até os meus 24 anos, quando me afastei aos poucos, sem nem perceber, sendo levada pelos valores do mundo. Batizei minhas filhas, mas quase não ia à Missa e não estava casada. Em 2005, recebi um livro de AVVD de uma amiga e fiquei encantada! Lia as Mensagens para todos em casa e meu marido pedia para ler para ele antes de dormir! Comprei os 12 volumes e todos começaram a ler. Ficamos maravilhados com o Amor de Deus por nós e pela importância que tinha para Ele a Sua Igreja. Meu marido fez a Primeira Comunhão e as três filhas com ele, fizeram a Crisma. Em 2010, nos casamos na Igreja! Trabalhamos com muitas pessoas, que, como nós, estão afastadas da Igreja e desconhecem o quanto Deus nos ama, e quer através das Suas Mensagens nos ensinar a conhecê-Lo e amá-Lo. Tentamos dar nosso testemunho com a nossa vida. Procuro divulgar todas essas Mensagens preciosas e sempre com a ajuda de Deus. Agradeço de coração à Vassula e a todos da Associação AVVD.

Em Cristo,

Ana Lúcia Filippe - Brasil

 

 


 

19. AVVD mostrou-me que Deus não se encontra distante...

Conheci as Mensagens quando frequentava o grupo de oração de Padre Pio, dirigido por Lilá Sant'anna (atualmente falecida), em Copacabana, e semanalmente parcipava do terço em sua residência. Ela divulgava, nessa época, todos os volumes que já haviam sido publicados até então (aproximadamente seis) e isso foi em 1994/95.

Fiquei muito tocada quanto: à linguagem amorosa, à paciência, didática e zelo com as almas, às orações, aos ensinamentos de grande profundidade espiritual, além das revelações ali contidas (Garabandal, franco-maçonaria, o fato de sermos uma flor no jardim do Senhor, a importância de orar e interceder sempre pelos sacerdotes, o sofrimento do Senhor pelo estado atual da sua Igreja -a importância da união - e a afirmação de que "Ecclesia reviverá").

No início, li todos os volumes como quem tem sede ao pote, e um após outro, com uma vontade muito grande de querer conhecer tudo o que Ele dizia.

A partir do momento que passei a participar das reuniões do grupo de oração, tendo como suporte o livrinho de AVVD, percebi que as Mensagens poderiam ser lidas todo o tempo como mensagens atuais e em orações de intercessão. Assim, em casos de difícil solução, sempre encontrei uma resposta paralelamente à Bíblia, utilizando algum volume das Mensagens de AVVD.

Os benefícios que o Senhor vem me concedendo, desde então, são os seguintes:

- um dom de intercessão maior, amplo, abrangente (isso já me foi revelado por uma amiga);

- orando através da oração do Espírito Santo, que se encontra no livrinho do grupo de oração, recebi, já por duas vezes, o repouso no Espírito Santo;

- maior parcipação nas Missas e maior perseverança na oração;

- uma união e diálogo mais profundos com o Senhor;

- uma maior compreensão sobre as Escrituras e sobre sua leitura atualizada.

Como eu toco em duas Igrejas e, às vezes, em retiros de adoração, peço ao Senhor, que Ele mesmo execute a música e me utilize apenas como Seu instrumento.

No campo do apostolado, tenho iniciado a divulgação através da meditação dos mistérios do rosário, naquele livrinho de reuniões de oração. E, desde então, passamos a fazer o terço de Nossa Senhora com essas orações, retiradas de AVVD. São palavras que exprimem mensagens nunca antes ouvidas e as pessoas se identificam, sentem-se preenchidas e alimentadas por elas.

AVVD mostrou-me que Deus não se encontra distante, longe, em outra realidade; Ele se importa conosco e nos convida a cear com Ele, a trabalhar na sua vinha e a abandonarmo-nos em suas mãos. Está sempre ao nosso lado, embora não O vejamos.

Além disso, o fato de fazermos oração 24 horas por dia, através das nossas avidades cotidianas, nos colocando sempre na presença de Deus (também em sintonia com a santificação do trabalho, ensinada por São Josemaría Escrivá) e a forma de orar conversando, me fez enxergar uma nova forma de colóquio com o Senhor, tendo-O ao meu lado e sem sentir pressa. E como Vassula divulga: saboreando as palavras. Eu ainda constatei o que o Senhor ensina: que toda oração simples, ainda que pequenina, vinda do coração, tem muito poder diante de Deus.

Ana Valente - Rio de Janeiro-RJ

 

 


 

20. A Verdadeira Vida em Deus fez muitas transformações em minha vida...

E ainda continua fazendo: uma conversão pessoal aproximou-me de grupos de oração, adoração e do amor de Deus.

Ensinou-me a evangelizar e a ser mais humilde e amoroso. Testemunhei o amor de Deus, pois durante 9 anos (1996 a 2003), ainda no início deste período de conversão, fiquei exposto ao HIV e nunca fui contaminado, o que atribuo totalmente ao amor de Deus para conosco, com sua misericórdia infinita.

André - São Paulo-SP

 

 


 

21. ...agora sinto um Deus Vivo ao meu lado.

Lembro que antes de conhecer a A Verdadeira Vida em Deus sentia uma grande vontade de viver uma vida mais perto de Deus. Rezava, conversava, mas parecia ter sempre uma dúvida: “Será que Deus está me escutando? Será que está realmente perto de mim?”. Depois da leitura dos livros tudo mudou – agora sinto um Deus Vivo ao meu lado. Minha vida espiritual se encheu de luz, meu contato com Deus se tornou sólido, cheio de vida e com um sentimento que preenche sempre toda a minha alma. Não existe mais dúvida, não existe mais solidão. Deus está sempre comigo!

Antônio Rebelo - Brasil

 

 


 

22. Quando li os livros, não tive dúvida, era o Próprio Deus Trino que estava falando...

Nascido em família católica, fui batizado, fiz Primeira Comunhão e vou à Missa Arivaldo Pereira da Silvaaos domingos. Mas onde estava a fé? A curiosidade por algo espiritual palpável era infinita; afinal, quem é Deus, que criou o céu e a terra? A curiosidade era tanta que fui ao Vaticano onde permaneci por dez dias. Fui às cidades de Lanciano, Fátima, Assis, etc. e vi coisas extraordinárias. Mas... E a fé?

Até que em Jerusalém, Terra Santa, um padre de Jundiaí/SP, perguntou-me se eu havia lido os livros de Vassula, que, segundo ele, coloca a gente cara a cara com Deus. Aquela informação foi algo transcendental e extraordinário que eu esperava. Realmente, quando li os referidos livros, não tive dúvida, era o Próprio Deus Trino que estava falando diretamente comigo.

Em razão disso, encontrei o paraíso terrestre em toda a sua plenitude, mas devido à minha fragilidade e ignorância, não me foi possível vivenciá-lo em plenitude. Mas mesmo assim, sou a pessoa mais feliz do mundo.

Arivaldo Pereira da Silva - Goiânia-GO

 

 


 

23. Ele caiu de joelhos chorando torrencialmente.

Por uma grande coincidência: como advogado, fui contratado por um senhor italiano abonado, ateu e poliglota, que veio a Goiânia para adotar uma criança, o que foi consumado.

Em meu escritório, ele me revelou a seguinte história: que recebeu um telefonema de Vassula em Roma, para contratá-lo para fazer a tradução de “AVVD” para outros idiomas. Ao chegar ao apartamento dela, sentiu um forte cheiro de incenso, e foi informado que ali não estava queimando nenhum produto aromáco.

Quando ela disse que estava falando diretamente com Deus, ele deu a maior gargalhada, mas em seguida pediu desculpa, porque era ateu e não acreditava em nada. Ao ir para sua casa, passou na porta de uma catedral, por curiosidade entrou e perto do “Tabernáculo”, ele disse: “Oh, Deus, se é que você existe, dai-me um sinal para que eu também possa acreditar”.

Em ato continuo ele ouviu um grande estrondo; quando olhou, viu um órgão seminovo, rachado ao meio. Ele disse: “O sinal foi muito fraco”. E naquele momento fez cinco perguntas complexas mentalmente a Deus e foi embora para casa. Ao chegar a casa, recebeu um telefonema de Vassula, chamando com urgência. Em sua casa, ela lhe entregou um papel com as respostas das referidas perguntas.

Ele caiu de joelhos chorando torrencialmente. Quando me revelou, começou a chorar novamente e disse que todas as vezes que toca nesse assunto ele chora. Hoje ele é católico praticante, reza o rosário todos os dias e nunca se afasta do terço no bolso.

Arivaldo - Goiânia-GO
Anônimo (italiano)

 

 


 

24. ...as palavras de Jesus, em Seus diálogos com Vassula, são fonte onde minha alma se alimenta.

Lamento a brevidade da solicitação para dar este testemunho, mas não posso deixar de responder como tão significavo foi para mim o encontro com A Verdadeira Vida Em Deus.

Caiu-me às mãos o primeiro volume, creio que no ano de 1992.

Tornou-se leitura constante como até hoje o é.

Possuo os doze volumes. Sempre os tenho por perto para acalmar minha alma.

Na leitura dos diálogos de Jesus com Vassula, desde o primeiro momento os senti e tomei como verdadeiros. A leitura que inúmeras vezes fiz e faço, pois retomo aleatoriamente, de forma constante, os diálogos, que sempre acrescentam, no crescimento de minha Fé.

Amo ler e meditar sobre as palavras ditas pelo Senhor Jesus, assim como amo ler as passagens do Santo Evangelho.

Tenho para mim que as Mensagens de A Verdadeira Vida em Deus são gotas preciosas do Amor de Jesus para cada um de nós, e são para mim as Suas Palavras que vão educando e transformando minha alma.

Hoje, as palavras de Jesus em seus diálogos com Vassula são fonte onde minha alma se alimenta . Não posso mais passar sem elas. Amo-as, medito-as alimento-me delas.

Como confirmação do que agora acabo de dizer, abro aleatoriamente o volume 12 e leio, na página 95, 1 edição (português) (corresponde à página 1097 do Volume Único): “Minha palavra te é dada para revigorar tua mão a fim de que ela agarre a orla de Minha túnica e não a deixe escapar; que teus pés, de agora em diante, sigam o Caminho da Virtude, e inclinando um pouco mais teu ouvido, compreenderás a Santa Sabedoria e Suas expressões...” (AVVD-2001)

Assim, neste momento que dou o testemunho, Jesus me fala com Suas Palavras de cuidado, instrução, sabedoria e salvação, e retoma que devo continuar “inclinando os meus ouvidos para compreender a Santa Sabedoria e as Suas expressões”. Beatriz Monte

Eu Te bendigo, Senhor Jesus, por estares comigo todos os instantes de minha vida!

Peço-Te perdão, Jesus, por num primeiro momento, ter-me recusado a dar este testemunho pela brevidade do tempo desta solicitação.

Jesus mostrou-me que Ele é prioridade em minha vida.

Eu, Beatriz, respondo-Lhe: “Sim, Jesus, És prioridade em minha vida Tu O sabes”.

Agradeço este convite para dar o depoimento do meu testemunho de vida e processo de conversão pelo conhecimento de A Verdadeira Vida em Deus.

 

Beatriz Monte - Porto Alegre-RS

 

 


 

25. ...minha busca por Deus ganhou sentido e meta.

A Verdadeira Vida em Deus entrou em minha vida como uma Obra da Misericórdia de Deus. Resgatou minha alma. A Voz forte e carinhosa de Deus redesenhou meus caminhos. E, através do grupo de oração, fui imensamente saciada em minha sede de conhecimento e de fé. A partir de então minha busca por Deus ganhou sentido e meta. O Amor de Deus em mim derramado fez-me, também, compreender que devemos ser Suas Sementes, a fim de espalhar no mundo o Seu Amor, a partir de um verdadeiro compromisso com Ele.

Berenice Vieira - Belo Horizonte-MG

 

 


 

26. Muito do que Vassula vive, o leitor começa a viver.

A Verdadeira Vida em Deus me trouxe um conhecimento único sobre o Amor de Deus. Depois, comecei um processo de Unidade, de experimentar o Amor de Deus e ter experiências místicas, como no tempo dos Apóstolos. Muito do que Vassula vive, o leitor começa a viver. As máscaras caem e a verdade brota. Ainda não discerni completamente, porque existe uma grande batalha que nos impede de experimentar o Amor de Deus em sua mais pura essência. Espero ainda, poder estar pronto e livre para isso, que o Pai Eterno possa me ajudar nisso. Na verdade somos pequenos e Deus é Grande e Bom.

Brenno G. A da Mata - Brasília-DF

 

 


 

27. Passei a enxergar Jesus mais humano...

Estive ausente da Igreja Católica por um bom tempo. Quando retornei, buscava o Senhor de um modo “tradicional”, tinha a concepção de Deus Onipresente, entretanto longe de mim. Não conseguia ler Sua Palavra na Bíblia, porque não me era possível entendê-La. Parecia-me uma linguagem muito formal, de acontecimentos que poderiam ser transpostos para o dia de hoje, porém não me tocavam na alma.

Tomei conhecimento das Mensagens de Jesus à Vassula por volta do ano de 2005, mais ou menos. No começo, não acreditava nesta questão de Revelação, achava muito estranho. Encontrei o site e comecei a ler, a estranhar aquela leitura e a fazer comparações entre a minha pessoa e a pessoa de Vassula. No princípio, ela era tão leiga quanto eu, tinha muitas dúvidas, faltava-lhe fé tanto quanto eu, e mais, ainda que o Senhor houvesse se aproximado dela, ela ainda permanecia sem entender, contudo, conseguia sentir e responder ao Seu chamado posivamente. E foi esse o jeito de agir de Vassula que me cativou: de aceitar Jesus pela fé, sem entender direito. Ao realizar as leituras, sempre fazia comparações com minha pessoa e pensava que do mesmo modo que ela se deixou envolver por Jesus, eu também queria estar junto a Ele. Comecei o meu encontro com Jesus, a conhecer o “Deus de Amor”, daquele Amor que outrora ouvira falar, mas que não conseguia sentir. Passei a observar nas Mensagens as Suas Palavras de carinho e amor pelo modo sutil que Ele tratava Vassula e, quando substituía o seu nome pelo meu nome, sentia como se Ele estivesse realmente falando comigo. Pensava: “Como pode Deus pedir permissão a mim? Pedir para que eu volte para Ele? Como pode Ele pedir delicadamente para que eu O ame?” Passei a enxergar Jesus mais humano, amoroso, mais próximo e, dessa forma, Ele conseguiu me invadir. O carinho, a docilidade, o encanto amoroso com que Ele transmite em Suas Mensagens... E Ele ainda diz que me ama loucamente!

Então, o meu modo de perceber Deus começou a mudar: Alguém apaixonado, Alguém que me ama do jeito que sou, que esperou por mim tanto tempo para que eu me voltasse a Ele, que teve paciência para comigo, que me chama de “Flor”, pede permissão para que Ele me molde para conduzir a Ele, que diz descer do Seu Palácio para me cortejar... Isso é demais, que Deus maravilhoso!

Pude sentir, então, o que significa Amor, comecei a amar Jesus, a querer ficar com Ele o máximo de tempo que conseguisse.

Incrível como, por meio das Mensagens, posso sentir a delicadeza, bondade, em Suas Palavras e sentir Sua Presença. É uma linguagem atual, mais simples de dizer aquilo que foi escrito há anos por meio da Bíblia. A partir das leituras, as comparações com a Palavra na Bíblia ficaram mais fáceis, mais compreensíveis; a leitura nas Mensagens coincide com a Palavra na Bíblia, é a mesma coisa dita de um modo diferente. Fazendo uma analogia com a Educação, isso é comportamento de Mestre: buscar outra estratégia para ensinar os alunos com dificuldades de aprendizagem. Assim, os diálogos de Jesus com Vassula permitem perceber o quanto ela é frágil e Jesus, com toda a paciência, acolhe, ama, pede, nunca impõe nada, ensina... Assim sou eu também: frágil, às vezes falta fé... Nesses momentos me coloco no lugar dela e sinto Jesus, de perto, a me conduzir.

Uma das passagens que mais me encanta é quando Jesus fala sobre a Eucaristia. Ele diz que se soubéssemos a quem estamos recebendo, daríamos mais valor, pois os anjos desejam ter esse alimento e não podem recebê-Lo, e nós, humanos, O desprezamos. A partir daí, tenho ido à Missa diariamente, para sentir Jesus comigo, para fazer parte com Ele. Já tem um bom tempo que tenho esse hábito e, quando não posso ir recebê-Lo, sinto saudades... É muito difícil ficar sem Eucaristia, pois é Jesus Eucarístico Quem me sustenta todos os dias e tem transformado o meu jeito de ser, pensar e agir.

Essa proximidade, essa intimidade com Ele tem se tornado cada vez maior: pela Palavra, pela Eucaristia. Quando Jesus fala à Vassula sobre o Sacramento do perdão, a partir de Suas palavras, não tenho mais receio de me confessar, ao contrário, quando algo me incomoda, procuro rapidamente um sacerdote. Por incrível que pareça, ao receber a benção da absolvição, sinto muita paz, uma força muito grande vinda a mim pelas mãos do sacerdote. Consigo sentir Jesus, coisa que, antes de ouvir Suas Palavras nas Mensagens, esse Sacramento me era muito difícil, pois tinha receio de Deus. Agora eu sei que Ele quer que eu faça as pazes com Ele e me abraça, realmente. Desse modo, tornei-me mais vigilante para não pecar, porque sei que Jesus vai se entristecer comigo e não quero magoá-Lo.

A maior contribuição das Mensagens em minha vida é conseguir ver Jesus como Deus mais próximo a mim, Alguém por quem eu me sinto cada vez mais apaixonada, pois essas Mensagens são verdadeiras músicas, canções de amor. Foi lindo o que Ele disse ultimamente: “...ainda tenho que compor melodias musicais para as minhas mensagens”. Isso me tocou profundamente, principalmente quando Ele resume no final das Mensagens com a indagação em uma palavra: “Nós?”. É encantador, profundo, divino.

Em suma, tenho necessidade de dar Glórias a Deus por tanto que tem feito por mim, por todos, pela imensa misericórdia que tem derramado sobre a humanidade, que continua desprezando-O.

Por amor, consolar o Coração de Jesus com a pequenez de minha capacidade de amar. Obrigada, Jesus! Amém...

Brígida Maria Pimenta Carvalho - Sertãozinho-SP

 

 


 

28. ...percebi que Deus estava me comunicando algo...

Sou Bruno Moreira Bezerra. Em 1996, experimentei um encontro com Deus e com a Virgem Maria.

Morava em Recife-PE e gostava muito de ouvir as músicas da cantora Enya. Um dia, ao adquirir os vídeos dessa cantora, senti-me seduzido pelas imagens musicais, pois elas me lembravam da leitura do Ap 12,14 : “a Mulher vestida de sol que recebe as asas da grande águia e voa para o deserto” . Em outro vídeo, a cantora chama um menino que está em meio aos livros, para revelar um segredo. Quando vi esses vídeos, percebi que Deus estava me comunicando algo e que a cantora Enya, para mim, simbolizava a Virgem Maria.

Que livros eram aqueles que vi nos vídeos? E que segredo era aquele que eu deveria descobrir? Nesta mesma época, conheci os livros de A Verdadeira Vida em Deus e senti-me muito tocado pela Mensagem de 1º de fevereiro de 1994. Esta Mensagem foi divulgada no Brasil, para todos que divulgam a Verdadeira Vida em Deus e a uma pessoa em particular, B... (tomei posse dessa Mensagem).

Com estas leituras escrevi o poema O Segredo da Imperatriz:

Aquela que é a obra do Autor,
  Possui um segredo no qual me contou
  O seu surgimento foi mais de valor,
  Que todos criados por Nosso Senhor.

  A mãe não podia gerar o valor
  Seu ventre usado limpado ficou
  E com um milagre que não se falou
  Surgiu a Princesa que trouxe o Amor.

  O seu nascimento nunca se igualou
  Com todos da terra que Deus já criou
  Pois era preciso surgir uma flor
  Que gera a semente do mesmo valor.

  Foi nascida da mesma razão,
  Porém por participação,
  A Mãe do novo Adão,
  A Imaculada Conceição!


Acredito que este poema é a confirmação de tudo que senti ao ler as Mensagens de Deus à Vassula. Deus seja louvado!

Bruno Moreira Bezerra - Crato-CE

 

 


 

29. ...aprofundei-me no conhecimento da Palavra...

As Mensagens de A Verdadeira Vida em Deus transformaram minha alma. Acreditava que tinha fé, mas quando li as palavras de Jesus e Maria, falando-nos, como se fossem pessoalmente ao nosso coração, aprofundei-me no conhecimento da Palavra e passei a amar cada dia mais meu Deus.

C.C. - Brasil

 

 


 

30. ...decididamente mudou minha vida de oração.

A primeira vez que li a Mensagem de (AVVD-19 de junho de 1995): “...vem pedir os sete dons de Meu Espírito Santo...”, fiquei comovido. Entendi que Deus estava explicando cada dom, então, li a Mensagem inteira e connuei lendo as Mensagens seguintes, mas não conseguia esquecer aquela Mensagem. Percebi que Deus estava me pedindo para ler sobre os Sete Dons do Espírito Santo de novo, só que dessa vez mais devagar, enquanto meditava.

Voltei à Mensagem duas ou três semanas depois e li uma parte por vez, em meditação, por vários dias, pegando um Dom do Espírito Santo a cada dia. E foi essa Mensagem que mudou toda a minha compreensão do Espírito Santo. O resultado é que agora, quando peço ajuda ao Espírito Santo, tenho consciência do que estou pedindo e do que Ele vai fazer, pois tenho mais fé e esperança. Não tinha nenhum conhecimento sobre nada disso, antes de ler aquela Mensagem. Ela decididamente mudou minha vida de oração.

C. C. - Líbano

 

 


 

31. A Verdadeira Vida em Deus tem me ensinado a ver e a viver...

Que é possível na tribulação e no frenesi desse mundo, acreditar que a Sanssima Trindade nos acompanha e que nunca seremos abandonados por Ela, se formos fiéis e santos. Isso nos traz serenidade e consolação para continuar nossa peregrinação rumo ao céu.

Cássio Cardoso - Brasília-DF

 

 


 

32. Para mim, só a reencarnação podia explicar as mazelas da humanidade.

Meu nome é Cícero, tenho 49 anos, sou casado, pai de três filhos e moro em Curitiba/PR. Nasci em uma família católica não praticante, mas seguidora da doutrina espírita. Para mim, só a reencarnação podia explicar as mazelas da humanidade. Aliado a isso, vivia uma vida desregrada, longe de Deus.

Foi quando um cliente (hoje um grande amigo) foi à minha loja e me entregou um folheto com a imagem de Jesus do Sudário, de um lado, e uma Mensagem de um livro de AVVD, do outro, e um telefone. Adquiri um livro por curiosidade. Não parei mais de ler.

Certa vez, no entanto, li uma afirmação de Jesus referindo-se ao Papa (na época, João Paulo II) como "Pedro-de-Meus-Cordeiros" (AVVD-07 de maio de 1988). Então, pensei: "Ah! Então o Papa é a reencarnação de Simão Pedro!", mas logo no dia seguinte achei outro texto de Jesus que dizia, mais ou menos, assim: "Meu filho, não se iluda: não existe reencarnação" (AVVD-19 de abril de 1992)(1)Fiquei aturdido. Eu começava a acreditar nas mensagens, quando me deparei com uma ideia totalmente oposta a tudo em que eu acreditava como sendo a justiça divina. Por outro lado, a "coincidência" de ler isso logo após a minha suposição sobre o Papa, me deixou desconcertado. Fiquei perdido em um deserto. Foram três dias de luta, em uma desesperada ânsia de saber a verdade. Mas, como Jacó lutando com o anjo, no final do terceiro dia eu recebi a bênção: nascia ali um novo homem que não acreditava mais na reencarnação, muito menos na doutrina espírita.

Hoje sou catequista e procuro levar o Evangelho aos meus familiares. Eu me esforço para seguir os ensinamentos de Deus nas mensagens recebidas por Vassula e reconheço que preciso melhorar muito (no jejum, por exemplo), mas creio firmemente que os escritos de AVVD foram decisivos para me libertar da escuridão de uma falsa doutrina.

Obrigado, meu Jesus, por tudo o que fizestes por mim. Atenciosamente.

Cícero - Curitiba-PR

 

(1) “essas doutrinas de Satanás ensinam a acreditar na reencarnação, quando não existe reencarnação; elas mantêm a aparência exterior de religião, mas rejeitam seu poder interior: O Espírito Santo e a Santa Comunhão, Minha filha; Satanás apresenta-se disfarçado como anjo de luz para enganar a muitos...” (AVVD-19 de abril de 1992)

 

 


 

33. Sagrada Face.

Efeitos causados na alma por meio da Sagrada Face, pintada por Vassula:

Encontra-se na sala de nossa “Comunidade AVVD”, de frente para a porta de entrada, um banner da Sagrada Face, que é colocado assim mesmo para causar impacto aos visitantes e assim acontece.

Quase que diariamente pessoas que trazem em seus corações receios, angúsas e aflições, procuram-nos em busca de uma palavra de consolo e aconselhamento. Ao chegarem, eu as convido a entrar e a assentarem-se à mesa olhando para a Face de Jesus. Peço a Ele permissão, sento-me de costas para o banner e o visitante, de frente, para que ao falar comigo, ele ou ela observem a Sagrada Face, pois creio que Ele, o Amado, realizará na alma satisfação da sua real necessidade. Às vezes finjo estar ocupada a terminar algo para que dê tempo para uma calma e os pensamentos recebam equilíbrio ordenado para falar. Relato, pois, dois testemunhos que acredito ser importante dar.

Dona Iracema:

Esta senhorinha vem uma vez ao mês à procura de suprir a sua necessidade alimentar.

Certo dia, depois de nos sentarmos, pedi licença e fui até ao quarto. Quando voltei estava ela inclinada para a esquerda. Sentei-me sem nada perguntar e começamos a conversar:

Cd – E aí, dona Iracema, como vai a saúde?

Ic – Ai, dona Cidinha, dói em tudo quanto é lugar.

Sorri e disse-lhe: é o mal de velho. (procuro descontrair)

Cd – Chegou numa hora boa, tava indo preparar um negão para tomar com café, toma comigo?

Ic – Sim, senhora.

Então ela passou a fazer um exercício de vai e vem do lado esquerdo para o direito, eu a observava pedindo ao Senhor que a tocasse COM SUA GRAÇA.

Ic – Dona Cidinha?

Cd – Sim.

Ic – Que engraçado!

Cd – O quê?

Ic – Desde hoje que eu olho pra essa foto e ela parece estar viva!

Cd – Como assim?

Ic – Eu vou pra um lado ela me segue, eu vou pro outro ela me segue do mesmo jeito! Parece estar viva!

Cd – Em meu coração eu dizia: “Cura Senhor, vai aonde eu não posso ir”.

Bem, tomamos café, dei-lhe a cesta básica e ela foi embora. E assim sucessivamente.

Em outubro estávamos eu, Ana, Alessadra e o Janser fazendo planejamento para o encontro com as crianças que se realizaria semanas depois, quando ela chegou. Então foi aquela alegria ao vê-la, porque há dias que a esperava para dar-lhe uma cesta básica. A mesa estava farta, pois o Janser havia comprado pão, bolo, refrigerante, queijo para lancharmos.

Cd – Senta aqui, dona Iracema.

Ic – Desculpe, dona Cidinha, é que estou sem nada em casa, viu? Por isso eu vim.

Cd – Sempre pra descontrair, dou uma gargalhada e digo-lhe: “O Senhor sabia que a senhora vinha e preparou um banquete melhor! Você chegou bem na hora do negão (café), vamos comer? ”

Convidamos o Amado e a Senhora para abençoar o alimento e agradecer a presença de dona Iracema conosco e todo o bem que Eles nos proporcionam. Quando começamos a oração e olhamos para ela, seus olhos estavam cheios de lágrimas a escorrer pelo rosto.

Começamos a comer todos em silêncio, quando ela falou: “Aí está Ele de novo com esse olhão azul a me olhar... O que será que Ele quer me dizer, dona Cidinha?...”

Continuamos em silêncio e ela mesma, fez do coração, uma súplica:

Ic – Ó meu Jesus, que queres de mim? Eu preciso tanto de Ti: preciso de saúde, mas obrigada por tudo quanto fazes em minha vida.

E começou a agradecer pelas pessoas que a ajudavam.

Ic – Dona Cidinha, eu acho que Ele quer me dizer: “Eu te vejo, Iracema, Eu estou contigo, Eu sei de tudo que precisas!”

E as lágrimas a descer pelo rosto.

Choramos com ela, felizes de ver Jesus operando na alma. Não havia palavras de nossa parte, pois um júbilo nos envolveu; só depois a Alessandra disse-lhe algumas palavras de conforto e agradecemos por ela nos ter ajudado, naquele momento, a contemplar os efeitos causados pela Sagrada Face na alma que contempla atentamente a sua beleza. Dei a ela um pôster pequeno e disse-lhe: “Todos os dias, e sempre que puder, paquere com Ele”.

Cd – Sabe ler?

Ic – Sim.

Cd – Aqui atrás tem uma oração de arrependimento, procure rezá-la sempre.

Só Deus sabe o que Ele realiza nesta alma, eu acredito que curas incríveis. Amém!

Ieomara:

Essa jovem de apenas 18 anos, sofre de um problema sério nos rins. É carente de tudo.

Já é a terceira vez que me procura e eu sempre realizando o exercício de colocar o visitante a olhar para o banner da Sagrada Face. Sei que algo está para acontecer.

Desta vez estávamos jantando, eu e ela à mesa; ela, admirada por eu estar comendo à mesa com ela e a fazer comparações. Disse-lhe que infelizmente muito de nós ainda não sabemos que viemos ao mundo para servir, não é culpa deles, pois ninguém lhes ensinou tal propósito; por esses devemos rezar para que tenham oportunidade de serem esclarecidos a esse respeito.

Lindo saber que a Ieomara está sempre a agradecer; em tudo há um “obrigada”.

De repente, ela parou de comer e muito envergonhada disse:

Ieo – Vou dizer uma coisa que a senhora vai achar ridículo, pode até rir de mim, mas eu quero falar assim mesmo.

Cd – Eu prometo que não irei rir.

Então ela começou...

Ieo – Sabe essa foto? Toda vez que eu coloco os meus olhos bem dentro dos d’Ele, sabe o que sinto?

Cd – Não.

Ieo – Eu sinto amor.

Cd – Sente amor?

Ieo –É

Cd – Como assim?

Ieo – Eu sinto dentro de mim.

Cd – Você sente como se alguém estivesse colocando a mão em seu coração?

Ieo – Sinto.

Cd – É Ele te amando, você sente medo?

Ieo – Não, mas eu entendo que deve ter sido o que sentiu os discípulos de Emaús.

Cd – Então, paquera com Ele enquanto você puder, diga a Ele que O ama, que O ama muito. Lembras que eu já te dei uma foto pequena?

Ieo – E eu posso fazer isso?

Cd – Deve! E por que não? Não dizemos isso aos homens que muitas vezes não são dignos? Fez-me várias perguntas e eu a responder-lhe. Por fim ela me fez uma pergunta.

Ieo –É verdade que no Cântico dos Cânticos diz que nós somos a noiva de Jesus?

Cd – E você quer ser?

Ieo – Eu quero.

Cd – Pois então, paquera com Ele e assim como você está falando comigo fale com Ele. Ele roubou o seu coração, ame a Ele e à sua Mãe, sem se importar com o que dizem os homens a respeito d’Ela, pois só em ser a Mãe de Deus, pois Jesus é Deus, deve ser amada e honrada.

Muito feliz ela ficou e disse que “será uma adoradora, pois tinha descoberto que é no coração que Ele reside”, ao que acrescentei: “E também na Sagrada Eucaristia em Corpo, Sangue, Alma e Divindade, não rejeite nunca esse dom que Ele quis e quer nos dar”.

Amados irmãos, eu vi em pessoas que ainda não conhecem AVVD um campo preparado para se lançar a boa semente. Deus seja louvado!

Cidinha Maria (Comunidade AVVD) -João Pessoa-PB

 

 


 

34. As Mensagens de A Verdadeira Vida em Deus me fizeram conhecer a Misericórdia de Deus.

A Verdadeira Vida em Deus é importante, porque Deus nos revela a Sua Misericórdia e o Seu Amor. Ele nos dá toda chance de aprendermos a amá-Lo e estarmos preparados para o juízo diante d’Ele a qualquer momento, seja hoje ou nos tempos finais.

As Mensagens de A Verdadeira Vida em Deus me fizeram conhecer a Misericórdia de Deus e todo o Seu Amor, de uma forma nunca vista em nenhuma obra religiosa.

Cilene Morais - Florianópolis-SC

 

 


 

35. O Senhor me libertou! Bendito seja o Senhor para sempre!

Apesar de ter nascido em família católica e estudado em colégio católico, eu estava afastada da Igreja e, na verdade, tinha tomado aversão a ela. Foi incutida em minha mente uma ideia de que a Igreja era algo retrógrado, lugar de gente ignorante e que as pessoas que ali frequentavam estavam sendo manipuladas por ideologias enganadoras.

Aquele lugar não era para mim. Havia abolido completamente qualquer simpatia ou respeito por esta instituição. Além disso, nas vezes que havia frequentado a Igreja, falavam-me de um Deus com quem eu me encontraria depois da morte. Então eu pensava comigo mesma: “Depois da minha morte eu me entendo com Jesus...” Aconteceu que um dia uma amiga da minha irmã esqueceu o livro de A Verdadeira Vida em Deus lá em casa. Abri por curiosidade. Fiquei impressionada, mas desconfiada. Pensei: “Isso é coisa de espiritismo”. Como não encontrasse nada que comprovasse minha suspeita, pensei: “Quem será que está escrevendo essas coisas?”. E então veio a resposta: “Sou Eu, Jesus Cristo, filho de Deus, teu Salvador”.

Meu coração se encheu de alegria, mas só me abri realmente às mensagens depois que averiguei e constatei que Dom Terra, um renomado biblista, apoiava as mensagens e disse não haver nenhum erro teológico nos escritos.

Inicialmente, para mim, Jesus era aquele livro. Não me desgrudava dele. Depois senti uma grande necessidade de ler a Bíblia. As Sagradas Escrituras agora faziam sentido para mim. A minha volta à Igreja aconteceu quando o Senhor convidava: “Vinde receber-Me na pequenina hóstia branca. Eu estou lá, presente. Miríades de anjos me adoram”. Minha caminhada se iniciava como também as lutas espirituais! A conversão, as renúncias, o desafio de confiar e me abandonar no Senhor.

Fui convidada a ir a um grupo de oração da Renovação Carismática, muito popular aqui no Brasil. Programei para ir, mas sentia uma força imensa me impedindo de ir. Sabia que estava em combate. Ouvia muitos insultos mentalmente, muitos ataques do maligno, que me tiravam as forças. Pedi então ao Senhor: “Senhor, dá-me força, dá-me uma direção, como devo proceder, o que devo pedir? Preciso de tantas graças, não sei por onde começar”. E a resposta foi: “Ama-Me somente, que Eu farei o resto”. E então fui ao grupo de oração Bem-Amados do Pai, Igreja Nossa Senhora do Brasil.

Louvei ao Senhor naquele dia como nunca O havia louvado antes! Não pedi nada, só me abandonei n’Ele. Que alegria! Que contentamento! E durante uma oração de perdão, o Senhor nos convidava a perdoar, vivos ou mortos. Lembrei-me de meu ex-noivo, que havia falecido e estava acompanhado de outra mulher. Eu disse: “Sim, Senhor, eu o perdoo”.

Ao voltar para casa, senti que algo, alguém, uma força me acompanhava. Estava muito feliz, radiante! Havia me encontrado com meu Salvador!

No dia seguinte, voltava da academia cantando e louvando ao Senhor! Tudo isso era muito novo para mim.

Ao chegar a casa, fui para o meu quarto tirar o tênis e, de repente, fui “jogada” na minha cama. Uma força estranha havia me empurrado. Tentei me levantar e não consegui. Tentei levantar mais duas vezes e não consegui. Atordoada, pensei: “Socorro! Fiquei paralítica! Não consigo me levantar!... Devo ter feito exercícios de forma errada, devo ter machucado minha coluna!..., mas não, eu estou sentindo as minhas pernas...”

Ainda sem entender o que estava acontecendo, me rendi e relaxei na cama. Cinthia AmorimDe repente, como num filme, as cenas doloridas do relacionamento com meu ex-noivo vieram à mente, e eu fui revivendo, uma por uma, e ia chorando, revivendo e chorando, até que eu senti uma mão entrar em mim, e veio retirando algo, e trouxe até minha boca, e me levantou, e eu vomitei. Vomitei algo invisível, mas real. Eu estava livre!! Uma sensação de paz e plenitude invadiu meu ser! Uma alegria maravilhosa, um contentamento, uma gradão profunda!

O Senhor me libertou! Bendito seja o Senhor para sempre!

Depois dessa libertação se seguiram muitas outras. Já faz 20 anos que eu conheci Jesus e hoje O sirvo na Sua Igreja.

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo e Sua Mãe Maria Sanssima!

Cinthia Amorim - Brasília-DF

 

 


 

36. Fiquei muito feliz, pois vi que Deus continua falando...

Nasci e cresci na Igreja Protestante e, embora protestante, Nossa Senhora sempre me chamou a atenção, mas era só isso.

Sempre procurei seguir os valores cristãos, mas estava desanimando. Minha vida estava difícil, não estava feliz. Estava perdendo a fé. Pensava: "Por que Deus só falou com os homens nos tempos da Bíblia e hoje não fala mais com ninguém?". Certo dia li um versículo que dizia mais ou menos assim: "Aquele que vier a mim, jamais o lançarei fora". Então disse a Deus: "Estou aqui Senhor, cuida de mim". Por várias ocasiões, senti que Deus me buscava de volta e lembrava sempre deste versículo. Com as Mensagens de AVVD não foi diferente, Jesus me buscou de novo.

Fiquei muito feliz, pois vi que Deus continua falando e passando mensagens Clarice Reimer Zimath atualmente, não só na época da Bíblia. Minha fé se fortaleceu. Leio as Mensagens diariamente. Já li os livros I a XII várias vezes e continuo lendo.

Quanto a Nossa Senhora, fiquei muito triste ao saber quanto Jesus está triste com a falta de respeito que é dado à Sua Mãe e também por não ser dada, a Ela, a devida importância.

Não consegui mais frequentar a Igreja Protestante. Faltava Nossa Senhora. Mudei para a Igreja Católica e hoje sou devota de Nossa Senhora. Só de escrever isso, meus olhos já ficam cheios de água. Tudo que se refere a Ela mexe demais comigo. É a Nossa Grande Mãe, a Nossa Santa Mãe.

Obrigada, Senhor, por nos ter dado a Vossa Mãe.

Este é o meu pequeno e simples testemunho. Obrigada!

Clarice Reimer Zimath - Jaraguá do Sul-SC

 

 


 

37. Atualmente oro muito mais que antes...

Não é possível ler A Verdadeira Vida em Deus e não ficar apaixonado por Jesus. A Verdadeira Vida em Deus é de muitas formas um resgate feito por Deus, enquanto nos canta o Seu Amor, o qual não conseguimos nem começar a quantificar ou entender, um amor pessoal e não genérico. Um amor comprometido, que parte em busca do Amado, que insiste e nunca desiste. Um amor que usa de todos os meios para que possamos senti-Lo e responder a Ele, num esforço continuo de conversão.

Ler as Mensagens todos os dias traz prazer e um crescimento continuo. Sinto saudades de Deus se fico algum dia sem uma “palavrinha”. Atualmente oro muito mais que antes, amo a Deus muito mais do que amava antes. Tenho prazer e, ao mesmo tempo, vontade de fazer coisas que possam agradá-Lo e quem sabe colocar um sorriso em Seu Rosto. E a recompensa já vem aí mesmo, quando me dou conta mais agudamente do amor de Deus por mim. Então é um remédio para todos os males e para todos os dias. E assim a gente vai mudando pouco a pouco.

Cláudia Alexandre - Brasília-DF

 

 


 

38. Hoje, Deus é vivo em meu coração.

Sou de família católica e estudei em colégio de freiras até a conclusão do primeiro grau. A religião era, para mim, um “costume”. Enxergava Deus como um Senhor Todo-Poderoso, lá no alto dos céus. Eu apenas acreditava: era longe, distante de mim.

Casei, tive dois filhos, receberam os sacramentos, estudaram em colégio de padres, mas era tudo só o costume, a tradição que recebemos.

Mais tarde na vida, lá pelos 50 anos, comecei a sentir “uma saudade” do que não sabia ser. Um desejo de um “amor maior”, que me preenchesse no âmago, no fundo do meu ser. Hoje sei que tinha saudades do Coração de Deus, de onde todos nós viemos. Penso que esquecemos tudo ao chegar neste mundo e vamos aqui caminhando, até encontrarmos novamente com nosso Pai eterno e iniciarmos, então, o caminho de “volta”.

Há sete anos, aos 60 anos, uma amiga de infância, que mora em Brasília, enviou-me o pôster da Associação AVVD da Sagrada Face (Jesus Ressuscitado). Mandei fazer a moldura e pendurei na parede do meu quarto. Gostava de Jesus, acreditava, mas não tinha nenhuma amizade ou maior aproximação com Ele.

Uma noite, ao chegar a casa, entrei no meu quarto, e ia seguindo para o banho, quando uma “força”, um ”vento”, empurrou-me e colocou-me em frente ao quadro da Face de Jesus. Meus olhos não conseguiam se desviar do Seu Olhar. Meu coração explodia no peito. No mesmo instante, um perfume exalou por todo o quarto. Caí aos pés de Jesus, meu coração a bater fortemente e uma sensação de plenitude, de esvaziamento completo de mim mesma preencheu todo o meu ser.

Daquele momento em diante, minha vida se transformou completamente. Era o dia 23 de abril de 2008, Páscoa do Senhor. Recebi a primeira Ressurreição. O “vento”, que senti me empurrando para frente da Face de Jesus, foi o Espírito Santo agindo em mim. O perfume que exalou (fui à loja de essências posteriormente, para identificá-lo) era de mirra, com um toque de rosas. Jesus passou a conduzir minha vida, juntamente com Nossa Senhora, encaminhou-me para a Igreja e, em pouco tempo, fui convidada a assumir o Ministério da Eucaristia. Ao receber o convite, meu coração bateu forte, e dei meu “sim”, sentindo o “chamado” para servi-Lo. Pouco depois, chamou-me para o Apostolado da Oração.

Passei a ler, diariamente, pela Internet, as Mensagens de Deus Pai, do Filho, do Espírito Santo e de Maria, em AVVD, transmitidas à Vassula para toda a humanidade. Tiro cópias, assinalo-as, estudo e distribuo-as. São um verdadeiro alimento para a minha alma. Comprei os 12 volumes contendo as Mensagens. Já dei o livro nº 1 para dois padres e gosto de dar o pôster da Santa Face de Jesus para algumas pessoas, que sinto vão ser tocadas. Presenteei as Agendas para padres e amigos. Tudo conforme vou sendo inspirada a fazer. Os livros “Orações e Odes Amorosas” e “Adora-Me e Ama-Me na Minha Santa Eucaristia” são tão maravilhosos! Sinto-O presente e me guiando.

Desde então, estou em constante ligação com Jesus e Maria, agradecendo as maravilhas que recebo a cada dia, e levando-Os aonde quer que eu vá. É minha necessidade.

Vivo com minha família (marido e dois filhos rapazes), sou muito feliz e peço todo dia a graça da conversão para eles.

Hoje, Deus é vivo em meu coração. Ensinou-me a oferecer meu coração para os desígnios santos da Trindade e as intenções de Nossa Mãe. Ele faz arder meu coração no Amor e fico oferecendo, para a unidade espiritual de todos os povos, para a unificação das datas da Páscoa de Jesus, a unidade dos cristãos, para a conversão dos pecadores, a fim de que abram os corações, buscando o que não conhecem, para que Jesus, então, entre em cada coração transformando, libertando e ressuscitando.

Sinto o anseio de minha alma de morar com Ele, mas, acima disso, está a vontade de ficar neste mundo tão conturbado, servindo-O, levando-O por onde eu andar, para que todos conheçam as maravilhas do nosso Deus amoroso!

Cláudia Maria Miranda - Belo Horizonte-MG

 

 


 

39. ...eu bebo cada linha das Mensagens de AVVD.

Jesus é o centro da minha vida, e eu bebo cada linha das Mensagens de AVVD. Jesus tem estado cada vez mais presente , e eu abri o meu coração completamente para Ele agir através de mim. Só confio n’Ele e Ele me guia.

Clementina Cruz - Brasil

 

 


 

40. A Verdadeira Vida em Deus em minha vida trouxe um desejo profundo de melhor servir a Deus.

A Verdadeira Vida em Deus em minha vida trouxe um desejo profundo de melhor servir a Deus; aceitação de ser um dos distribuidores dos livros de Mensagens, de ir à Missa diariamente, da Eucaristia, adorar ao Santíssimo pelo menos uma vez ao mês; recitação individual do Rosário diariamente, meditando todos os mistérios, por longos anos, com um grupo, recitação mensal do Rosário, agora substituída por reunião nos moldes do impresso da Associação AVVD e, com amigos, distribuição semanal, há 7 anos, de 100 quentinhas a necessitados, tipo do que se faz nas Beth Myriam.

Gostaria de acrescentar que nos rosários de que participo há sempre pedidos de união de todas as igrejas cristãs sob o primado do Papa e pela unificação das datas da Páscoa. É prática diária, também, usar os dizeres da Novena do Sagrado Coração de Jesus para incluir ali o pedido de união de todas as igrejas cristãs, com certeza, a missão maior de Vassula, não é mesmo? Não seria oportuno repassar essa postura para todos? Em Jesus e Maria, despeço-me fraternalmente.

Clóvis - Niterói-RJ

 

 


 

41. Nosso mundo está repleto de surdez espiritual

Nosso mundo está repleto de surdez espiritual, que alcançou proporções épicas e está derrotando os planos do Espírito Santo. Eu aprendi que para vencer esta hoslidade, nós devemos estar bem alicerçados na oração e meditação das Mensagens de AVVD. É muito dificil sobreviver em uma jornada de fé neste mundo, sem as graças abundantes que são derramadas sobre nós através dessas Mensagens.

David Cesar - Brasil

 

 


 

42. Após a leitura dos livros, mudou a visão que tinha de Deus...

Como descrever o que a A Verdadeira Vida em Deus fez em minha vida? Após a leitura dos livros, mudou a visão que tinha de Deus, Aquele que apenas ouvia. Comecei a entender e a escutar as coisas que Ele me diz diariamente, através de Suas mensagens, as quais se mostram cada vez mais vivas.

No início, arrepiava-me perguntar alguma coisa e obter a resposta ao abrir o livro em uma página aleatória. Penso: “Não sou digna do que ganho Dele diariamente, mas Ele todos os dias me surpreende, dando-me aquilo que mereço e fazendo-me entender que não recebo nada além do que preciso naquele momento”. Antes da Quaresma, estava muito afastada de Deus; pedi a Ele que me deixasse de lado para que sentisse Sua falta e voltasse com mais amor para Ele. No início, pareceu uma ideia idiota pedir a Deus para me abandonar, achei que nada no mundo faria sentido com esse pedido, mas foi engraçado e, ao mesmo tempo, dolorido o vazio que senti por duas semanas e meia. Tudo em minha vida estava vazio. Como se tudo estivesse dando errado. Eu estava muito mal.

Neste último final de semana, fui à Missa e pedi para Deus voltar para minha vida. Foi como se uma luz acendesse em minha vida. Tudo ficou melhor e comecei a ver as coisas de forma mais simples. Até nas Mensagens que voltei a ler, Deus se mostrava presente e atencioso em tudo que precisava. Ou seja, acho que esse fato fez lembrar-me de como AVVD mudou minha vida: o que era vazio se encheu. Como disse a Mensagem que li no sábado: “...aquele que estiver em mim dará muitos frutos, pois nada podeis fazer sem mim” (Jo 15,5). Desta forma, Ele, carinhosamente, mostrou-me que nada posso fazer sem Ele.

Dayane -Joinville-SC

 

 


 

43. Eu chorava de alegria ao ler os livros, pois ali estava tudo o que eu precisava entender.

Passei por um batismo de fogo, ou se quiserem chamem de encontro com Deus, com o Amor de forma sobrenatural.

Isso foi uma entrada no paraíso, no amor de Deus, um abraço de Deus. Eu conheci o Esposo das almas, pois foi como se, de repente, Deus tivesse se casado comigo. Eu dava testemunho a meus familiares, mas eles não entendiam e nem acreditavam.

Eu testemunhava a meus amigos e mesmo eles não me acreditavam...

Uma pessoa me disse que Deus não se manifestaria para mim.

Eu era batizada em duas igrejas, Católica no nascimento e aos oito anos na Igreja Mórmon. Isso me perturbava na minha infância, pois era uma igreja contra a outra e eu nunca entendi tal divisão. Por causa disso, não frequentei mais nenhuma igreja.

Pedi então ao Senhor que me desse uma graça, ler algo que me explicasse tudo o que me acontecera...

Um dia então, Flavia Gobbi, dona de uma livraria, me deu para ler todos os nove volumes de A Verdadeira Vida em Deus. Depois li os outros três volumes.

Eu chorava de alegria ao ler os livros, pois ali estava tudo o que eu precisava entender. A mesma experiência de Vassula com Deus eu tive também. Antes mesmo de conhecer os livros de AVVD eu havia sonhado com uma forte luz em uma mulher, mas eu via Jesus ao mesmo tempo...

Depois de anos eu encontrei a mulher do sonho nos vídeos de AVVD, era a Vassula. A leitura dos livros de AVVD me trouxe alívio, força, paz e entendimento. Débora N.

Com toda a certeza do meu coração e do meu entendimento sei que é Jesus que fala pelo seu Hino de Amor como Ele mesmo chama a Sua mensagem à humanidade. Hoje eu colaboro com a divulgação das Mensagens do Senhor! Eu voltei a frequentar a Igreja Católica Romana e aprendi sobre o amor, sobre Nossa Senhora e sobre os anjos. Passei a entender mais a Bíblia.

Hoje eu participo da Santa Comunhão, Corpo e Sangue de Cristo!!! Sinto-me feliz e só tenho muito a agradecer ao Senhor por Sua Bondade.

Hoje eu entendo Deus!!! A Santíssima Trindade!!! Tento a cada dia ser uma pessoa melhor, a fazer o bem , e sei que ainda há coisas que eu tenho que melhorar, coisas que ainda não consegui, mas estou no caminho! Obrigada, Jesus Cristo, meu Senhor e meu Deus!!!

Débora N. - Campinas-SP

 

 


 

44. A Verdadeira Vida em Deus fez várias coisas na minha vida.

A Verdadeira Vida em Deus fez várias coisas na minha vida: desde as pequenas coisas, como o simples fato de rezar mais, ir mais à Missa, querer participar mais da Igreja, até as grandes, dentre elas, em especial, tinha um medo em olhar para a Sagrada Face de Jesus, a que ilustra a capa de todos os livros de AVVD. Desde pequeno tinha certo receio de olhar, pensava sempre que Ele estava me encarando e isso me dava muito medo, talvez tenha sido por isso que sempre fui mais pro lado de Nossa Senhora. Mas depois que comecei a ler as mensagens, rezar mais e entender um pouco mais do grande Amor que Deus tem por nós, esse medo começou a desaparecer, e hoje , graças a Ele, posso contemplá-Lo sem medo e com a certeza de que Ele está ao meu lado. Além do mais, hoje posso dizer que, felizmente, posso confiar não só em Maria, mas principalmente em Jesus!

Derek Asp Vieira (jovem) - João Pessoa-PB

 

 


 

45. ...comecei a sentir que era DEUS que falava comigo, de um jeito tão paterno...

Sou um dos parcipantes do “GRUPO JOVEM DA ASSOCIAÇÃO AVVD”. Em janeiro de 2008, conheci a espiritualidade de “A VERDADEIRA VIDA EM DEUS”, através de Herberth (coord. do Grupo de Jovens). Ele me falou sobre a espiritualidade e disse quem é Vassula. Ele me deu o Vol. I de AVVD e mostrou as orações diárias que eu deveria fazer antes de começar a ler. Começando assim a rezar aquelas orações e a ler o livro, conforme o tempo ia passando, comecei a sentir que era DEUS que falava comigo, de um jeito tão paterno e tão amável, como a própria Vassula diz.

Quero mostrar com isso que DEUS está mandando o ESPÍRITO SANTO, como nunca mandou antes, sobre esta geração e chamando à conversão.

Em dois anos e meio, JESUS me fez verdadeiramente conhecê-Lo mostrando que o Seu ESPÍRITO SANTO está agindo de forma muito forte. De uma pessoa que não acreditava em DEUS, hoje posso dizer que sou outra pessoa, porque creio em DEUS e sinto que Ele se faz presente em minha vida e digo que não devemos ter vergonha de procurar a nossa santidade, porque é assim que DEUS nos quer e ELE estará comigo diante das dificuldades que eu sentir.

Diego (jovem) - João Pessoa-PB

 

 


 

46. ...fui curado de uma espécie de “dormência” espiritual...

A meditação dos livros de A Verdadeira Vida em Deus levaram-me a um aprofundamento de minha intimidade com Deus. Através dos livros do Senhor Jesus, fui curado de uma espécie de "dormência" espiritual, que é difícil colocar em palavras. Tenho uma parcipação na Renovação Carismática Católica há bastante tempo, bem anterior à meditação dos livros de AVVD. Depois de ter recebido a graça da efusão do Espírito Santo e com a partilha das palavras desses livros, o Senhor Jesus operou ainda mais curas em mim e me levou a ter uma aproximação maior com Ele, que antes eu não tinha. Para mim, os livros de AVVD são a presença real de Cristo (mais uma vez, juntamente com a Santa Eucaristia, a Bíblia) em nossas vidas. São bênçãos de cura, libertação, expansão espiritual no Espírito Santo de Deus, fonte de santidade, armas poderosas no combate contra o mal que vem do maligno e contra tudo aquilo que está em nós mesmos e que representa o mal para nós e para nossos irmãos. A Verdadeira Vida em Deus, pela misericórdia deste nosso Deus, vem nos reunir diante e dentro de Seu Sagrado Coração.

Dulce - Brasil

 

 


 

47. A leitura se tornou uma oração.

Comecei a ler a A Verdadeira Vida em Deus, de Vassula, para descobrir erros na fé. As Mensagens que se referiam àquele que é 'Pedro hoje', eliminaram meus preconceitos. Passaram a fazer-me um bem espiritual imenso. A leitura se tornou uma oração. Uma dimensão mais funda do Amor do Senhor, nosso Deus Uno e Trino. Uma abertura maior para os outros e para o mistério da Comunhão dos Santos.

E. D. C. - Brasil

 

 


 

48. ...descobri que Jesus estava sempre ao meu lado...

Desde muito jovem sempre tive uma afeição pela Igreja, fui batizado e crismado aos 17 anos. Foi uma ótima fase da minha vida em que me aproximei de jovens de Deus, comecei a servir nas Missas tocando violão e cantando. Mas essa fase, algum tempo depois acabou. A separação dos meus pais e vários outros fatores fizeram-me afastar da Igreja e cair nas delícias do mundo. Primeiro, sem perceber, afastei-me da Santa Missa e da Eucaristia, leitura da Bíblia e a oração não mais existia. Minha primeira festa na noite foi aos 18 anos, foi nessas noites que eu conheci a bebida, passei a não respeitar mais a minha castidade, e os anos se passaram e aos poucos senti Deus longe da minha vida. Eu nunca O esqueci. Eu O via em algum lugar, mas não sabia onde. Foi daí que comecei a procurá-Lo em vários lugares, passei a frequentar algumas religiões e seitas para tentar encontrá-Lo, como o espiritismo, esoterismo, protestansmo, entre outros. Foi no momento mais escuro da minha vida, em que parei, e conversei com Jesus clamando por um encontro verdadeiro com Ele, porque não dava mais pra continuar daquela forma. Até que um dia, em setembro de 2008, um amigo do antigo grupo jovem da Igreja me apresentou um livro amarelo com uma bela Face de Jesus chamado “A VERDADEIRA VIDA EM DEUS – Encontros com Jesus”, comecei a ler e entender do que tratava o livro. Eduardo SalustianoA mudança foi imediata, na mesma semana voltei à Santa Missa. Foi através de AVVD, que eu descobri que Jesus estava sempre ao meu lado e eu não percebia. Voltei à minha vida de oração, aprendi o valor de ler as Sagradas Escrituras, da oração do Santo Terço, que antes eu não gostava e, principalmente, amar Nossa Senhora, que o mundo estava me convencendo a não respeitá-La mais. Eu digo com toda propriedade que AVVD salvou a minha vida e tenho certeza de que não estaria aqui escrevendo esse testemunho vivo, feliz, em paz, com saúde e com muita sede de trabalhar para Deus. Hoje eu trabalho na divulgação dessas Mensagens, porque eu acredito que muitas pessoas podem estar da mesma forma que eu estava e podem ser salvas a tempo. Hoje não sou mais EU, somos NÓS!

Em Cristo,

Eduardo Salustiano - João Pessoa-PB

 

 


 

49. ...aprendi o que era o significado real da Eucaristia...

A Verdadeira Vida em Deus foi para mim um manual para entender a Santa Missa. Nos livros de Vassula aprendi o significado real da Eucaristia, a presença de Deus e o significado do sacrifício de Jesus por nós. Graças a isso, a Missa é para mim uma hora cheia de emoções e sentimentos, além de uma admiração profunda na presença do Filho de Deus.

Ehusson - Rio de Janeiro-RJ

 

 


 

50. As Mensagens são um tesouro inesgotável...

A AVVD é uma Obra singular, é como a preparação das núpcias. As Mensagens são um tesouro inesgotável, uma relação muito íntima com nosso Deus de Amor, que não se cansa de falar o quanto nos ama.

A AVVD é, indiscutivelmente, a preparação para a Parusia. Vem, Senhor Jesus!!!

Eliazar - Brasil

 

 


 

51. Ainda bem que temos a eternidade para adorar e agradecer tantas maravilhas.

Quando conheci as Mensagens, passei a ter mais intimidade com Jesus, entendendo melhor Seu Amor por nós e o desejo de ser correspondido. Podendo escutá-Lo a qualquer momento, viver em Sua Presença 24 horas por dia o verdadeiro Céu na terra.

Com Jesus e Nossa Mãezinha, podemos viver sem medo, sem depressão, com segurança e alegria, preparando-nos para os Novos Céus e Nova Terra. Ainda bem que temos a eternidade para adorar e agradecer tantas maravilhas.

Elza - Brasil

 

 


 

52. ...o meu entendimento se aprofundou para melhor fazer a vontade de Deus...

Eu queria ver Deus e saber sobre Ele, quando era criança.

Tive conhecimento da Bíblia na adolescência.

Participando dos Encontros de A Verdadeira Vida em Deus e lendo as Mensagens, o meu entendimento se aprofundou, para melhor fazer a vontade de Deus, rezando com o coração puro.

Recordei as virtudes dos primeiros cristãos que viviam unidos amando a Deus e ao próximo.

Emília Maria Gimenes -Jaraguá do Sul-SC

 

 


 

53. Ele mudou completamente a minha vida e o meu jeito de ser.

A Verdadeira Vida em Deus na minha vida. Nossa! São tantas maravilhas! A cada dia, tenho tomado vinho novo na companhia de Jesus e Maria. No meio de tantas graças recebidas, só tenho louvado, exaltado, bendito e agradecido a Deus pela Sua Presença, por Ele ter me livrado de vários perigos. De ter ouvido o meu clamor através de orações e lágrimas derramadas em meio à dor, mas que, na perseverança e na esperança, veio em meu socorro. Esse Deus a quem eu sirvo, depositei toda a minha vida e tudo o que tenho nas mãos d’Ele. Ele é meu refúgio, a minha fortaleza, o meu refrigério, a fonte de misericórdia e a minha salvação. Ele mudou completamente a minha vida e o meu jeito de ser.

Erika Crisa -Brasil

 

 


 

54. Acredito piamente nos escritos...

Meu testemunho é que tudo, absolutamente tudo que conheço de A Verdadeira Vida em Deus foi através de minha mãe, que amo tanto! Todas as Mensagens dos livros ou do site, ela lê e me fala. DEUS PAI, JESUS, NOSSA SENHORA, SÃO MIGUEL ARCANJO, OS SANTOS... falam comigo através das Mensagens! Como tudo é lindo: JESUS e NOSSA SENHORA, eu os amo de todo coração! ELES são meu sustento, minha força na caminhada e guiam meus passos! Acredito piamente nos escritos, tenho os livros, já li e releio-os sempre que posso. Também, quando posso, falo deles às pessoas. Fiquem com Deus.

Erislaine Prado - Brasil

 

 


 

55. Tive um renascimento para a vida espiritual...

A Verdadeira Vida em Deus, Encontros com Jesus refletiu-se na minha vida e na minha perspectiva de vida. Tive um renascimento para a vida espiritual com uma graça especial de amor à Igreja, ao Papa e sentindo o dever de pedir a Deus por todos os irmãos, qualquer que seja a sua raça, nacionalidade ou religião. Com oração, arrependimento, reconciliação e comunhão frequentes, passei a sentir uma paz e resistência às adversidades que não conhecia, pelo menos há muito tempo! Sinto, sobretudo, um grande desejo de corrigir-me diante de meus defeitos e fraquezas, de amar e respeitar tudo o que Deus criou e sempre contando com um grande auxílio de Jesus, Nossa Senhora, São José e todo o Céu. Então, louvo a Deus e peço a conversão de todos os irmãos e a verdadeira Paz. Um abraço fraterno!

Estela Leite Braga - Brasil

 

 


 

56. É emocionante sentir que Deus, nosso Pai, é verdadeiramente Aquele que nos ama...

A Obra “A Verdadeira Vida em Deus”, um Hino de Amor de Deus para as suas criaturas, deu-me a confirmação e a certeza de que Deus está conosco, a cada momento. É emocionante sentir que Deus, nosso Pai, é verdadeiramente Aquele que nos ama e de forma infinita. Como citado por Jesus em A Verdadeira Vida em Deus, sentimos, a cada página, arder este Amor Divino em nosso coração. Uma Revelação Sua que muito me emocionou está nas frases: “Para salvar uma só alma, Eu mesmo estaria disposto a passar por todo o sacrifício da Minha Paixão e a morrer, outra vez, na Cruz por vós” (não me lembro em que volume se encontra esta frase): “...todos vós Me pertenceis, igualmente, e não vos daria novamente Minha Vida, se Dela necessitásseis?” (AVVD-19 de novembro de 1992). Jesus diz, entre tantas afirmações: “...mostrei Meu Amor por ti, novamente, nesse testemunho...”(AVVD-22 de outubro de 1990).

“...tivesse Eu de voltar apenas por tua causa para redimir-te, sem a menor hesitação Eu viria e repetiria Minha Paixão, somente por tua causa!...” (AVVD-22 de outubro de 1990). E isso quer dizer: Ele passaria por toda a Paixão, de novo, por qualquer um de nós, Seus filhos.

E ainda, na página 119 do volume XI de AVVD, o Senhor diz: “Eu estou do teu lado...” (AVVD-25 de abril de 1999). Ele está sempre ao nosso lado. É preciso entender esta maravilha. O olhar de Deus está sobre cada um de nós. E Ele nos pede, com humildade, a reciprocidade: “...teu Senhor Deus deseja de ti igualdade de Amor...” (AVVD-25 de abril de 1999).Eunice Khoury Pacelli É impossível mantermos a mesma letargia, em relação a Deus, se descobrirmos este tesouro, em suas palavras, em seus manifestos de amor, repetidos inúmeras vezes, ao longo dos 12 volumes de AVVD, e ao constatarmos que Deus está ansioso em nos resgatar, provando o quanto somos valiosos para Ele. A Obra A Verdadeira Vida em Deus tem o poder didático de fazer-nos lembrar das Escrituras, vivenciá-las, tocá-las, transformá-las na realidade do nosso dia a dia. Seus frutos são incalculáveis. Companheira de cada minuto de nossas vidas, fonte inesgotável do Amor Divino, exemplo perfeito de como devemos agir. Sentimos Deus junto a nós, sentimo-nos amados e protegidos.

Já obtive muitas respostas, sempre meigas, nos momentos em que necessitava de uma Resposta Sua. Bastava abrir um dos livros e a leitura era exatamente a resposta ao que eu solicitara. Essas Mensagens nos ensinam a viver, tendo Cristo em nosso coração, em nosso dia a dia, tendo Cristo como exemplo, vendo Cristo em cada irmão. Leio e releio as Mensagens, sempre à minha cabeceira, e não me canso de relê-las, sempre descobrindo algo mais. Vivo no Seu abraço amoroso e protetor. Jesus está sempre ao meu lado e ao seu lado, igualmente. Leia A Verdadeira Vida em Deus e confirme esta alegria. Graças à Obra A Verdadeira Vida em Deus, minha fé se solidificou, sei que Jesus está sempre comigo, tenho confiança e nada temo. Agradeço à Vassula por ter aceitado ser a porta-voz de Nosso Senhor.

Eunice Khoury Pacelli - Rio de Janeiro-RJ

 

 


 

57. Eu fiquei estupefata por Jesus estar a Se comunicar conosco nos nossos dias!

Há vinte anos, em pleno trabalho, senti-me mal e fui levada para um hospital onde permaneci durante duas semanas. (Jesus retirou-me para o deserto)

Quando me dirigia para este local, dispus-me determinantemente a não falar com ninguém e dizia para comigo: “Que ninguém se aproxime de mim, pois não vou falar com quem não conheço e nem quero conhecer...”. E continuava: “Não faz sentido, é até uma falta de educação começarmos com grandes ‘cavaqueiras’ (conversas informais) com quem não conhecemos. Portanto, que ninguém se atreva, pois eu estou disposta até a tratar mal quem ousar fazê-lo”.

Ao chegar, meteram-me numa enfermaria onde já lá estava uma pessoa jovem de rosto muito lindo. Logo ela se aproximou de mim, com muita dificuldade, ajudada por canadianas (muletas de metal), com um livro debaixo do braço e toda sorridente. Cumprimentou-me, apresentou-se e quis saber quem eu era. Como eu fiquei visivelmente mal disposta, ela não fez esperar o remédio para o meu mal. Entregou-me o dito livro e disse: “Leia! Aqui estão mensagens atuais de Jesus e Nossa Senhora que lhe vão fazer bem!”. Então, ouço uma voz dentro de mim: “Charlatarias! Outra santa da Ladeira” (umas falsas aparições que o inimigo engendrou para desacreditar todas as manifestações divinas verdadeiras). E de pronto lhe respondi: “Não, não quero, muito obrigada”. Ela insistiu e ali se travou uma violenta batalha entre nós!

Mas ela não desistiu e não se intimidou com a minha recusa! Foi muito forte! Não vacilou e muito menos me disse como eu diria “bem, fica aqui o livro para quando quiser ler!”. Não, obrigou-me a ver do que se tratava naquele exato momento (primeiro dia, primeiro encontro, primeiro contato) (Jesus não podia esperar). Portanto, ela, literalmente falando, obrigou-me a ler a AVVD.

Aqui cai por terra a teoria de que não se deve obrigar ninguém a ler. Bendita hora em que o fizeram comigo!

Outro aspecto eu quero salientar: reparem na influência do adversário. Ele preparou-me para eu não ter acesso à "CARTA DE AMOR PARA A HUMANIDADE" do nosso Deus.

Para grande alegria da minha mensageira eu li e reli uma série de livros que ela tinha na posse dela. Mas eu chorava muito, queria ler e não podia, pois as lágrimas impediam-me de fazê-lo. E aquele anjo que estava ao pé de mim, não tinha mais rosto para sorrir! Glórias ao Senhor!

O que mais me surpreendeu nesta Obra foi a presença real de Jesus e Nossa Senhora naquelas palavras! Eu fiquei estupefata por Jesus estar a comunicar conosco nos nossos dias! E que palavras tão lindas! Meu Deus! Uma ficou gravadíssima no meu coração: "Estais cansados? Ponde-vos às minhas costas! Eu vos levo!”. Lindo, lindo, lindo! Glórias ao Senhor!"

Quando regressei a casa, apressadamente mostrei ao meu marido aquela maravilha. Resposta: recusa total! (Uma montanha para ser deslocada!)

No dia seguinte, fui comprar uma Bíblia, um terço e procurar um padre para me confessar. Glórias ao Senhor!

Depois, quis passar a Mensagem a toda gente, inclusive às minhas clientes (salão de beleza, minha atividade na época). Resultado? Ficaram ofendidas e foram abandonando uma a uma os meus serviços. Fui obrigada a fechar o meu negócio, fui inspirada a fazer um curso superior e hoje me sirvo dele para evangelizar. Glórias ao Senhor!

Mas nem todas as sementes ali lançadas se perderam! Uma germinou! Chama-se Estela, professora do ensino secundário que passada uma semana de ter um livro em suas mãos, ela procurou-me para eu lhe arranjar um sacerdote para ir à confissão. Pediu ajuda para fazê-lo, pois desde criança que não se confessava e a partir daí deu uma volta de 360º à sua vida: passou a ajudar na paróquia, principalmente na catequese e na decoração da Igreja (é artista plástica). Batizou a filha de 10 anos e cada vez mais a Estela se santifica. Glórias ao Senhor!

Procurei um grupo de oração do qual comecei a fazer parte e logo falei de Vassula, mas fui brutalmente silenciada. (A líder do grupo passou a sofrer de cancro no pulmão).

A minha trajetória continua. Assim falei a um casal amigo e às minhas irmãs, todos nós com filhos adolescentes, e toda gente recusou e desprezou. Quando os nossos filhos se tornam jovens surgem os problemas! Tal como Jesus diz em AVVD: "Se não vos arrependeis e não vos voltai para mim, precipitai-vos no abismo", e foi exatamente o que aconteceu. Devido à incredulidade e à troça que fizeram da palavra do Senhor, comemos "o pão que o diabo amassou". Estamos agora a recompor-nos pela Misericórdia de Jesus.

Mas a Estela e a Maria de Lourdes (uma amiga que conheceu e aceitou a Obra antes de mim, tive conhecimento depois), também com filhos da idade dos nossos, não sofreram desses desgostos! Glórias ao Senhor! Termino, pedindo a Bênção de Jesus para todos nós.

Felismina Fernandes Nogueira Giestas - Portugal

 

 


 

58. Fez-me também conhecer um Deus justo e de infinita misericórdia.

A Verdadeira Vida em Deus me fez sentir o amor imenso de um Deus Vivo! Aquele que está sempre junto de nós, que sabe cada detalhe de nossa vida, de nossas angústias e que se interessa por cada um desses detalhes. Fez-me também conhecer um Deus justo e de infinita misericórdia. Um Deus que nos ama apaixonadamente e quer que vivamos a eternidade junto d’Ele.

Flavia Vasconcelos - Brasil

 

 


 

59. ...resultou num grande avanço em minha fé...

A Verdadeira Vida em Deus foi apresentada a mim por Lêda Beatriz Parente, em 2004, o que resultou num grande avanço em minha fé, sobretudo no tocante à presença forte de Jesus nos comunicando o Seu Bálsamo de grande Amor e Misericórdia, em época contemporânea. Conheci muitas pessoas de intensa caminhada e maduras na fé, que são joias de Deus.

O ponto forte, para mim, são os grandes avanços ecumênicos, que permitiram a comunhão na diversidade de dons e dogmas, mundo afora. A docilidade como Jesus trata a Vassula, que é um modelo para todos nós, seus filhos. E percebermos o quanto Ele tem para nos dar, se verdadeiramente nos aproximamos do Amor, que é sopro de vida e de amor de Deus para com todos.

O Senhor tem passado em nossas vidas, observando as melhorias, mudanças e acertos espirituais em nossos corações. A cada tempo é um novo tempo de convergência para Jesus e Sua Palavra que nos transforma, anima e envia-nos a boa semente para, no nosso caminhar diário, sermos bons semeadores. É muito bom olharmos os canteiros do Senhor, por onde um dia passaremos. É muito lindo ver uma flor se abrir sorrindo para nós. Do aprendiz de Zaqueu e filho consagrado a Nossa Senhora.

Geraldo - Brasil

 

 


 

60. Eu sou Batista, nasci, cresci e ainda sou.

Tem sido algo maravilhoso saber que a interpretação da Bíblia através destas Mensagens vem somente de Deus, não do homem, assim elas são precisas e confiáveis. Não é uma melhor dedução. Isto me traz paz.

Eu sou Batista, nasci, cresci e ainda sou. Naturalmente, isto significou uma falta de entendimento sobre o valor que nossa Mãe Maria tem em nossas vidas, na vida de Deus e no universo como um todo. Eu tenho tido experiências maravilhosas, aprendendo a rezar o rosário, desde sentir o Seu Sofrimento e Agonia, até sentir Sua Glória.

Finalmente, e naturalmente, deixando o melhor para o final, quão Grandioso, Maravilhoso Ele é! Quando fui introduzida nas Mensagens pela primeira vez, não foi pela minha escolha. No entanto, uma vez introduzida, sabia que tinha que ir mais fundo e procurar se havia algum mérito nestas "Mensagens de Deus". Antes mesmo que eu tocasse o livro, eu passei semanas rezando por uma direção. Finalmente, Deus me deu a paz guiando-me ao Salmo 20. Algo me dizia para ler com fé. E assim tem sido; tendo Deus como guia desde o primeiro passo quando abri o primeiro livro, até sentindo-me cada vez mais próxima d’Ele a cada página que avanço. Quão Grande e Maravilhoso Ele é! Eu estou verdadeiramente extasiada com as Bênçãos de Deus através destas Mensagens, e agradecida por ter tido a oportunidade em conhecê-LO de uma forma que nunca pensei que fosse possível. Eu sou ainda o que chamo de um "bebê AVVD", mas estou aprendendo e crescendo. Obrigada pela chance de partilhar sobre este crescimento.

Gina - Brasil

 

 


 

61. Hoje eu garanto que sou uma pessoa nova e feliz...

Eu comecei a ler a Obra e o meu coração ficou queimando e sentindo como DEUS me ama e como Ele é amoroso e próximo de mim.

A partir daí, decidi me aprofundar mais nas orações e sentir cada vez mais a ação do ESPÍRITO SANTO em minha vida. Hoje eu garanto que sou uma pessoa nova e feliz, pois a minha alegria verdadeira está em JESUS...

Ele é o meu REI e SENHOR de todo o Universo...

JESUS é quem nós buscamos durante toda a nossa vida...

Não busquem alegria e felicidade fora de DEUS, pois é impossível... A VIDA está em DEUS, somente.

Sem DEUS somos mortos, literalmente...

Graziela - São Paulo-SP

 

 


 

62. ...ajuda-me a ter esperança e confiança total no Pai do Céu...

Graziela RuganiA Verdadeira Vida em Deus: Obra maravilhosa que tem contribuído para uma maior aproximação de meu coração com Deus e com dons que Ele derrama sobre nós. E, ainda, ajuda-me a ter esperança e confiança total no Pai do Céu e saber que Ele providencia todas as coisas. Através dessa Obra sou impulsionada a levar JESUS e Suas profecias a todos que eu puder. Amém.

 

 

 

 

 

 

Graziela Rugani -Brasil

 

 


 

63. ...percebi que elas foram me levando para a Bíblia.

Comecei a participar da Igreja aos 17 anos, quando fui crismado. A partir daí, fui me envolvendo na vida comunitária da minha Paróquia, através do grupo de jovens. Apesar de ter uma vida bem normal, dedicada à família, aos estudos e à Igreja, ainda era muito superficial com relação à Fé. Não me confessava, não tinha muito interesse em ir à Missa, muitas vezes reclamava do padre quando falava um pouco mais na homilia, não tinha nenhuma familiaridade com a Bíblia. Mesmo assim, coordenava o grupo de jovens!

Penso que foi uma grande Graça de Deus ter feito com que as Mensagens de Jesus chegassem até mim. Foi através das Mensagens de A Verdadeira Vida em Deus que comecei a enxergar a Igreja com outros olhos e compreender que EU sou Igreja. Eu comecei a devorar (no bom sendo) as Mensagens e percebi que elas foram me levando para a Bíblia. Comecei a descobrir as Sagradas Escrituras. Na Missa, passei a achar ruim quando o padre fazia a homilia muito rápida, porque ouvir falar de Deus, ouvir explicações sobre as leituras tornou-se algo extremamente prazeroso. Agora eu compreendia o que o padre falava! Muitas vezes eu e meus amigos, que conhecem as Mensagens, dizíamos: “O padre está falando tudo o que Jesus falou para nós por meio de Vassula!”.

Herberth Silva AcioliFoi através das Mensagens de A Verdadeira Vida em Deus que percebi como Jesus faz questão que busquemos os Sacramentos. E eu, antes, não imaginava isso! Um mundo novo se abriu para mim: o mundo espiritual.

Aprendi, ainda, com as Mensagens, a importância de estar em unidade com o Santo Padre. Ele, de fato, é o Vigário de Cristo na terra. Agrada muito a Jesus que o obedeçamos, assim como toda a Doutrina e o Magistério.

Por causa da forma como Jesus fala de Sua Mãe, me apaixonei ainda mais por Ela! Lembro que, antes de conhecer as Mensagens, cheguei ao ponto de quase considerá-La uma simples mulher. Quanta ignorância!

Por isso, considero uma Grande Graça Providencial ter conhecido A Verdadeira Vida em Deus. Essas Mensagens foram o instrumento que Deus usou para me aproximar ainda mais d’Ele. Hoje, sou muito mais feliz porque sei, de fato, e não porque alguém me disse, mas porque experimentei com AVVD que tenho um Pai.

Herberth Silva Acioli (jovem) - João Pessoa-PB

 

 


 

64. ...é a Palavra de Deus, que em mim cresceu.

O que A Verdadeira Vida em Deusfez na sua vida?

A Verdadeira Vida em Deus

É a Palavra de Deus

Que em mim Cresceu

E o céu Desceu

Rios de Água Viva alegram a Cidade de Deus

Dizia o Salmista sobre a Jerusalém do Céu

Nada posso acrescentar do que não é meu

Pois Ela desceu como chuva de palavra e os frutos pretendidos pelo nosso Deus

Cabe ao homem escolher seu Destino

A Razão ajuda a entender a Justiça

Então não poderá dizer que não pode encontrar o Amor

Busca-se muita coisa fora da Luz

O homem tem sede de muita coisa

Menos da Cruz de Deus.

Humberto - Brasília-DF

 

 


 

65. ...tenho um Pai Celestial.

Meu primeiro contato com A Verdadeira Vida em Deus foi em 1994, no Mosteiro de São Bento, em São Paulo, onde fazia uma experiência de postulante à vida monástica. Na época, um irmão me deu o segundo volume das Mensagens impressas. De início não dei muita importância, mas após assistir o testemunho da Vassula num programa televisivo de entrevistas, eu me senti tocado e passei a ler as Mensagens em ordem cronológica, em minhas orações matinais. ItamarEmbora minha família seja de educação católica rígida e tradicional, sempre passei por muitas crises e dúvidas de fé, tendo buscado respostas em outras filosofias e tradições espirituais que, com o tempo, estavam sufocando o meu espírito. E foi sempre na leitura contemplativa das Mensagens de A Verdadeira Vida em Deus que eu encontrava a Paz interior de que preciso. Lenta e progressivamente, sem que eu percebesse, Deus ia me conduzindo pela sua Pedagogia Divina, a uma “Verdadeira Vida em Deus”. Já estou terminando a minha segunda leitura completa das Mensagens e, ainda, em cada leitura, o amor inefável de Deus se manifesta. E se exissse uma maneira de eu resumir a minha experiência com as Mensagens de A Verdadeira Vida em Deus, seria esta: Elas me conduziram à consciência de que tenho um Pai Celestial que me Ama e quer um relacionamento íntimo comigo.

 

 

Itamar - Palotina-PR

 

 


 

66. Fui tangida, com as cordas de um amor infinito...

Glória a Deus! Louvado seja o Nome de Nosso Senhor Jesus Cristo!

Testemunho o amor sem limites, que me envolveu e me resgatou, ao me fazer encontrar, acidentalmente, um dos livros de A Verdadeira Vida em Deus. Um acaso que revela a deliciosa condescendência e inesperada providência divinas.

Nasci em uma família católica. Fui batizada com poucos dias de nascida e crismada na infância. Cresci praticando o catolicismo, engajada em movimentos da Igreja, mas não cheguei a entender direito quem é Deus e nem a imensidão do Seu Amor. Ninguém foi capaz de me fazer entender.

Abandonei a Igreja ao me formar em Medicina. Sua doutrina não me era suficiente para explicar a grande questão do sofrimento e miséria humanos e fui beber em outras fontes. Após onze anos, durante os quais estudei todas as obras de Alan Kardec, Léon Denis e outras mais, abracei o espirismo kardecista e acreditava que só a teoria da reencarnação podia responder, com lógica, à questão do sofrimento das criaturas racionais. Estava definivamente perdida para a Igreja Católica. Era uma filha que se foi e não desejava retornar a sua casa. Cria ter encontrado algo superior.

Mas, eis que o Amor e a Misericórdia se debruçaram sobre a ovelha perdida para fazê-la retornar ao redil. Fui tangida, com as cordas de um amor infinito e uma paciência sem limites, a compreender meu erro capital. Que cordas milagrosas foram essas, capazes de mudar um entendimento que não buscava ser mudado? Ah, meu Deus, foram as cordas que dedilhastes, cantando uma música jamais ouvida por tua ovelha. Uma música que me falava de um amor tão grande e incompreensível, cantada por uma voz que reconheci imediatamente: a voz do meu pastor! Senti-me abraçada, amada e cuidada, o que jogou por terra minhas convicções e me fez exclamar: “Meu Jesus, eu reconheço Tua Voz, sois o meu Deus, que saudades tenho de Ti, eu Vos amo! Faz comigo o que quiseres e se queres que eu volte à Igreja católica, eu volto! Apenas tira de mim aquilo que não for Teu. Sabes que acredito em reencarnação e não posso mudar isto. Conheces meu coração, muda tudo o que não for Teu, Senhor. Eu só quero a Tua Verdade”. E Ele mudou.

Que música era esta, capaz de encantar e virar um coração rebelde e fazê-lo reconhecer a Igreja como sua Mãe e Mestra? De fazê-lo chorar de arrependimento por tê-la abandonado? Um poema que só poderia ser cantado pela boca de Deus: os Escritos de A Verdadeira Vida em Deus. Esses escritos foram capazes de fazer o que era impossível a qualquer criatura humana. Trouxeram de volta ao redil uma ovelha renitente, que se comprazia em comer grama seca e beber lama, calçada no orgulho humano de querer entender e explicar o bem e o mal.

Glória a Deus, que restaura a força dos fracos, cura os doentes, solta os presos, dá vista aos cegos e recolhe os transviados desta nossa geração adúltera através de A Verdadeira Vida em Deus!

Izaura Rodrigues Bento Torres - Goiânia-GO

 

 


 

67. ...me fez sair de mim mesma e ir ao encontro dos irmãozinhos perdidos.

Foi em 2005, quando morava em Goiânia, que conheci as Mensagens de Jesus em AVVD. Eu tinha acabado de fazer uma novena a Nossa Senhora das Graças, quando recebi um convite para uma reunião. Nem precisei abrir o livro para acreditar que era do Senhor, talvez porque Nossa Senhora tivesse me preparado antes, intercedendo para que Deus me concedesse este dom. Quando comecei a ler, graças e mais graças começaram a acontecer. Tornei-me uma voluntária na Beth Miriam de Goiânia e iniciei um grupo de oração nas casas, e as graças aumentaram.

Deus providenciava tudo o que eu precisava, era incrível. Até que, no final de 2006, minha mãe adoeceu e faleceu após 4 meses de intenso sofrimento. Deus me mostrou claramente que ela foi direto para o céu, pelos seus méritos, mas também por Ele ser tão bom para mim, sempre. Também acredito que Ele estaria me recompensando pela minha dedicação aos trabalhos de AVVD e pela minha entrega a Ele em relação à doença de minha mãe, aceitando a Sua plena vontade de levá-la. Porém, mesmo assim, eu desanimei depois da morte dela. Comecei a achar que a Verdadeira Vida em Deus não era pra mim e desisti da Beth Miriam e do grupo de oração, não perseverei, perdi as forças. Anos mais tarde, em 2011, Deus providenciou para que eu viesse para São Paulo e, aqui, eu senti que precisava de libertação e comecei a ler a Oração de Arrependimento (oração ditada por Jesus à Vassula, (AVVD -13 de novembro de 2006), todos os dias. Queria ser curada e libertada de todos os meus pecados, de todos os meus desequilíbrios; vi-me diante de um Deus que estava me chamando a uma mudança de vida. Resolvi me consagrar a Deus na Comunidade Canção Nova, mas Ele me disse: "Não, Eu te quero trabalhando pelas Mensagens de AVVD." A minha vida fez um giro de 180 graus. Recomecei a ler as Mensagens e mergulhei fundo nelas, sabendo que ali estava o que eu procurara a vida inteira: fazer a minha morada no Coração do Senhor.Jane Estela Carlos Eu procurava e pedia um esposo, mas não era por isso que a minha alma tanto ansiava. Ele me mostrou, então, que naquela novena em Goiânia em 2005, o Esposo que eu pedia, na verdade era Ele. E em AVVD, Ele mudou da sala de visitas para o meu quarto, isto é, o meu coração. Ele se tornou o Esposo de minha alma e a nossa intimidade espiritual se concrezou. Eu conheci o Seu Sagrado Coração e entrei n’Ele. E Ele me deu força, confiança e coragem para levá-Lo, através das Mensagens de AVVD, aos pobres, mendigos e abandonados nas ruas. Ele me deu forças para ir aos lugares onde ninguém mais queria ir, porém, onde as pessoas mais precisavam d’Ele. Ele me fez sair de mim mesma e ir ao encontro dos irmãozinhos perdidos. Ele me deu Vida Nova, Ele me ungiu com o Seu Espírito de Amor e Poder. De uma pessoa tímida e totalmente incapaz, sem coragem para evangelizar, Ele me transformou em um instrumento do Seu Hino de Amor.

Jane Estela Carlos - São Paulo-SP

 

 


 

68. Nunca mais parei de ler e ouvir o Senhor através do Seu Hino de Amor.

Mesmo caminhando na fé e tendo várias oportunidades de experimentar o Amor de Deus, eu tinha muita dificuldade para ouvir a sua voz. Foi lendo AVVD que tive a feliz experiência de que Deus realmente falava comigo e me chamava a uma maior intimidade com Ele.

Januária Maria PinheiroComo aconteceu o meu primeiro contato com AVVD?

Estava vivendo uma situação difícil no ambiente de trabalho. Num momento de aflição, por impulso, puxei um livro qualquer na estante atrás de mim e me deparei com o livro n° 01 de AVVD.

Na página que abri Jesus falava das dificuldades que eu estava vivendo e me indicava soluções para superar aquela situação.

Nunca mais parei de ler e ouvir o Senhor através do Seu Hino de Amor.

Entre outras maneiras de divulgá¬lo aos irmãos, gosto de deixá-lo em bibliotecas e até mesmo nas estantes de livros existentes em algumas paradas de ônibus, aqui em Brasília, onde resido.

Faço-o em oração, na certeza de que o Senhor age e realizará maravilhas, assim como realizou em minha vida.

Obrigada, meu Deus. Nós!

 

Januária Maria Pinheiro - Brasília-DF

 

 


 

69. O Espírito Santo ia abrindo meu coração para um verdadeiro arrependimento...

Deus, na Sua Misericórdia, já me fez experimentar Seu grande Amor de muitas formas, na minha vida e na parcipação na vida da Igreja. Mas, na minha pequenez e no meu nada, não correspondi a tão grandes graças vivendo a Sua Vontade. Mas Jesus e Sua Mãe Santíssima, carinhosamente, não desistem de mim e insistem em oferecer-me novas oportunidades.

As Mensagens de A Verdadeira Vida em Deus chegaram-me há vinte anos, por minha filha primogênita de seis filhos, recomendadas por uma amiga.

Eu ansiava por ter uma intimidade profunda com Deus, mas, embora O reconhecendo como um Pai Amoroso, não abria meu coração a Ele.

Através da leitura das Mensagens de AVVD comecei a vislumbrar a possibilidade de alcançar o que o meu coração desejava e que Jesus me oferecia.

Comecei a ler, mas as dúvidas persistiam se essas mensagens vinham verdadeiramente de Deus, por causa da minha formação em Filosofia e Teologia. Duvidava muito por causa do meu racionalismo.

Por três anos, li os livros pedindo ao Espírito Santo sabedoria e discernimento.

Reconhecia nos livros a linguagem e o modo de agir de Deus Pai e de Jesus, semelhantes aos escritos da Sagrada Escritura, em especial, nos Evangelhos e no Livro Cântico dos Cânticos.

Era uma linguagem tão terna e adocicada às quais eu não estava acostumada, e não compreendia a doçura do amor puro e intenso de Jesus, pela conquista e salvação de cada alma. Mas usando para julgar o critério de Jesus no Evangelho de São Lucas 6, 44 “Cada árvore se conhece por seus frutos”, comecei a observar tudo o que se referia à AVVD.

Observei Vassula em São Paulo, Brasília e Belo Horizonte. Participei de Grupos de Oração de AVVD, Retiros, Peregrinações e lia diariamente as Mensagens. O Espírito ia abrindo meu coração para um verdadeiro arrependimento com uma luz e uma fé sem igual.

Jesus insisa em dizer-me (eu tirava o nome de Vassula e punha o meu): “...desejei essa proximidade Comigo desde o início dos tempos; e, desde toda eternidade, desejei que Me amassem e Me adorassem, seu Deus...” (AVVD-28 de julho de 1989). Tudo me fazia acreditar que as Mensagens só podiam vir de Deus, pois os frutos de conversão a Deus e à Igreja eram abundantes, apesar da fragilidade humana.

Joanna d´Arc Lima TorresAssim, experimentei também uma intimidade profunda com Jesus. Hoje me sinto mais amada por Deus, temos um diálogo de Coração a coração e vivemos como amigos, reconhecendo, no entanto, que Ele é Santo e que eu sou pecadora, mas muito amada.

A espiritualidade de AVVD trinitária, cristocêntrica, eucarística, bíblica, ecumênica, mariana tem contribuído para meu crescimento espiritual e maturidade no vencer as tribulações, apesar de minha fraqueza, pecado e erro, ensinando-me a pagar o mal com o bem, por amor.

Também tive a graça de ver a Face de Jesus no rosto de Vassula, numa apresentação dela em nossa cidade. Foi uma graça que recebi para aumentar a minha fé na ação de Deus.

Assim, também, reconheciam verdadeiras as Mensagens de AVVD, o Cardeal Dom Falcão e o Bispo Dom Terra, com quem eu conversava em Brasília, e nada encontraram em desacordo com os ensinamentos da Igreja e nenhuma heresia.

Agradeço infinitamente à Santíssima Trindade, que por meio da fragilidade da Mensageira Vassula, veio nos nossos tempos entregar os Tesouros do Sagrado Coração de Jesus, unidos ao Imaculado Coração de Maria, para Unidade da Igreja e salvação da humanidade.

Tenho procurado, à medida que posso, com amor, oração e serviço humilde, juntos com outros leitores de AVVD, divulgar por vários meios as Mensagens de AVVD a todos os quem têm a graça de crer, e também na ajuda aos irmãos carentes por meio das Beth Myriam, tudo para glória de Deus.

Joanna d’Arc Lima Torres - Brasília-DF

 

 


 

70. ...era instrutor de esoterismo...

Quando Vassula esteve aqui em Campinas/SP, aconteceu realmente uma reviravolta em minha vida. Confirmou-se para mim que a Igreja Católica é um verdadeiro caminho para Deus. Neste período eu estava retornando novamente à Igreja, depois de ter passado desde a minha primeira comunhão (aos 10 anos) até 1997 afastado. Meu caminho estava muito longe, era instrutor de esoterismo em uma comunidade chamada Movimento Gnóstico Universal do Brasil, e estudava esoterismo a fundo e praticava intensamente tudo o que tinha aprendido. Também nesse período tomava o daime, chá feito de raízes alucinógenas na Amazônia. Encontrei o livro da Vassula num dia em que fui cortar o cabelo. Durante a hora que lá estive, o livro me impressionou e quis saber de onde tinha vindo, pois após uma vida procurando respostas no esoterismo, encontrei algo que era diferente, nunca tinha visto. A questão era: Deus fala com os homens? Comprei um livro igual e devorei, e, como trabalhava com o público, mantinha o livro comigo o tempo todo. Naquela semana, encontrei uma pessoa que me disse que tinha ido numa uma casa que estava cheia desse livro, pois a capa é marcante. Ela me deu o telefone e imediatamente liguei; a pessoa que me atendeu confirmou dizendo que, se quisesse saber mais, poderia ir até sua casa. Fui à mesma hora. Essa pessoa é a F.S., responsável pela divulgação do livro da Vassula em Campinas, e que ela estaria em Campinas, dia 12 de outubro, dentro de uma semana. Fiquei pasmado, larguei o meu trabalho para ajudar a organizar o encontro que seria na Escola de Cadetes. Durante o dia ajudei a organizar o evento e, no final, houve um encontro com a Vassula em que ela abençoou todos. Nunca tinha sentido algo tão extraordinário na minha vida. Depois disso, ocorreu uma transformação comigo: hoje sou ministro da Eucaristia, da palavra, das exéquias e desde então, prego em um grupo de oração em que minha mãe participava. Deus transformou a minha vida, deu-me novos rumos profissionais e espirituais. Atualmente acompanho tudo o que se relaciona à Vassula e ao que Deus tem para nos dizer.

João Marcos - Campinas-SP

 

 


 

71. ...como auxílio das Mensagens compreendo melhor a Sagrada Escritura.

A Verdadeira Vida em Deus deu-me uma fé mais esclarecida. Constato que, com o auxílio das Mensagens, compreendo melhor a Sagrada Escritura. Tal como Jesus diz à Vassula: “...as Mensagens que Meu Espírito derrama sobre cada nação, não são meramente palavras, elas são Espírito e elas são Vida...” (AVVD-24 de janeiro de 1991), “...é pela Luz do Espírito Santo que (...) tudo o que então parecia mistérios impenetráveis nas Escrituras, e selados, se tornará cognoscível e claro...” (AVVD-13 de novembro de 2001). Elas são um Novo Pão espiritual: o Maná escondido com o qual hoje Deus nos alimenta à saciedade. É a Voz do Espírito Santo, “o Constante “Recordador” de Minha Palavra” (AVVD-06 de julho de 1990).

As Mensagens são a realização prática da profecia do profeta Isaías que diz: "O deserto será atravessado por um caminho que se chamará Caminho Sagrado; nenhum ser impuro passará por ele, e os que o não conhece não se perderão." (Is 35, 8). Não se perderão porque, diz Jesus em AVVD-10 de outubro de 1990: “...envio-vos, antes de Mim, Minha Mãe, para abrir uma estrada larga e nivelá-la, nesse deserto...”. E ainda: “...em verdade vos digo, nos covis onde os chacais vivem, em breve, haverá uma estrada imaculada, que será chamada Via Sacra; os impuros não passarão por ela...” (AVVD-06 de julho de 1990). Ou ainda: “...em breve, traçarei uma estrada imaculada e a chamarei: Via Sacra; que vos conduzirá a um Tabernáculo aberto; (...) sim, Eu mostrarei Meu Conhecimento (as Mensagens) nessa estrada e levantarei marcos para vos conduzir a ela...” (Sua Luz) (AVVD-08 de julho de 1990). O profeta Isaías diz que é um caminho desconhecido, mas Jesus porá nele pontos de referência para que ninguém se perca... Aleluia: "O Amor virá a nós como AMOR". Saudações a todos os que amam a VERDADE.

Joaquim Bras - Portugal

 

 


 

72. AVVD é uma enorme graça para os nossos tempos.

AVVD é uma enorme graça para os nossos tempos. Nós facilmente esquecemos as graças que foram recebidas nas Mensagens. Este é o maná escondido reservado para os nossos tempos. Eu, por exemplo, sei que sem AVVD eu não teria sido batizado, nem jamais teria alcançado uma devoção eucarística na Igreja. Mais do que isso: eu sinto AVVD como um alimento para minha alma, um alimento de que eu necessito desesperadamente para encontrar DEUS e ser capaz de focar no amor a Cristo.

Eu jamais teria esse pensamento tão forte dentro de mim, até para tentar amar Jesus e o Pai, sem AVVD. A partir desse esforço para amar nosso Criador, é como se minha alma fosse capaz de respirar, e é o poder das mensagens em si que me trazem esta respiração - esta inspiração.

Jonathan Kosoy - Brasil

 

 


 

73. Nunca, nestas Mensagens, fiquei sem respostas.

A Verdadeira Vida em Deus tornou-se como um elo, que liga e interliga os dias em minha vida, desde que a conheci em 2006. Mas, desde 2009, não fico um dia sem abrir a mensagem diária, pois, nestas Mensagens, muitas vezes o Senhor vem direto a mim. Pois, mesmo buscando minha conversão diária, o inimigo tem me infligido duros golpes e Jesus sempre se mostra presente em minhas lutas. Nunca, nestas Mensagens, fiquei sem respostas.

José Aparecido Silva - Brasil

 

 


 

74. ...abracei, com coragem, as Mensagens...

Há mais de trinta anos, divulgamos no Brasil a revista “Anunciai a Boa Nova”, editada em Portugal, e que traz, dentre outras, as Mensagens de Nossa Senhora Rainha da Paz, em Medjugorje, e aquelas ditadas por Jesus à Vassula. Em casa, o Grupo de Oração Rainha da Paz reunia-se para rezar e meditar as Mensagens da revista, mas o carisma do grupo era Medjugorje e eu não permitia que falassem de Vassula ou de A Verdadeira Vida em Deus. Distribuí mais de 80 mil livros com Mensagens de Nossa Senhora; trouxe sacerdotes e até Maria, uma das videntes, para falar das Aparições. No entanto, um problema ligado à venda desses livros provocou um desentendimento com um amigo bispo e desisti de divulgações que envolvessem dinheiro.

Três meses depois, fui a Portugal, onde moravam os amigos Pe. Milheiros, Irmã Isabel e Irmã Julinha, fundadores das Edições Boa Nova. Ao me ver, Pe. Milheiros exclamou: “É você quem vai divulgar os livros de AVVD no Brasil!”. Recusei. O padre não retrucou, mas disse: “Jesus está falando para nós, hoje. Como podemos virar-Lhe as costas?”.

Dentro de mim começava uma batalha. Via o amor daquele sacerdote e sentia Jesus a me implorar ajuda, mas não queria aquela tarefa. Voltando novamente a Portugal, Pe. Milheiros ordenou-me: “Leve os volumes I e II, leia-os, depois venha e me dê sua impressão”. Li os livros, mas não mudei de opinião. O Pe. Milheiros me surpreendeu de novo. Levou-me à sua biblioteca, pegou cópias de documentos do Concílio Vacano II e, sem pressa, esclareceu todas as minhas dúvidas. Depois, disse: “Vassula é mesmo um presente de Deus e Jesus fala com ela. Estivemos juntos na Suíça e ela me disse que Jesus queria que eu divulgasse as Mensagens em outro país de língua portuguesa, além de Portugal. Disse também que já escolhera a pessoa que iria divulgá-Las”. José Beneval RosaEm seguida, com autoridade, acrescentou: “Tu és livre. Faça o que quiseres. Diga ‘sim’ para Jesus, ou, se preferir, diga ‘sim’ para Satanás”. “Não tenho dinheiro” – ponderei, mas, ele perguntou: “Não tens nenhum imóvel?”. Eu tinha um terreno na praia. Pe. Milheiros, então, determinou: “Venda essa porcaria e edite os livros!”. Retornando ao Brasil, coloquei o terreno à venda e comecei a pesquisar orçamentos. A partir daí, começava uma série de provações, em que momentos de aflição e de sucesso parcial se alternavam, até que, finalmente, sem vender o terreno, veio a Providência do Alto: consegui a editora e o dinheiro necessário para cobrir os gastos com a edição.

Os pedidos se mulplicavam e nunca faltou dinheiro para cumprir os compromissos. Eu via os milagres, mas meu coração ainda estava fechado. Um dia, porém, faltou dinheiro para quitar uma duplicata, creio que uns 1.800 reais. Jesus sempre ajudava, mas, daquela vez, parecia ausente. Angustiado, disse, à minha mulher, que Ele tinha falhado conosco. Naquele dia, recebi a visita do Pe. João Cardoso, de Florianópolis. Depois da conversa, quando ele estava quase saindo em seu carro, lembrou-se de me entregar uma carta enviada por Dona Cacilda, que divulgava os livros em Florianópolis. Naquela noite, ao ler a carta, a grande surpresa: Dona Cacilda me falava das maravilhas que as Mensagens de Jesus estavam realizando, da facilidade em vender os livros e, em anexo, enviava-me um cheque no exato valor que eu precisava para pagar a duplicata. Naquele momento, eu, que já estava editando o III Volume, mas ainda com dúvidas em meu coração, caí de joelhos, abri totalmente o coração e abracei com coragem as Mensagens, que são o verdadeiro HINO DE AMOR DE JESUS para os nossos dias. Muitos outros sinais e milagres foram acontecendo e confirmando esse apostolado.

José Beneval Rosa - Joinville-SC

 

 


 

75. ...à medida que progredia na leitura, minha alma foi amolecendo...

Minha vida pode dividir-se em antes e depois de AVVD. Antes eu era uma pessoa que vivia só preocupado em trabalhar, em se divertir e ler muito (qualquer coisa). As coisas de DEUS não me atraíam, tinha uma vida vazia.

No dia 29 de setembro de 1993, dia dos Arcanjos Miguel, Rafael e Gabriel, ganhei de presente os quatro primeiros livros de AVVD de uma tia minha, Irmã Claudia Bovo (uma freira).

Comecei a ler o primeiro volume de AVVD, como leitura de um livro qualquer, mas à medida que progredia na leitura, minha alma foi amolecendo, percebia que o próprio DEUS queria conversar comigo, se interessava por mim. Nunca tinha lido nada igual; nas leituras de religião que tinha lido até então se falava de DEUS, mas nas Mensagens da Santíssima Trindade em AVVD dadas à Vassula, é o próprio Deus que fala conosco, dialoga e se interessa por Seus filhos. Isso é maravilhoso. Deus está passando novamente na terra e, infelizmente, poucos estão percebendo.

Em 30 de janeiro de 1994, quando Vassula esteve no Colégio Beatíssima Virgem, em São Paulo, recebi o maior presente que se possa receber: vi no rosto de Vassula, o rosto do próprio JESUS. Minha alma naquele momento se derreteu em doçura. Hoje, passados 20 anos, ainda tenho aquela santa visão bem gravada em minha alma.

Conclusão: de 1994 até os dias de hoje, minha vida é de um intenso apostolado, orações e de diálogos constantes com a Santíssima Trindade e com a Santíssima Virgem Maria, através da leitura e meditação de AVVD.

Obrigado, meu DEUS, pela grande misericórdia que tiveste para comigo.

José Carlos Bovo - Santo André-SP

 

 


 

76. ...confessei-me e comunguei pela primeira vez.

O primeiro volume de A Verdadeira Vida em Deus, de Vassula Rydén, surgiu em minhas mãos e tudo mudou. Apesar de minha prática religiosa na Igreja ter começado aos três meses de idade, pelas mãos dos meus pais e madrinha, em 25 de Dezembro de 1962, quando do meu Batismo, e apesar das várias tentativas de Deus de aproximação, através de permanentes sonhos com Jesus e com tênues respostas da minha parte, quando, com seis, sete e oito anos de idade, sem saber o porquê, sentava-me sozinho na capela do colégio, em frente ao Sacrário, “nada” aconteceu. Até que aos 30 anos de idade, de repente, tive esse contato com o primeiro volume de AVVD, que foi uma chuva abundante de Graças: confessei-me e comunguei pela primeira vez. Seguiu-se o Sacramento da Crisma ou Confirmação e dez anos de catequese de adultos (Catecismo, Bíblia, etc.). Atualmente, tenho a meu cargo a responsabilidade de um grupo bíblico, no qual se reza, conhece-se e louva-se a Deus. Muito, muito e muito mais podia dizer. Obrigado.

José Carlos Lopes - Brasil

 

 


 

77. ...pude compreender a Misericórdia de Deus, o Seu Perdão, o Seu Amor...

A Verdadeira Vida em Deus tem sido o meu caminho de conversão. Conheci AVVD através da minha falecida irmã, Teresa, que tomou conhecimento do testemunho de Vassula quando dava aulas numa prisão (*). Então, com seus escritos e imagens pude compreender a Misericórdia de Deus, o Seu Perdão, o Seu Amor e como Ele gosta de mim, apesar de todas as minhas limitações e dos meus pecados.

José Eduardo - Portugal

(*) Portugal tem um belíssimo trabalho de Evangelização, em suas cadeias, com as Mensagens de AVVD.

 

 


 

78. Sou grato e louvarei eternamente ao meu Senhor e meu Deus por tudo isso.

Comecei a ler “A Verdadeira Vida em Deus” em 2008, por recomendação e insistência de minha irmã, Paulina, que é religiosa.

Depois da leitura dos dois primeiros volumes, fiquei convencido da importância das Mensagens e continuei a ler todos os demais volumes. Transformei as Mensagens em leitura obrigatória de todos os dias. Confesso que estou encantado com o seu conteúdo. Estou absolutamente convencido de que, através das Mensagens, Deus fala a cada um de nós e nos convida a ter uma vida íntima e a viver em harmonia com Ele. Convenci-me de que Deus nos ama com um amor eterno e acompanha nossos passos em todos os momentos de nossa vida. E isso é simplesmente grandioso. Isso traz paz, harmonia e bem-estar, não só a mim, mas também à minha esposa, que comigo compartilha estes valores, e a meus filhos e demais familiares. Sou grato e louvarei eternamente ao meu Senhor e meu Deus por tudo isso. Agora, na medida do possível, me empenho para divulgar esta Boa Nova através da palavra e, principalmente, através da doação destes livros, recomendando sua leitura e repassando aos que me cercam este tesouro inesgotável que é “A Verdadeira Vida em Deus”.

José Francio - Brasil

 

 


 

79. ...ocorreu-me uma completa conversão...

Minha conversão e retorno à Igreja Católica se deram, inicialmente, participando do curso de Filosofia on-line, de Olavo de Carvalho. As aulas do prof. Olavo mostraram - me como é forte a armadura do racionalismo e da ciência e o quanto isso era falso, pois não há conflito entre ciência e fé ou razão e fé. Ao longo de um ano de curso, acabei voltando para a Igreja Católica Apostólica Romana. Ia às Missas de domingo me arrastando, ainda havia um conflito grande, estava ainda lutando com o passado. Participava da Missa, mas, ainda não me confessava e não comungava.

Em uma de suas aulas o prof. Olavo falou sobre uma profecia que dizia respeito à queda das duas Torres Gêmeas e que fora escrita por uma profesa chamada Vassula Rydén, que escrevia o que ouvia e via de Nosso Senhor Jesus Cristo, sua Mãe, etc.

Naquele momento procurei saber quem era Vassula Rydén e pesquisei na internet. Depois de algumas descobertas, fui participar de dois grupos de oração no Rio de Janeiro; um desses grupos, o primeiro, foi de Eunice Khoury Pacelli. Esta me deu os doze volumes de Vassula e um pôster de Jesus. Mais tarde acabei comprando 24 livros de Vassula, um DVD, dois pôsteres de Jesus e dois ou três livros sobre o início da conversão de Vassula pelo Anjo Daniel.

Ao começar a ler as Mensagens de Jesus e assistir ao vídeo de Vassula, ocorreu-me uma completa conversão, pois não havia mais dúvidas sobre as verdades das Mensagens.

Assim convertido, perguntava-me se esse tipo de alocução ocorria ao longo da história humana. Comecei então a ler e ver filmes de santos e santas, a história da Igreja e etc. Percebi então a grandeza da Igreja Católica, como portadora da fé e ensinamentos de Cristo.

Descobri que o que acontecia com Vassula e suas locuções privadas eram comuns ao longo da história da Igreja e de seus filhos e filhas, vi o que significa DEUS ESTÁ VIVO: MSM, Catalina Rives; santas e santos (Santa Catarina de Sena, Santa Gertrudes, Santa Teresa de Ávila, São João da Cruz, Santo Antão, o Cura d’Ars, Padre Pio); Nossa Senhora de Fátima, de La Salede Akita, de Medjugorje, de Garabandal etc.

Graças à Vassula e AVVD, minha conversão foi instantânea e profunda; se não fosse esse movimento, com certeza, seria mais penosa e demorada a minha conversão.

Hoje vou todos os domingos à Santa Missa, confesso de três em três meses, fiz a Crisma, casei na Igreja (antes só no civil), meus dois filhos foram batizados, um deles fez a Crisma, rezo o terço todos os dias com minha mulher (no oferecimento do terço peço a Unificação da data da Páscoa, a Unidade dos Cristãos, a Consagração da Rússia ao Imaculado Coração de Maria), faço jejum uma vez por semana e etc.

Através, novamente, do prof. Olavo conheci o padre Paulo Ricardo (http://www.padrepauloricardo.org), meu “guru” para assuntos espirituais.

José Márcio Carter - Brasil

 

 


 

80. ...fez com que tomasse uma decisão em minha vida.

A Verdadeira Vida em Deus fez com que tomasse uma decisão em minha vida, que era buscar Jesus, Deus Pai e o Espírito Santo, todos os dias. Procurar ser mais santo e menos pecador, fazendo Jesus feliz. Tudo isso é muito difícil, mas tomar a decisão é o mais importante: a da busca constante.

José Renato Mattos - Brasil

 

 


 

81. ...reconverti-me, até hoje, para uma vida mais consciente de minhas responsabilidades de cristão.

O livro A Verdadeira Vida em Deus é um testemunho real do amor de Deus, cada vez maior nestes últimos tempos.

Deus é tão paciente que, a todo o momento, hora, minutos e segundos, está a nos alertar através dos profetas dos últimos tempos, que ele é Amor e que é um Pai amoroso e que está louco de amor por nossa conversão sincera de coração.

Depois de ler as Mensagens de AVVD, me reconverti, até hoje, para uma vida mais consciente de minhas responsabilidades de cristão. Embora eu tenha caído sim, caído, mas sei que fui um fraco porque não perseverei; todavia agora quero perseverar até as últimas horas da minha vida, afim de que meu Pai amoroso seja exaltado cada vez mais pelo meu exemplo de cristão sadio, sincero. Amém.

Juarez Targino - Brasil

 

 


 

82. ...comecei a frequentar a Igreja...

Quando conheci as Mensagens de A Verdadeira Vida em Deus, Juliana Melohá cerca de 15 anos, eu não ia à Igreja há muitos anos. Eu estava começando a ter depressão e passava por muitas tentações. Nesta época, na busca por Deus, comecei a frequentar a Igreja novamente e a visitar algumas Igrejas Protestantes. Foi uma experiência muito boa. Eu me idenficava mais com a religião católica, mas, como eu não tinha quase nenhuma formação, acreditei em alguns textos que falavam contra Nossa Senhora. Por isso, acabei evitando a religião católica. Então, uma amiga de minha irmã emprestou a ela o primeiro volume das Mensagens de AVVD. Era muito difícil, para mim, acreditar que era Deus falando conosco, de um jeito tão acessível e amoroso. Eu ficava desconfiada e procurava erros, mas não encontrava nenhum. Então comecei a ser conquistada pelas mensagens de Jesus, não conseguia mais largar o livro. Mas muitas vezes eu abria o livro aleatoriamente e havia uma Mensagem de Nossa Senhora, e, todas as vezes, eu virava a página, evitando-A. Mas isto começou a acontecer com mais frequência e pensei: “Não é possível que este livro seja metade verdadeiro e metade falso, se agora acredito nas Mensagens de Jesus, devo acreditar nas de Nossa Senhora também”. Então comecei a ler as Mensagens de Nossa Senhora também e, pouco a pouco, meu coração foi se abrindo para amá-La. Depois disso, comecei a frequentar a Igreja e recebi os Santos Sacramentos do Batismo, Primeira Eucaristia e Crisma. Quatorze anos se passaram e não consigo mais me ver longe de Deus. Sou voluntária na Comissão Organizadora da Associação AVVD-Brasil, rezo, com esperança, para que todos os cristãos sejam Um com Deus. Sinto muita falta do contato com os cristãos de outras Igrejas, gostaria de poder falar com eles sobre Deus, na alegria e no amor, na união, sem sentir que há barreiras entre nós. Mas eu confio e espero nas palavras de Jesus, que Ele nos unirá novamente! Deus abençoe Vassula e todos nós. Obrigada, Nossa Senhora! Louvada seja a Santíssima Trindade!

Juliana Melo - Goiânia-GO

 

 


 

83. ...tive uma paz inexplicável, mesmo passando por momentos difíceis...

Eu conheci o site de A Verdadeira Vida em Deus através do site “gente de fé”. Mandei e-mail pedindo orientação e, um tempo depois, responderam-me pedindo para eu entrar no site, que Jesus iria falar comigo, diretamente. Quando entrei, fiquei muito emocionada, pois Jesus confirmou a cura da minha perna (sofri acidente, quebrei a perna e ia ficar com sequelas). Ele disse que esteve comigo e estará sempre. A partir desse dia tive uma paz inexplicável, mesmo passando por momentos difíceis, o que ainda estou, pois me encontro desempregada há um ano. Parei de questionar e cheguei à conclusão de que esse tempo de sofrimento está sendo favorável para mim mesma. Espero em Deus a vitória, mesmo sofrendo. Obrigada, Jesus.

Jussara Bastos - Brasil

 

 


 

84. ...a cada dia me sentia mais próxima de Jesus...

Eu comecei a ler A Verdadeira Vida em Deus em novembro de 2011. Estava navegando na internet à procura de alguns sites de orientação espiritual e fui parar no site AVVD, em inglês. Estava em um período bem difícil da minha vida e as coisas finalmente começaram a melhorar, a partir do momento em que fui ao site AVVD. Eu sempre acreditei na existência de Deus, embora, às vezes, me visse duvidando, mas sempre achava que Ele estava lá em cima, no lugar d’Ele, bem distante, mas a olhar por nós. Não entendia, porém, como a vida de certas pessoas podia ser tão injusta, o porquê do acontecido na vida de outras; e isso me deixava triste, especialmente pela minha própria situação, que parecia nunca melhorar. Foi quando eu comecei a ler as Mensagens de AVVD e comecei a assisr aos vídeos de Vassula que tudo se esclareceu... Não sei bem explicar o porquê, acho que só quem lê pode entender, mas foi simplesmente impossível não acreditar que aquilo tudo é verdade... Por que a Vassula iria simplesmente gastar o tempo dela, a vida dela, sacrificar-se, se tudo não fosse verdadeiro, se ela não ganha nada com isso, e se pelo contrário, muitas pessoas só a perseguem? Não há como duvidar dela... Mas aí, quando você começa a ler as Mensagens, você simplesmente encontra algo diferente de tudo o que você já viu e do que irá ver, nesse aspecto. Quando comecei a ler, fiquei muito emocionada e entusiasmada, porque finalmente tinha descoberto que, aquele Deus que eu achava estar tão distante estava, na verdade, tão perto de mim. Percebi que todo o tempo Ele esteve ao meu lado e o quanto Ele esteve triste por causa da minha cegueira e falta de fé... E aí, quando passei a ler as Mensagens, a cada dia me sentia mais próxima de Jesus, de Nossa Senhora e de Deus, porque passei a entender e conhecer como Eles são. Porque quando leio, sinto como se literalmente a voz de Deus estivesse a falar em meus ouvidos, só que através do meu coração. Em alguns momentos de dúvida, Deus, inclusive, deu-me, de presente, sonhos especiais que me confirmaram e fizeram acreditar ainda mais, pois assim descobri que até isso Ele pode fazer por nós: fortalecer a nossa fé. Tenho certeza, qualquer um que peça a Ele, de coração aberto, que Ele confirme que as Mensagens são d’Ele, Ele assim o fará, pois tudo para Ele é tão simples...

Karen Oliveira - Brasil

 

 


 

85. É a mais bela experiência que já tive em toda a minha vida!

Desde muito cedo e pequena sempre procurei um Deus conosco, parcipativo, aqui comigo, pois apesar de ser de família católica tradicional, ensinaram-me um Deus bravo, pronto para a ira e mais preocupado com meus pecados e me vigiando do que com "O Seu" amor por mim. Ensinaram-me um Deus lá no céu, lá na igreja ou numa cruz empoeirada, num canto qualquer, como se ELE fosse uma pessoa à qual visitássemos e depois "O" deixássemos lá. Um Deus que criou tudo (e do meu ponto de vista, a mais bela de suas criações, além de "SI MESMO", é o homem) não poderia se encerrar no céu, como mero espectador de nossas vidas! Não! Eu buscava o amor! Eu busco o amor! Hoje eu sou amor! Hoje somos Nós!

Conheci Jesus através de AVVD quando uma tia emprestou-me o VII Volume, no ano de 1994. Devorei-o, apaixonei-me, senti-me seduzida! Chorei muito. Vi-me, acho, com os olhos de Deus. Foram semanas, senão meses, de choro, de preparação para o nosso encontro. Karina Leite InfanteComprei todos os volumes. Termino de ler um, passo para o outro. É a mais bela experiência que já tive em toda a minha vida! Consigo discernir Deus, vejo Sua Presença, sinto Sua Presença e Amor! Sinto o Seu sofrimento... ELE está comigo todos os dias, todos os instantes... Fico maravilhada com Seus Milagres em minha vida e de minha família! Às vezes faltam palavras para descrever o nosso amor... Que alegria! Sinto o Seu abraço, sinto o Seu cheiro, ELE Se senta ao pé de minha cama, segura a minha mão nos meus sofrimentos, consola-me... Já O vi, várias vezes, sentado no meu genuflexório da sala, sentado na cadeira da cozinha, sorrindo para mim. Eu tropeço em Deus todos os dias... E, em nossas orações, peço mais amor para mais AMÁ-LO! Quanto mais amor a Deus, mais íntimo d’ELE nos tornaremos! Entrego minha vida, minha vontade e liberdade AO MEU QUERIDO JESUS CRISTO, todos os dias! Jesus, eu te amarei para sempre, no céu! Minha Santíssima Trindade, minha maior riqueza!

Obrigada, pela oportunidade.

Obrigada, Vassula, pelo teu sim.

Karina Leite Infante - São Sebastião do Paraíso-MG

 

 


 

86. Até hoje, não tive sentimento mais intenso que a alegria de ler estes livros...

Em 1995, eu e minha amiga, Dª. Enir, fizemos uma visita à falecida Irmã Ana Maria, no Convento das Irmãs Clarissas, na Avenida Carlos Luz. A irmã pegou um livro de AVVD e disse: “Este livro é uma Graça de Deus, quando eu comecei a lê-lo, fiquei intrigada e queria encontrar falha nele, pois queria saber por que Deus foi se manifestar para uma mulher comum e não a uma religiosa?”. Mas, a irmã falou de uma forma tão iluminada e verdadeira de que Cristo estava falando naquele livro que anotei o endereço, para comprá-lo. Naquela época a AVVD já tinha seis livros publicados com as Mensagens de Deus Pai, de Jesus e de Nossa Mãe Santíssima.

Kátia Cunha CostaAté hoje, não tive sentimento mais intenso que a alegria de ler esses livros e descobrir neles a presença viva de Cristo. Pensava também que as pessoas buscam fontes diversas para alcançar o êxtase da alegria. E poderiam sentir esse ápice de alegria lendo esses livros com humildade e atenção. À medida que Deus fazia novas revelações para a humanidade, comprei os livros, até completar os doze que Jesus permitiu a ela, Vassula, divulgar.

Foram grandes as mudanças em minha vida e continuam acontecendo. Passei a ter mais fé em Deus. Sou católica e me converti ao Catolicismo a partir de uma verdadeira vida cristã e, o que é mais incrível, através de uma ortodoxa; eu que não era uma católica ativa, hoje participo da Igreja.

Em relação a outros irmãos cristãos, tornei-me mais receptiva, compreendi que temos muitos outros irmãos e passei a respeitá-los e amá-los. Aprendi muito sobre como agradar a Deus e sei que, às vezes, erro. Sinto uma angústia enorme, e tento reparar o meu erro e não continuar nele.

A partir de A Verdadeira Vida em Deus, cresceu em mim um amor enorme por todos os padres e o Papa. Respeito-os e sei que são representantes de Cristo, na terra. Aprendi muito sobre vários santos, que são comentados nos livros. Vivi em cada folha que li algo Celestial e Divino, como se um pedaço do céu esvesse entrando em mim através de meus olhos.

No dia 10 de Julho de 2012, iniciamos o grupo de AVVD de Sabará, sob a minha coordenação. Não é um grupo muito grande, mas prevalecemos na fé e no amor de Deus. Nosso grupo se reúne quinzenalmente, na terça feira, e temos adultos e crianças.

Feliz aquele que quis escutar!

Kátia Cunha Costa - Sabará-MG

 

 


 

87. Jesus modificou minha vida, tirou-me do Inferno e me trouxe para o Paraíso.

Queridos irmãos de A Verdadeira Vida em Deus, se eu fosse contar para vocês o que o Senhor fez comigo, através dessa Obra, escreveria um livro, mas vou resumir relatando apenas alguns fatos. Hoje eu tenho plena consciência que o Senhor me livrou do Inferno, porque se continuasse a vida em que estava, sem Deus, morreria e iria para lá, sem sombra de dúvidas. Naquele tempo, eu não conhecia o Senhor e nem Seu amor. Tinha um entendimento e uma leitura muito diferente desta que tenho hoje d’Ele (Jesus). Sabia que havia o céu, o inferno e o purgatório, mas achava que só a Confissão bastava, não precisava de penitência e nem de arrependimento.

Queridos irmãos, hoje não tenho vergonha de dizer o quanto era pecadora e quanto ofendi a Jesus, pois os meus pecados eram muitos. Conheci a Obra AVVD, em 1992, quando li o primeiro volume apaixonei-me, mesmo assim, ainda continuei pecando, não entreguei o meu coração e nem minha vida a Jesus. O Senhor teve muita paciência comigo. Lia a Obra, mas não estava ligada completamente, não lia com o coração, e o Senhor continuava a me chamar para o arrependimento, o que demorou algum tempo para acontecer, pois minha vida era de prazeres mundanos. Eu gostava muito das coisas do mundo: bebidas, cigarro, bailes, etc. Come todos os pecados dos Dez Mandamentos, que horrível! Meus irmãos, é chorando que relato que Jesus me tirou do Inferno.

A gente tem sempre um despertar! O Senhor chamava-me em pequenas coisas. Nesse tempo, não ia todos os domingos à Missa, só quando dava vontade; o mundo era melhor, tinha tudo que eu queria, a Missa era para os velhos, rezar, então, nem pensar, dificilmente eu rezava.

Em 2006, tive um problema de maldição de geração em minha família, que deixou a minha mãe, praticamente, louca. Foi nessa época que passei a conhecer melhor a Misericórdia de Jesus.

Ele ditou, também, nessa época a Oração de Cura e Libertação. Tirei cópia do site e pedia a minha mãe para rezar, mas, ela não fazia (eles não deixavam), então eu rezava por ela.

Na minha casa tinha nove demônios demandando a minha mãe. Eu não vou aprofundar muito esse assunto, mas a luta foi grande e dolorida. Vou falar para vocês , por experiência própria, os demônios existem, são enganadores e podem nos destruir. Jesus e a Virgem Maria nos ajudaram muito. Até hoje, não sei por que isso aconteceu, pois minha mãe é filha de Maria, mas, Jesus um dia me responderá. Foi uma luta para libertar a minha mãe. Hoje, eu digo que ela está liberta, mas ficaram algumas sequelas, foram praticamente quatro anos de luta.

Nessa época, passei a me dedicar melhor a Deus, comecei a ler as Mensagens com o coração. Passei a ir à Missa, ler a Bíblia, rezar o Rosário e fazer jejum. Um dia, lendo as Mensagens pelo site, deparei-me com o livro de oração. Fui até o final na Via-Sacra e o Senhor me despertou mais nessas palavras:

“...e tu, Meu filho, que Me lês ou escutas, tu a quem visitei em tua sepultura e fiz Meu Sopro entrar em ti digo-te: segue as marcas de Meu Sangue que deixei atrás para ti, como sinal...” (AVVD-22 de outubro de 1990).

O Senhor chamou-me e repreendia-me em cada palavra que falava, eu chorava como uma criança de tanto arrependimento, aquilo doía em minha alma. Arrependo-me muito de ter passado tanto tempo sem ouvi-Lo. Jesus modificou minha vida, tirou-me do Inferno e me trouxe para o Paraíso. Sou muito grata a Ele. Agradeço a Ele e a Sua Obra – A VERDADEIRA VIDA EM DEUS – todos os dias, enquanto eu viver. JESUS ME ENSINOU A AMAR NOVAMENTE. Hoje eu digo a Ele: “Senhor, faça-se a Vossa Vontade e não a minha, porque a minha vontade é Vossa Vontade e minha vida é Vossa Vida”. “...Minha Palavra é como uma lâmpada para iluminar e brilhar, a fim de que todas as almas possam ver-Me, sentir-Me e voltar para Mim...” (AVVD-28 de agosto de 1989).

Jesus, Amoroso da Humanidade, eu Te amo! Muito obrigada, Senhor!

Irmãos, isso é apenas um trechinho do que o Senhor fez por mim. Dedico uma parte do meu dia para agradecer a Ele em oração e divulgar essa Obra de AMOR.

Kira - Brasil

 

 


 

88. As palavras de Jesus curaram meu coração...

Dentre muitos testemunhos referentes a A Verdadeira Vida em Deus, o que me marcou foi este: Comprei alguns livros, tendo em vista alguns vídeos que recebia de minha prima sobre a AVVD, que me falaram à alma. Nessa época, meu casamento estava em crise, não me sentia amada nem acolhida e meu marido era muito distante e estava em adultério (como disse Jesus, podemos estar no adultério até pelo olhar), pois só pensava em outra pessoa. Certo dia, abrindo o livro, li uma Mensagem de amor que foi direto a minha alma. As palavras de Jesus curaram meu coração e eu comecei a viver em fidelidade, inclusive no pensamento, por amor a Jesus. Nessa fase senti a força do Amor de Jesus. Posso dizer que levo o livro comigo, principalmente, para os momentos de fraqueza e para dar força em minha pequena fé.

Laura - SP

 

 


 

89. É maravilhoso sentir-se amigo de Jesus.

Desde jovem, costumava ir à Missa aos domingos, porém não entendia muito bem o que significava, pois tudo o que sabia era o que havia apreendido quando criança: ir à Missa e fazer algumas orações antes de dormir. Imaginava um DEUS longe, lá no Céu. Depois que tive conhecimento das Mensagens de Jesus, através de “A Verdadeira Vida em Deus”, entendi a verdadeira importância de se voltar para DEUS, amar Jesus, sabendo que Ele está próximo de nós e fica feliz quando a gente quer Sua companhia, especialmente, no momento da Santa Eucaristia, quando dialogamos com Ele e O sentimos no coração. É maravilhoso sentir-se amigo de Jesus. Realmente, é A Verdadeira Vida em Deus.

Leda M. Mello - Santa Maria-RS

 

 


 

90. Essa frase penetrou em meu coração como uma flecha...

Meu nome é Leonardo Cesar Harger. Moro na cidade de Joinville/SC. Acredito ser mais um dos privilegiados por Deus em fazer parte da família desta maravilhosa Obra AVVD. Além de outros trabalhos de Evangelização, tenho contribuído com a equipe que se comprometeu, com muito amor, a fazer o Informativo da Associação AVVD, para levar às pessoas a Boa Nova.

Gostaria de compartilhar com vocês a forma que comparo a minha vida antes de conhecer AVVD: comparo-a com a passagem do Evangelho de São João, cap. XI, sobre a ressurreição de Lázaro. Essa passagem lembra-me do tempo em que a minha alma estava morta e cheirando mal, mas Jesus nunca desistiu de mim. No dia 05/07/95, na cidade de Joinville-SC, na Catedral São Francisco Xavier, Ele, pessoalmente, mandou que tirassem a pedra de cima da sepultura na qual eu estava vivendo. Neste maravilhoso encontro, em que, pela primeira vez, ouvi falar da Vassula, fiquei hipnozado e todas as palavras ditas por ela tocavam profundamente meu coração; parecia fogo queimando minha alma e, inesperadamente, Vassula ficou num breve silêncio, olhou para a multidão e seu olhar parecia ser direto para mim dizendo: “...o Deus que esqueceste jamais te esqueceu...” (AVVD¬18 de dezembro de 1994). Essa frase penetrou em meu coração como uma flecha que, literalmente, me derrubou, me fez ver o quanto eu estava indiferente e afastado da luz de Deus. Parecia que Jesus estava diante da minha sepultura e, em alta voz, disse as mesmas palavras que disse a Lázaro: “Cesar, vem para fora!”

Na ressurreição de Lázaro, houve dois grandes milagres: o primeiro foi ressuscitá-lo e o segundo, que muitas pessoas não se dão conta e é o mais importante, foi recompor todo o corpo que estava em estado de decomposição, quando sua carne, já tomada totalmente de vermes, se recompõe instantaneamente.

Assim acontece com todos aqueles que foram tirados do sono da morte pela AVVD: primeiro, ressurge a vida e, depois, aos poucos, nossa carne coberta pelos vermes do pecado vai se recompondo através das leituras dos livros das Mensagens de Jesus ditas à Vassula. Aos poucos fui conhecendo a vida da Vassula através dos livros e o privilégio de estar algumas vezes, pessoalmente, junto dela nas peregrinações. Vejo, claramente, nela a passagem da ressurreição de Lázaro, assim como muitos que conheci nesta caminhada e que voltaram à vida foram envolvidos inteiramente e profundamente tocados através desta Obra. Esse Evangelho mostra que Jesus, sob o impulso de profunda emoção, pôs-se a chorar porque amava Lázaro. Para mim, isto significa que Jesus também chorou por cada um de nós quando jazíamos na sepultura e, ordenando que tirassem a pedra da escuridão que vendava nossos olhos, mesmo sob acusação daqueles que nos julgavam dizendo que já cheirávamos mal, Ele nos chamou e nos deu um corpo novo, uma verdadeira vida, uma vida em Deus.

Você que está lendo, neste momento, esta reflexão e que ainda está vivendo dentro de uma sepultura gelada, longe da luz de Deus, saiba, neste momento, que Jesus chora por você também!... Acredite!... Ouça a voz d’Ele!... Ele deseja intensamente o seu retorno, não importa o que você já fez nem a forma que vive. Ele está chamando você e anseia dar-lhe também um novo corpo. Ele quer tirar todos os vermes do pecado incrustados e que estão apodrecendo sua alma. Ele quer renovar sua vida e deseja imensamente estar mais próximo de você. Ele não quer ser apenas um Deus distante que fica lá no céu sem se importar com seus filhos. Ele quer estar próximo e fica muito triste por você só pensar n’Ele quando está em grandes apuros. Ele deseja compartilhar diariamente de suas alegrias também, como um pai que sempre está presente.

Hoje, fazendo parte desta família de AVVD em todos estes anos, me sinto à vontade para fazer um apelo a você que é nosso leitor: Ajude-nos a divulgar essa maravilha. Colabore com a Obra fazendo uma assinatura anual deste Informavo e leve para seus familiares e amigos esta Boa Nova. Existem muitos Lázaros que dormem nas sepulturas e você pode ajudar Jesus a ressuscitá-los!

E você, leitor, que já conhece essa Obra, com certeza, Jesus também mostrou a você o quanto Ele é amoroso e deve ter lhe confidenciado também o quanto Ele deseja resgatar o restante de Seus filhos perdidos; mostrou, certamente, o quanto precisa do seu “sim”. Saiba que é a única coisa que lhe pertence e que você poderá dar a Deus. Tudo o que você possui foi dado por Ele: a sua vida, a sua saúde, os seus dons, seus bens, tudo veio d’Ele. A sua vontade é a única coisa que você tem e que poderá oferecer. Ajudando essa Obra que tanto Jesus ama e que a intulou “A Verdadeira Vida em Deus”, você estará evangelizando e ajudando a alimentar milhares de crianças das “Casas de Maria” (Beth Myriam).

Se você quiser ajudar Jesus na Obra A Verdadeira Vida em Deus, ajudando a alimentar o corpo e a alma de muitos necessitados, veja como contribuir:

. Fazendo assinatura anual da Revista da Associação AVVD;

. Ser um associado, contribuindo com uma ajuda financeira, conforme sua possibilidade, mensalmente. Neste caso, você receberá também a Revista;

. Contribuir com qualquer valor, pagando o boleto impresso na pág. 8 da Revista;

. Obs.: No boleto está impressa o valor de uma contribuição mínima. Se quiser contribuir com maior valor, basta acrescentar na coluna (linha) "Outros Acréscimos", abaixo do valor inicial.

. Adote uma criança. É um projeto desafiador, que o Próprio Jesus pediu à Vassula, que fosse realizado em todos os países e deu o nome de Beth Myriam - em hebraico significa "Casa de Maria". No Brasil, já temos diversas casas com centenas de crianças, adultos e idosos que se alimentam diariamente. Além da Evangelização, estas crianças também recebem assistência médica, dentária, vestuário e auxílio na educação. Isso quando conseguimos recursos financeiros, é claro. Seja uma alma generosa: aceite este convite de Jesus e de Nossa Senhora, para matar a fome destas pobres pessoas. Tenha a certeza de que receberá em dobro, em todos os sentidos.

Em nome de toda a família AVVD e, principalmente, no das crianças que se alimentam nas “Casas de Maria”, agradecemos do fundo do coração. E que Deus abençoe você e a toda sua família.

Leonardo Cesar Harger - Joinville-SC

 

 


 

91. Aprendi quão lindo é o Amor de Deus por nós.

LeonorA Verdadeira Vida em Deus mudou a minha vida, pois passei a amar mais a Deus e às pessoas, orar com mais frequência, pensar em Deus o dia inteiro, passei a ser mais tolerante com tudo, ao menos tento, e procuro não julgar. Aprendi quão lindo é o Amor de Deus por nós. Ele disse que se preciso fosse, faria tudo de novo para nos salvar, mesmo que seja apenas por uma pessoa. Amor tão lindo assim não dá para ignorar!

 

 

Leonor - São Paulo-SP

 

 


 

92. ...encontrei o meu propósito na vida, a felicidade no mais profundo de mim.

Sou brasileira, nasci numa família Católica Apostólica Romana e assim fui batizada. Sou psicóloga de profissão. Estive morando na Índia de 1998 a 2010. Em janeiro de 2009, eu morava em Goa, Índia, quando fui convidada para almoçar com um amigo. Naquela época, eu estava com a perna esquerda fraturada, mas isso não me impedia de desfrutar uma vida social muito ativa. Naquele almoço, conheci uma senhora indiana, a qual ficou surpresa com o meu dinamismo e estava totalmente admirada da minha coragem e determinação, tendo me visto subir os 27 degraus da casa onde era o almoço, apesar da perna fraturada e engessada. Parece que deixei evidente que quase nada me desanima! Durante o almoço, nossa conversa foi toda sobre religião e fé.

Pouco depois, a referida senhora indiana me presenteou com um dos livros de Mensagens de A Verdadeira Vida em Deus, o qual não li imediatamente. Só um mês depois, em certa noite em que não conseguia dormir, comecei a ler o livro de AVVD. Não pude mais fechar o livro e o li todo durante a noite. Fiquei logo ansiosa por adquirir todos os volumes e, posteriormente, os recebi. Lia dia e noite os livros de Mensagens. Eu tinha muitas perguntas sobre a minha religião, sobre o objetivo da minha vida, etc. Minha questão principal a Deus era que eu tinha tudo que eu queria, boa saúde incluída, mas ainda faltava alguma coisa na minha vida. Qual era o seu Plano Divino para mim? Não conseguia entender por que eu ainda estava infeliz quando tinha me realizado, tanto na vida pessoal como profissional.

Lígia Cascabulho Pacheco MaxtaLendo as Mensagens, fui profundamente tocada pelo Amor de Deus e passei a praticar o que ensinava e pedia o Senhor, como jejum, oração e penitência, arrependimento e confissão, reza do terço, leitura da Bíblia, Missa diária com recepção da Sagrada Eucaristia, e encontrei o significado em minha vida. Hoje, estou livre da maioria dos apegos mundanos e recebo todo o apoio nas Mensagens, para seguir o que nelas Jesus Cristo nos diz para fazer e viver. Desde o meu retorno ao Brasil em 2010, estou muito envolvida com a Associação AVVD do Brasil e utilizo todas as oportunidades através de e-mail, fotografias, livros e cartazes para informar as pessoas sobre as Mensagens. Eu presenteio as Mensagens de AVVD aos amigos, juntamente com a estampa da Sagrada Face de Jesus Cristo. Eu já não trabalho profissionalmente, porém agora trabalho como voluntária para os mais pobres entre os pobres.

Nas Mensagens de Deus em AVVD encontrei o meu propósito na vida, a felicidade no mais profundo de mim. Encontrei Jesus Cristo em meu coração, bem como a Sua Sagrada Família, a Mãe de Deus e da Humanidade, a Sempre Virgem Maria, Deus nosso Pai e Deus Espírito Santo nosso Amor. Eu sei que sou guiada pelo Espírito Santo de Deus, de Quem sou totalmente indigna. Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo! Salve Maria!

Benditos sejam todos os que estão envolvidos no trabalho para a promoção das Mensagens de AVVD. Devemos todos estar sempre em unidade de coração na Fé e no Amor de Deus, trabalhando para a difusão das Mensagens de AVVD e trabalhando sempre para Jesus Cristo, Nosso Salvador!

Ligia Cascabulho Pacheco Maxta - São Paulo-SP

 

 


 

93. ...tornei-me mais firme na fé...

Lilian BastosMeu marido foi quem me falou pela primeira vez de Vassula e me apresentou os livros de AVVD. Após participar do V Retiro Latino-Americano de AVVD, em 2008, em Balneário Camboriú/SC, tornei-me mais firme na fé, na oração do terço e na busca de uma maior intimidade espiritual com Nosso Senhor Jesus Cristo. Sou muito grata à Vassula por ter atendido ao chamado do Pai.

 

 

 

Lilian Bastos - Rio de Janeiro-RJ

 

 


 

94. A mensagem que brota de AVVD é a mesma do Evangelho...

Conheci a Obra A Verdadeira Vida em Deus, por volta do ano de 2005, durante a leitura do excelente livro de Olivo Cesca sobre Garabandal. Lucas BastosOs escritos de AVVD vieram confirmar o esplendoroso momento em que vive a humanidade, que recebe abundantes manifestações proféticas e espirituais, as quais muitas vezes são sufocadas pelo inimigo de Deus e dos homens. Desde o primeiro momento, acreditei na veracidade dos escritos maravilhosos e irrepreensíveis de AVVD que só poderiam vir do Senhor! A mensagem que brota de AVVD é a mesma do Evangelho: conversão e vida, prometida desde nossa queda. Como católico, procuro perseverar nos Mandamentos e Sacramentos Sagrados da Santa Igreja e a AVVD representa mais um incentivo que Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo nos proporcionam como mais um alimento para nos fortalecer na fé e em Seu Amor.

 

Lucas Bastos - Rio de Janeiro-RJ

 

 


 

95. ...tornou-se mais fácil de compreender as Sagradas Escrituras.

Sou catequista e lendo os livros das Mensagens de AVVD, aprendi que é bom ensinar as crianças a rezar o terço. De fato, as crianças gostam de rezar e elas aprendem fácil.

Os livros de AVVD são a TEOLOGIA que eu procurava e que abriu o horizonte para o Espírito Santo.

Lia a Bíblia, achava difícil de compreender. Após a leitura dos livros de AVVD, tornou-se mais fácil de compreender as Sagradas Escrituras.

Luizelane PeterleTornei-me fervorosa, com mais ardor na fé, participando semanalmente da Missa e voltei a frequentar o Sacramento da Penitência.

Aprendi o poder da Eucaristia (Sacrifício Perpétuo).

Estudei História e não entendia o porquê da Igreja ser contra o comunismo. Lendo as Mensagens sobre a Rússia, entendi a essência do comunismo em relação à fé da Igreja Católica. As mensagens de Fátima de 1917 se referem ao comunismo.

Por fim, os Dois Corações Triunfarão!!!

 

Luizelane Peterle - Araranguá-SC

 

 


 

96. ...eu não gostava de me confessar. Agora eu o faço regularmente.

Há algum tempo, meu tio Eduardo recomendou que eu lesse os livros com as Mensagens de A Verdadeira Vida em Deus. Quando li as Mensagens, elas abriram meu coração.

Senti, claramente, que eram palavras de Deus para mim. Ele mudou minha vida de modo muito importante. Antes de ler as Mensagens, eu não gostava de me confessar. Agora eu o faço regularmente.

Jesus me deu muitas outras respostas também por essas Mensagens. Além disso, comecei a ler mais a Bíblia e a compreender o valor da Sagrada Eucaristia.

M. S. - Brasil

 

 


 

97. ...houve um período da minha vida em que me afastei da Igreja.

MabelSempre fui católica. Mas houve um período da minha vida em que me afastei da Igreja. Quando li os livros com os ditados de Jesus à Vassula não fiquei muito entusiasmada. Depois passei a frequentar um grupo de oração de A Verdadeira Vida Deus, coordenado pelo Hipólito. Com a conversão do Altino, comecei a ver algo mais nas Mensagens e a procurar as citações da Bíblia, o que me fez mais piedosa. Hoje divulgo as Mensagens, distribuo livros como presentes e tenho tido muita força com a doença do Altino, graças a Deus.

 

Mabel (Esposa do Altino) - Belo Horizonte-MG

 

 


 

98. Hoje amo profundamente a Santíssima Trindade...

Perdi a conta de quantas vezes li os 12 volumes de AVVD.

Comprei o livro número I em um sebo, em Florianópolis/SC, sem saber do que se tratava, apenas achei a capa interessante, para não falar linda. Li as primeiras páginas e parecia que Deus falava comigo, fiquei encantada e procurei saber mais sobre o livro, até descobrir que havia mais 11 volumes.

Quando iniciei o segundo volume, Jesus me concedeu uma visão interior de uma criança que precisava de libertação. Jesus me disse que o Amor cura, liberta e salva. Ele me pediu um ato de amor com jejum e oração e a criança foi liberta.

Há quatorze anos passo por uma conversão, transformação e nem sempre é fácil, por muitas vezes desisti, mas logo volto aos braços do meu Deus a quem resisto.

Levei alguns anos para dizer a Jesus "eu te amo", não me achava digna uma vez que era ateia.

Hoje amo, profundamente, a Santíssima Trindade e não sei viver sem as Mensagens de AVVD.

Obrigada, Jesus, por não desistir de mim. Venha a mim o Vosso Reino. Amém.

Mabia - São Paulo-SP

 

 


 

99. ...fortaleceram minha intimidade com JESUS e MARIA.

Eu conheci A Verdadeira Vida em Deus através de meus pais que, em Santa Maria/RS, foram a uma palestra do Beneval, mais ou menos, há 15 anos. Então, eles passaram para os filhos lerem as Mensagens. Como JESUS sempre foi presente em minha vida, desde a minha infância, as leituras das Mensagens fortaleceram minha intimidade com JESUS e MARIA. Inúmeros milagres já aconteceram em nossas vidas, por intercessão de Jesus, e um deles foi a cura do câncer de meu pai, que tinha metástases. Jesus nos orientou e ele ficou curado.

Mas, comigo acontecem pequenos e grandes milagres a todo o momento, por exemplo: no meu consultório só atendo quem já desisu da Medicina, casos graves, difíceis. Então, eu converso com o ESPÍRITO SANTO intimamente, e ELE me mostra o que precisa ser feito desde exame, remédio e a palavra de conforto. Todo meu trabalho dedico a JESUS à MARIA e tenho certeza absoluta que são Eles que me ajudam e orientam. Dou graças a AVVD por todos os momentos da vida, pois aprendi a me apoiar na Verdadeira Coluna - JESUS.

E, ainda, em meu consultório, dou testemunho o tempo todo das maravilhas de DEUS em minha vida e da minha família que está sempre em oração. E aproveito para distribuir os livrinhos de AVVD a todos.

Marcia Nied - Joinville-SC

 

 


 

100. Para mim, até então, Deus era uma palavra no papel.

A Obra A Verdadeira Vida em Deus fez muita diferença na minha vida. Para mim, até então, Deus era uma palavra no papel. Quando li um livro pela primeira vez, parecia que Ele falava ao vivo, diante de mim. Nesta Obra, aprendi que Deus é Amor. Aprendi que reconhecer isso, também vem d’Ele. Ele emana Ternura. Eram estas as sensações que eu tinha: paz, alegria, pensar mais em Deus, voltar aos Sacramentos, rezar, falar com Deus. Foi por essa Obra que aprendi a amá-Lo, e porque Ele me amou primeiro e me ensinou a amá-Lo.

A primeira vez que tive contato com esses livros foi na casa de uma tia, em outra cidade. Quando cheguei de volta à minha casa, encontrei um dos volumes na cama da minha irmã. No mesmo fim de semana, essa Obra foi apresentada à minha irmã, sem que soubéssemos uma da outra! Isso foi muita coincidência. Agradeço a Deus por ter se lembrado da gente. A impressão que dá é que Ele pensa na gente de forma pessoal. Ler a AVVD me faz mais feliz, me trouxe de volta o querer rezar e participar dos Sacramentos.

Marcio Furlaneto - Brasil

 

 


 

101. AVVD tem sido uma luz para minha vida, uma fonte de sabedoria.

O primeiro volume de A Verdadeira Vida em Deus apareceu na minha mão no momento em que eu buscava muitas respostas. Encontrei o livro num sebo (livros usados), comecei a ler e me idenfiquei instantaneamente, até achei que Deus falava comigo em determinado momento. Li o primeiro volume por umas três vezes e ainda sentia sede de Deus. Consegui os outros volumes através do telefone na contracapa.

Quando comecei a ler o segundo volume, na página 19, do caderno 17, foi quando Deus falou, realmente, comigo e me mostrou um menino que, na época, estava com uns cinco anos, ele inchava todo, tinha uma doença que os médicos não conseguiam saber ao certo. DEUS ME MOSTROU EM ESPÍRITO A CRIANÇA E SUA MÃE, REFERINDO-SE À MÃE COMO A SENHORA A (...) e realmente a mãe se chama ADRIANE. Fiz uma oração por ele, entregando minha vida a Ele (tudo em espírito). Deus me pedia que fizesse jejum por ele, dois dias sem tomar líquido algum, assim o fiz. DEUS me disse que Satanás fazia pressão sobre ele.

Desde a minha conversão, pedia a Deus o dom para expulsar demônios e curar enfermos, essas palavras saíam da minha boca nas minhas orações.

AVVD tem sido uma luz para minha vida, uma fonte de sabedoria. Não consigo ficar longe das Mensagens.

Margarete - São Paulo-SP

 

 


 

102. Nunca em minha vida li com tanta avidez um livro.

Posso afirmar que a minha vida espiritual se fortaleceu e se revigorou a partir do dia em que comecei a ler e a meditar as Mensagens contidas nos 12 (doze) volumes de A Verdadeira Vida em Deus.

Tudo teve início no ano 1994, quando uma amiga muito especial me apresentou os livros e me presenteou com o Vol. II. Nunca em minha vida li com tanta avidez um livro. Era algo incompreensível! Um fogo ardia o meu interior, o meu coração!

A partir dali comecei a devorar os dez volumes e senti-me impulsionada a divulgar este precioso tesouro em todos os lugares e para todas as pessoas que ia encontrando em meu caminho: primeiramente para os meus familiares, depois para os meus pacientes, sempre os presenteando com um dos volumes. Depois para os amigos, sacerdotes, e comecei, então, a divulgar em Brasília, através dos programas semanais que faço na Rádio Nova Aliança, há 23 anos (emissora da Arquidiocese de Brasília).

Apresentei a Obra ao Arcebispo de Brasília, na época, Dom José Freire Falcão, que ficou impressionado com as Mensagens, dando amplo apoio na divulgação das mesmas, em relação aos movimentos presentes na Arquidiocese, principalmente dentro da Renovação Carismáca Católica de Brasília. Foi uma verdadeira explosão de bênçãos!

Iniciamos, então, a partir do ano de 1995 a celebração das Missas pela Unidade dos Cristãos, a cada primeira sexta -feira de cada mês, com o incentivo do saudoso Arcebispo de Formosa/GO, Dom Victor Tielbeek, amigo pessoal de Vassula Rydén.

Margarida Maria dos Santos P. CoutoNesse mesmo ano tiveram início os Grupos de Oração dos Sagrados Corações, que atualmente são vários, espalhados nesta Capital.

Posso afirmar com toda segurança que essas Mensagens do Céu foram o maior presente que recebi em minha vida, pois passei a ter uma inmidade maior com o meu Senhor e manter com Ele uma aliança, um compromisso com a Sua Palavra, que é LUZ para o meu caminho e ÁGUA VIVA, que produz A VERDADEIRA VIDA EM DEUS em meu ser. Assim, Ele Mesmo confirma a Sua ação magnífica em minha vida: “...pelo poder do Espírito Santo Eu te formei, Minha filha, a fim de estares em prefeita união Comigo e testemunhares para as multidões, em Meu Nome, dando-te a eles ao máximo de tua capacidade...” (AVVD-27 de dezembro de 1994).

Louvado seja o Senhor em minha vida hoje e sempre!

Margarida Maria dos Santos P. Couto - Brasília-DF
Responsável pelos Grupos de Oração de AVVD no Brasil

 

 


 

103. ...aprendi o que é pecado e a confiar em DEUS.

Conheci a Vassula e A Verdadeira Vida em Deus em 9/7/1995, em São Carlos/SP, onde conheci Jesus e deu início a minha conversão. Foi muito bom, aprendi o que é pecado e a confiar em DEUS. A confissão, a Missa e a oração hoje fazem parte da minha vida. Estou num momento de muita provação e sei que estou vacilando, mas a minha confiança continua em Deus. Amém.

Maria Aparecida - São Carlos-SP

 

 


 

104. Conheci diversas filosofias, como Espiritismo, Rosa-Cruz, Ponte para a Liberdade...

Fui batizada Católica Apostólica Romana de nascimento. Insatisfeita durante a vida, comecei a querer encontrar a Verdade, e minha grande busca foi essa. Conheci diversas filosofias, como Espirismo, Rosa-Cruz, Ponte para a Liberdade... Um dia lendo “Aos meus Sacerdotes, Meus Filhos Prediletos” do Padre Gobbi, uma nota ao pé da página indicava o livro A Verdadeira Vida em Deus de Vassula Rydén. Senti um estalo, era isso que eu procurava. Deixei meu contato em todos os cantos que pudessem conseguir esse livro, mas nunca tive retorno e três anos transcorreram, até que um dia, passava por uma livraria de Advocacia, e sem pensar no improvável, entrei e contei que buscava o livro A Verdadeira Vida em Deus, mas que sabia que não o encontraria ali. Para minha surpresa, uma funcionária fez sinal para que eu esperasse um momento. Olhei para o funcionário com quem falava espantada e aguardei. Minutos depois ela voltou com um livro velho e empoeirado na mão: “É este que a senhora procura?”. Peguei o livro e era A Verdadeira Vida em Deus de Vassula Rydén. Pasmada, perguntei quanto custava. “Nada. Agora é seu. Um cliente, há muitos anos, esqueceu este livro aqui e nunca mais voltou”.

À noite, em casa, comecei a ler A Verdadeira Vida em Deus. Mas achei a leitura tediosa... Maria Aparecida Cañete da CunhaSobre minha cabeceira foi deixado por muito tempo. Muitas vezes tentei lê-lo, mas não conseguia. O olhar de Jesus na estampa da capa do livro me incomodava e guardei-o dentro da gaveta. Toda vez que abria aquela gaveta, Jesus me olhava novamente... Um dia encarei a Santa Face de Jesus na capa do livro e disse a Ele: “Jesus, se queres que eu leia este livro, vais ter de me ajudar, porque sozinha não consigo... esse livro me parece tedioso.” Depois dessa sincera conversa, simplesmente, li o livro até o fim. Li toda a coleção. E assim, através das Mensagens de Deus de A Verdadeira Vida em Deus terminou a minha apostasia, voltei inteira, dedicada e entregue à Igreja Católica Apostólica Romana, com a resposta, com a certeza, com a Verdade. Dou graças a Deus e a Sua mensageira Vassula!

 

Maria Aparecida Cañete da Cunha - Nova Petrópolis-RS

 

 


 

105. A Verdadeira Vida em Deus foi um divisor de águas em minha vida.

Conheci as Mensagens em 1992 e, no início, confesso que tive muitas dúvidas, mas com o decorrer das leituras e com a ajuda do Espírito Santo fui entendendo a pedagogia de Jesus ao ensinar à Vassula. Vi que o Senhor queria, na verdade, ensinar a cada um que se deixasse tocar pela Mensagem. E foi justamente isto que aconteceu comigo. Maria Aparecida Garcia (Cida)De uma forma gradativa o Senhor foi me envolvendo e me ensinando a amá-Lo mais e mais, a ver Deus como um Pai e não como um juiz, a ver Jesus como um Amigo e Companheiro de cada momento, a conhecer mais o Espírito Santo como um Mestre e Condutor de minha vida, a sentir mais a importância de Maria em minha vida e como seus conselhos nos orientam e nos encaminham para seu Filho Jesus. Passei a ter um maior amor pela Palavra de Deus e um maior entendimento d’Ela. Agradeço a Deus que, através de um instrumento tão frágil, veio nos mostrar o grande amor que Ele tem pela humanidade e o quanto Ele deseja salvar a todos nós. Hoje posso dizer que conhecer e viver as Mensagens de A Verdadeira Vida em Deus foi um divisor de águas em minha vida. Procuro, na medida do possível, levar este Tesouro a todos que estão à minha volta. Quero dizer como Maria: “Eis aqui a serva do Senhor, faça - se em mim segundo a Vossa Vontade”.

Maria Aparecida Garcia (Cida) - Joinville-SC

 

 


 

106. Imediatamente comecei a sentir que Jesus estava muito junto de mim...

Depois de haver saído da Congregação Religiosa, à qual pertenci 13 anos, procurei constuir uma família. Houve muitas decepções e aventuras. Por desleixo, abandonei a fé católica, não cultivei mais a oração, a Missa e os Sacramentos. Isso por 23 anos. Nesse tempo relacionei-me com um homem separado e com ele quis ter filhos.

Hoje tenho uma filha com 32 anos e criei-a sozinha.

Em 1998 e 1999, tive uma crise financeira violenta. Senti-me no “fundo do poço”.

Aí, então, que em minhas mãos veio parar o l Volume de A Verdadeira Vida em Deus. Comecei a ler diretamente nos diálogos de Jesus com Vassula. Imediatamente comecei a sentir que Jesus estava muito junto de mim, sendo resposta para tudo o que eu estava precisando.

Não me considero emotiva, mas à medida que eu ia lendo e vivenciando as palavras de Jesus, as lágrimas surgiram, não de tristeza, mas de alegria e emoção. Com as palavras de Jesus, fui sentindo a necessidade de mais orações, voltar à Confissão e participar da Missa, cultivar a intimidade com Ele, Jesus. Aí também me conscienzei do valor da MISSA e comecei a ir mais vezes na semana e a divulgar as Mensagens.

Com imensa gratidão. Abraços em Cristo.

Maria Aparecida Martins (Cida) - Porto Alegre-RS

 

 


 

107. Fui entrando em um estado espiritual de intimidade com Deus... Revelação da Face de Jesus.

Meu nome é Maria da Consolação Pinheiro Silva, mais conhecida por Lia. Moro em Brasília e, há mais ou menos 25 anos, recebi o livro nº 1 de AVVD. Não encontrava tempo para ler, pois trabalhava em dois períodos e, às vezes, até em três e tinha três filhos pequenos. O livro permanecia sobre a mesa de cabeceira, à beira da minha cama.

Numa ocasião, estando de férias, à noite tomei banho, lavei a cabeça e fui para a sala ver o noticiário. No intervalo fui ao meu quarto secar o cabelo e, enquanto isso, senti uma força que me atraía para o lado direito, tentei resistir até que não consegui; olhei para o lado e vi o rosto de JESUS na capa do livro de AVVD levitando, estava suspenso no ar; fiquei muito surpresa e ouvi uma voz que me dizia: “ Você disse que não tinha tempo para ler, você está de férias, não tem carro para viajar, chove muito, o que você vai fazer? LEIA-ME”. Maria da Consolação Pinheiro (Lia)Eu dei um suspiro, estava perplexa. Apanhei o livro e apertei contra o meu peito e disse: “Meu Senhor! Meu Deus!” Nem voltei para ver o restante do nociário e já comecei a ler o livro. Fui entrando em um estado espiritual de intimidade com Deus, não sentia sono nem vontade de interromper a leitura. As crianças, que antes estavam entusiasmadas com a viagem de férias, brincavam em perfeita harmonia e nem perguntavam pela viagem. Rapidamente terminei a leitura do livro e providenciei a compra dos demais volumes. Nunca mais deixei de ler e divulgar estas Mensagens de JESUS, mas paralelamente lia outros livros. No ano passado, o Senhor me disse: “Minha filha, é mais proveitoso que você leia um livro em que EU falo do que ler dez livros em que outros falam de mim”. Eu compreendi que Ele (JESUS) queria da minha parte uma dedicação preferencial para com esta Obra. Peço a Ele que me ajude a discernir a Sua Vontade e obedecê-La. Amém! Amém!

 

Maria da Consolação Pinheiro (Lia) - Brasília-DF

 

 


 

108. Hoje vivo a alegria de ter sempre o Senhor comigo.

Em 1999, eu conhecia um Jesus que nasceu numa gruta há dois mil anos. Esse Jesus andou por aqui na terra, ensinou uma forma de viver. Depois esse Jesus morreu e ressuscitou. O importante para mim era cumprir o que ensinou para viver em paz.

Eu pensava que se não cumpríssemos os Mandamentos, Deus nos olhava lá do Céu e decretava o Inferno.

Com essa definição de Deus, eu levava uma vida vazia e meio sem sentido. Eu tinha perdido meu marido há oito anos, buscava alívio da solidão nos bares da cidade. Saía com meus dois filhos para beber e me divertir, mas uma tristeza me corroía.

Um dia em que a insônia me perturbava, levantei-me e liguei a TV. O programa estava começando. O apresentador disse assim: “HOJE VAMOS COMEÇAR O PROGRAMA LENDO UMA MENSAGEM DE UMA MOÇA QUE ESTEVE AQUI ONTEM. ELA SE CHAMA VASSULA E FALA COM JESUS E ELE DEU UMA MENSAGEM, AQUI NA TV ONTEM”.

Quando ele leu aquelas palavras, eu senti algo muito forte. Era como se eu conhecesse aquelas palavras. Achei lindo, mas logo acabou. Eu me perguntava: “Como pode alguém conversar com Jesus? Mas Ele não está lá no Céu? Essa Vassula deve ser santa”.

Esqueci daquele dia e um ano se passou. Quando um amigo me deu dois livros encapados e me pediu para ler porque ele queria minha opinião, disse que eram proibidos pela Igreja.

Mas quando abri e vi o nome de Vassula, levei um susto e resolvi matar minha curiosidade. Era o livro IV e lá estavam as palavras de Jesus sobre os Dez Mandamentos. Comecei a ler às 19 horas e só parei quando terminei de ler no dia seguinte. Li todo o livro de uma só vez.

Busquei com Beneval o restante da coleção e devorei todos os livros. A cada linha eu sentia o imenso Amor de Cristo.

No dia 20 de julho, quando terminei de ler, resolvi telefonar para a casa do Beneval, que mora em Joinville, pois eu queria mandar uma carta à Vassula. Ao ligar na casa dele, fui informada de que Beneval estava em Goiânia, na minha cidade, naquele dia, junto com o padre Fanan, diretor espiritual de Vassula.

Percebi que Jesus tinha pressa comigo. Corri em direção ao colégio onde estava o padre Fanan. Lá estavam umas duzentas pessoas. Depois de ouvir a palestra, houve um momento de cura onde repousei no Espírito. Ao final, Beneval falou do projeto Beth Myriam, perguntou se havia pessoas que estariam dispostas a trabalhar nestas casas de acolhida dos pobres. Sem saber como fazer, levantei-me e fui até ele e disse: “EU QUERO UMA BETH MYRIAM”. O chamado foi tão forte que, dezesseis dias após aquela palestra, começava a Beth Myriam de Goiânia. No dia 5/8/2000 nós inauguramos a nossa Beth Myriam, com a reza do terço, leitura da Mensagem de Jesus e um simples lanche.

Em 2014, completamos quatorze anos de trabalhos, doações e caridade com os pobres.

A minha vida? Hoje vivo a alegria de ter sempre o Senhor comigo.

- Nós? Sempre Nós, meu Senhor.

Em Cristo.

Maria da Gloria Cavalcante - Goiânia-GO

 

 


 

109. Eu posso falar que não sabia ler a Bíblia, Jesus me ensinou...

Eu conheci os escritos de A VERDADEIRA VIDA EM DEUS na Biblioteca, pois era leitora assídua na parte de Religião.

Quando vi aquele livrinho azul, fiquei curiosa e achei linda a Santa Face de Jesus na capa. Quando comecei a ler, comecei a conhecer um Deus amoroso, que me amava, e muito! Eu posso falar que não sabia ler a Bíblia, Jesus me ensinou, pois Ele tornou-se meu Diretor Espiritual. Sou viúva, tenho quatro filhos, moro somente com três e a mais velha é casada. Jesus me deu forças para enfrentar tantas dificuldades.

Eu não tinha dinheiro para comprar os livros, então comecei a copiá-los em cadernos. Uma das Mensagens era a contemplação dos Dez Mandamentos... Oh! Como Jesus me ensinou o quanto quer ser íntimo de nós... Então, nas dificuldades, tantas e tantas que passei, Ele sempre conversava comigo nos escritos. Sabe, eu até pensava que era só eu no mundo que acreditava nos escritos de AVVD. Quando conheci na internet a grande Família AVVD, que alegria! E, além disso, ficar sabendo como a AVVD estava difundida no mundo, meu Deus! Mas não pude ainda comprar os livros, fiz o pedido, mas não podia pagar e então deixei pra lá...

Até que certa vez, em uma grande dificuldade, eu pensei: “Jesus me abandonou, não me ama” (peço perdão a Jesus). Eu ia para casa triste, desolada quando o carteiro me viu e falou: “Olha, é para você!”. Bem, eu recebi, mas pensei: “Como? Não cheguei a imprimir o boleto!”. E chorava de alegria, pois ganhei de presente o livro O meu Anjo Daniel e o I volume de A VERDADEIRA VIDA EM DEUS. Chorei e choro de emoção, ao lembrar, pois agora sei que o Paizinho NUNCA me abandonou.

Uma mensagem no meu e-mail de uma senhora chamada Cida, falava-me que sentiu o quanto eu desejava os livros e os mandou para mim... Agradeço até hoje. Em 2010, tive um sonho com a Vassula. Eu sentia um grande desejo de comungar e minha situação não permitia. Então, sonhei com a face de Vassula, ela olhava de perfil, depois para mim, e pegava o globo (choro) e apontava para o Brasil, exatamente para o meu Estado, Rio Grande do Norte. Depois ela pegava a Hóstia de Lanciano, o pedaço de carne, tirava um pedaço e me oferecia... Sei que era Jesus... Pouco tempo depois, minha situação mudou com a ajuda de um padre e comecei a receber meu Amado na Santa Eucaristia...

Jesus não me ofereceu uma vida sem dificuldades, Ele me ofereceu Suas mais preciosas joias que eu amo e amo muito (os Cravos, a Cruz e a Coroa de Espinhos como nos diz nas Mensagens de AVVD). Terei sempre provações, mas com Ele, Jesus, sempre e para sempre, NÓS...

Maria de Fátima DantasEm outra dificuldade, quase desistindo do meu Amado, Ele me fez conhecer Cidinha de João Pessoa, que agora é minha mãezinha e me orienta e me ama muito! Jesus só me mostrou o quanto podemos amar e ser amados.

Oh! A Verdadeira Vida em Deus é verdadeiramente um Hino de Amor de Deus cantado à humanidade. É um alimento dos Céus para nosso tempo tão sem Deus...

Bom, eu peço desculpas pelos erros, mas sei que serão corrigidos fielmente. Escrevi, assim mesmo, porque eu poderia esquecer algo se me constrangesse muito.

Maria de Fátima Dantas - Carnaúba dos Dantas-RN

 

 


 

110. Sentia naquelas Mensagens que a Palavra de Deus (Bíblia) estava sendo esmiuçada...

Comecei a ler os livros de AVVD em 1996, especificamente o Volume IV. Na época, estava com depressão profunda e fui aconselhada a procurar tratamento psicológico com Dra. Maria de Lourdes Alves LealMargarida Couto. Lá, fui apresentada à Obra de AVVD, primeiro, um postal da Sagrada Face, onde estava escrito: "...olha e sorri para Mim..." (AVVD-23 de outubro de 1988), depois, adquiri o Volume IV. Fiquei apaixonada, quando colocava meu nome no lugar do nome de Vassula, sentia Jesus falando comigo... Então contemplava a Sagrada Face que vem estampada na capa dos livros e me sentia enamorada por Jesus. Fui me apaixonando pelas Mensagens, sentindo a proximidade de Jesus, da Virgem Maria, de Deus Pai e do Espírito Santo, que não conseguia parar de ler. Sentia naquelas Mensagens que a Palavra de Deus (Bíblia) estava sendo esmiuçada, ou seja, explicada em seus pormenores, principalmente nos mostrando que Deus é infinitamente amoroso e misericordioso e nos ama como nós somos e estamos.

Eu, que não tinha o hábito de ler a Bíblia, passei a ler com mais frequência e com mais amor. Passei a sentir sede de Deus. Nos livros conheci Padre Pio (antes de se tornar santo), São Miguel Arcanjo, a aparição de Nossa Senhora em Garabandal, a importância da devoção ao Sagrado Coração de Jesus e ao Imaculado Coração de Maria. Participo dos retiros realizados em Brasília desde 1998 (II Retiro), procuro participar das Missas que são realizadas na primeira sexta-feira de cada mês, pela Unidade da Igreja, União dos Cristãos e Unificação das datas da Páscoa, e também, da adoração mensal no Santuário do Santíssimo Sacramento, no dia 16 de cada mês, das 18 às 20 horas. Tenho, no meu trabalho, uma caixa com os rolinhos de Mensagens, em que todos que vêm aqui retiram um e saem felizes com o que leem. Em especial, tenho um colega de trabalho, que passa na hora do almoço para retirar uma Mensagem, que segundo ele é a sua "sobremesa".

Ah! Já ia me esquecendo, a depressão profunda desapareceu. Hoje, estou feliz e confiante em Deus e na Virgem Maria, que são meus tesouros. Obrigada!

Maria de Lourdes Alves Leal - Brasília-DF

 

 


 

111. Ainda não estava consciente da necessidade de orar pela “Unidade”.

A Maria do Carmo Dodl paz do Senhor esteja com todos vocês! Tenho lido bastante tudo o que eu trouxe do Retiro AVVD. Foi muito importante para mim o “aprender a rezar”, pensando em cada palavra, sem pressa e sentindo as palavras saindo do coração. Outro ponto precioso foi a “intimidade com Deus”; como isso modifica nossa maneira de ser! Ainda não estava consciente da necessidade de orar pela “Unidade”. Penso que não serei mais a mesma depois das lições que recebi. Agradeço, mais uma vez, a Deus por ter podido fazer o Retiro de AVVD e conhecer as Mensagens deste Hino de Amor. Muito obrigada.

 

 

 

 

Maria do Carmo Dodl - Florianópolis-SC

 

 


 

112. A minha vida era um caos em todas as dimensões.

A minha experiência com as Mensagens de AVVD ocorreu em três momentos diferentes, mas todos tecidos e interligados com os laços do Amor Misericordioso de Jesus.

Nasci em uma família católica. Recebi de minha mãe, que foi do Apostolado da Oração, a devoção ao Sagrado Coração de Jesus, à Virgem Santíssima a Quem fui consagrada ao nascer e ao Divino Espírito Santo.

Com o passar dos anos, mergulhei nas ilusões do mundo e fui perdendo esses valores cristãos e buscando outras espiritualidades. Frequentava a Igreja, sem muita convicção.

Com a morte de minha mãe e desencantada com os fracassos da vida, entrei numa orfandade total e grande aridez espiritual. Passei a peregrinar por falsas doutrinas. Quanto mais buscava, mais me angustiava. A minha vida era um caos em todas as dimensões.

Um dia, numa noite escura da alma, entrei no meu quarto e bradei aos Céus. Clamei por Deus Pai. Ajoelhada e aos prantos rezei. Elenquei meus muitos pecados e pedi perdão por ter ido tão longe. Clamei à Virgem, até em tom desafiador. Se realmente ela fosse a minha Mãe, que enviasse ali o Seu Filho Jesus, pois eu queria voltar àquela Doutrina do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Oração ungida, do fundo da alma. Acalmei e adormeci, ou seja, repousei no Espírito Santo e, em sonho ou visão, vi Jesus chegando ali, subindo os degraus da escada, a ponta do Seu Manto Branco batia no corrimão da escada, tal a pressa em que viera, estava descalço, pois não fazia barulho ao tocar nos degraus. Trazia um cinto amarrado à cintura, tal qual a imagem de Jesus Misericordioso que depois vim a conhecer. Retirou o cinto, e com o Seu Dedo Santo tocou a campainha e falou, ou melhor, “cantou” tal a doçura e inflexão da Voz, disse: “- Maria do Carmo, Eu estou aqui!!!”

Nesse ínterim, da subida d’Ele até a porta, passou como um filme, em minha mente a passagem da expulsão dos vendilhões do templo (Jo 2, 14-17). Tudo ao mesmo tempo muito mágico, muito místico, muito divino. A campainha tocou realmente, levantei-me sonambulamente, corri para abrir a porta, dizendo: “Meu Jesus veio na mesma postura que expulsou os vendilhões do templo”; queria abraçá-Lo, tão real aquela cena. Ao tocar na maçaneta da porta, despertei do sonho ou da visão. Fiquei feliz, muito feliz...

Mas, logo muitas dúvidas perpassaram o meu coração. Tão impregnada eu estava dos conceitos esotéricos, achei que se tratava apenas de um “desdobramento astral”. Não concebia um Deus Vivo tão real, que viesse até mim...

Após essa experiência, procurei um sacerdote, fiz uma confissão e contei tudo. Ele absolveu-me, mas duvidou do sonho. Continuei em dúvida. Eu não tinha um diretor espiritual. Persisti na Igreja, retomei a reza do terço, a leitura da Palavra e fui buscando o conhecimento da Verdadeira Doutrina.

Um ano depois, ao sintonizar uma rádio católica, FM Nazaré de Belém, onde morava, ouvi uma voz parecida: “Eu estou aqui”. Larguei tudo, estava arrumando a casa, e corri para as lojas Paulinas onde anunciavam a apresentação de um seminarista que estava lançando o seu primeiro CD. Comprei o CD, fui ao show. Para a minha surpresa, a letra da música era tal e qual o que estava vivenciando, a minha busca de Deus.

Próximo a esse acontecimento, tive um grande abalo emocional com a perda de um ente querido. Fiquei fragilizada, mas permaneci firme na Igreja. Frequentei com afinco os grupos de oração, os cenáculos de Maria. Outras experiências aconteceram. Deus não desistia de mim, e eu O buscava verdadeiramente.

Em 2000, vim para Goiânia, por necessidade de uma cirurgia da minha filha.

Num domingo, ao voltar de um restaurante, recebi de um garoto, ou melhor, um anjo, um folder no qual estava estampada a Sagrada Face. Impactou-me aquele Rosto. Era o mesmo olhar do Meu Jesus do sonho, lá atrás...

Era um convite para um encontro de oração, com o Pe. James Fanam, diretor espiritual de uma vidente que conversava com Jesus. Não deu outra. Vim para esse encontro e ali minha vida foi transformada. Era o impulso que faltava para dirimir todas as minhas dúvidas.

Ao entrar no recinto, deparei-me com uma pessoa desafeta de longas datas e que não gostaria de rever. Inquietei-me com a presença, revivi constrangimento e tive vontade de ignorá -la. Os caminhos do Senhor são perfeitos. Num passe de mágica, ela se dirigiu a mim como se fôssemos boas amigas. Fiquei surpresa, mas entrei na sintonia do perdão, apesar do azedume inicial, deixei fluir a vontade de Deus. Jesus me preparava para receber o Seu Hino de Amor.

Após as explicações e a reza do terço, veio a oração individual. Quando o Pe. James colocou o crucifixo na minha testa, senti um choque elétrico por todo o corpo, minhas pernas paralisaram e meu coração se dilatou.

Eu estava mergulhada no Imenso Amor de Deus. Aquilo era o meu Pentecostes. Todo azedume, toda amargura, toda dúvida, tudo morria ali. Eu só tinha coração, um novo coração.

Ao final da reunião, comprei os cinco volumes disponíveis. Ao chegar a casa, movida pelo Espírito, escolhi o volume IV (AVVD-17 de junho de 1991) e abri... Tudo se confirmou e Jesus voltou a me falar:

“...a Paz esteja convosco; Eu vim até vós, para vos dizer: ‘Maria do Carmo,’ Eu estou aqui...”

Guardo esse folder até hoje. É a minha relíquia do Hino de Amor.

Jesus me plantou em Goiânia. E aqui estou vivendo o apostolado de A Verdadeira Vida em Deus.

Maria do Carmo Souza Castro - Goiânia-GO

 

 


 

113. ...e creio firmemente que as Mensagens são de Jesus, dirigidas a quem as lê. Mensagens de Jesus para cada pessoa em particular.

Sempre faço cartões de parabéns no computador para familiares e amigos, em datas importantes.

Porém, antes rezo com um dos livros de "A VERDADEIRA VIDA EM DEUS" e peço uma Mensagem a Jesus para aquela pessoa a quem escrevo o cartão. Depois, abro ao acaso e vejo qual foi a Mensagem que saiu. Transcrevo-a para o cartão e coloco-a num dos lados, dizendo que é Jesus que está lhe falando.

Resultado: sempre, sempre, a Mensagem de Jesus é aquela que a pessoa precisava escutar naquele momento. Posso dizer que nunca vi alguma Mensagem não dar certo com essas pessoas as quais envio. Isto acontece inclusive, quando dirigidas muitas vezes a sacerdotes, freiras etc. Fico admirada como Jesus se manifesta às pessoas através destes livros escritos por Deus por meio de Vassula. (OBS. PARA REVISORES: a Vassula escreveu uma carta pedindo que NUNCA se diga “livros ou mensagens de Vassula” porque tudo é de Deus e não dela). Todos esperam ansiosamente os meus cartões para saber qual a Mensagem de Jesus para elas.

Faço há muitos anos e todas as pessoas guardam estes cartões, achando que as Mensagens são mesmo de Jesus.

Sou uma grande admiradora dos livros de "A VERDADEIRA VIDA EM DEUS" e de Vassula e creio firmemente que as Mensagens são de Jesus, dirigidas a quem as lê. Possuo os 12 livros e sempre estou relendo-os. Todos os dias rezo para que estas Mensagens sejam lidas, amadas e seguidas.

Glória a Deus!

Sou Maria Fernanda Constante de Carvalho Lages, tenho 84 anos, sou portuguesa, pertenço à Renovação Carismáca desde o seu início e muito devota destas Mensagens de Jesus à Humanidade por Sua mensageira Vassula.

Meu e-mail é , qualquer dúvida estou às ordens.

Maria Fernanda Constante de Carvalho Lages - Recife-PE

 

 


 

114. Hoje leio a Bíblia e vou à Missa diariamente.

A Verdadeira Vida em Deus me fez aprofundar no amor de Deus. Hoje leio a Bíblia e vou à Missa diariamente.

Maria H. Torres - Brasília-DF

 

 


 

115. ...transformou meu coração ressecado e amargurado num oásis de paz...

A Verdadeira Vida em Deus chegou num momento muito difícil em minha vida, que foi após o falecimento de meu esposo, com 47 anos. Fiquei, então, com quatro filhos pequenos. Logo, AVVD foi um bálsamo, a pomada abençoada, que curou e cicatrizou meu coração. Durante dez anos eu usei esse bálsamo, TODOS OS DIAS. E conheci JESUS através de Suas Mensagens nos livros de AVVD, que transformou meu coração ressecado e amargurado num oásis de paz, esperança e amor.

Obrigada, Senhor!

Maria Helena T. Unzer - São Paulo-SP

 

 


 

116. A leitura das Mensagens de AVVD me deu a certeza de que o Senhor está presente...

A leitura das Mensagens de AVVD me deu a certeza de que o Senhor está presente... Ouve-me... Entende-me... E tanta coisa que eu precisava sentir... E saber...

Sei que Jesus fala comigo... Nos ama realmente...

Como este Hino de Amor chegou à minha vida foi Obra d’Ele... Seria longo falar aqui...

Só tenho a agradecer... Louvar... Render graças a Ele...

Espero ansiosamente pelo livro "O Céu é Real, Mas o Inferno Também".

Um forte abraço e desejando toda Paz que vem de Deus.

Maria Inês Malta - São Paulo-SP

 

 


 

117. ...só um Deus misericordioso, como o nosso Pai, poderia se dirigir a Seus filhos com palavras tão doces...

Eu falo para todos que os escritos de Vassula em A Verdadeira Vida em Deus são importantes porque o Autor é o Próprio Deus e que as Mensagens ali contidas são de puro amor, e só um Deus misericordioso, como o nosso Pai, poderia se dirigir a Seus filhos com palavras tão doces, como as contidas nestes livros. Quando doo um livro, já o entrego advertindo: “Ai de quem não acreditar”.

Quanto ao que mudou em minha vida foi o fato da certeza de que o Céu está ao alcance de todos que levam uma vida segundo as Mensagens de AVVD.

Quero falar também dos milagres que Deus realizou por meio das Mensagens de AVVD em minha vida: No último retiro com Vassula, no Peru, em 2012, confessei meus pecados a um padre brasileiro, pois não fazia isto há trinta anos. Confessava para Deus e não para um padre. Hoje procuro ir à Missa todos os dias e já confessei de novo. Sempre fui temente a Deus, mas nunca com tanta fé nas Suas Palavras.

Quero agradecer a Deus todos os dias de minha vida por Ele ter me escolhido para ler Seus escritos. Sinto no fundo do meu ser uma proteção divina que me envolve em paz, protegendo a mim e a toda minha família que já começou a ler também as Mensagens de AVVD.

Minha filha Marcela me acompanhou ao Retiro no Peru e, agora, vai formar no Brasil um grupo de jovens para seguir os passos de Nosso Senhor Jesus Cristo em AVVD.

Agradeço à Vassula e agradeço à Carla Amorim por fazer estas leituras chegarem até mim.

Maria Inês Pupe Barros - Brasília-DF

 

 


 

118. Mãe e filho se convertem: Nós não podemos viver sem a AVVD e sem a Igreja de Cristo...

Nasci em 08 de abril de 1957, em 14 de abril de 1957 fui batizada na Igreja Católica Apostólica Romana. Mas, na adolescência, abandonei Deus, porque eu comecei a pecar e tornei-me mundana, rebelde, meio ateia e depois meio esotérica.

Durante a doença e morte de meu irmão favorito, passei a sentir sede de encontrar a Verdade e comecei a contemplar a Virgem Mãe de Deus, a pedir ajuda para o meu irmão e tudo mais, era o ano de 1998. Foi quando recebi o livro sobre A Verdadeira Vida em Deus, intitulado "Vassula da Paixão do Sagrado Coração de Jesus", escrito pelo eminente Padre Michael O'Carroll, C.S.Sp, e tal livro me tocou fortemente. Na idade de 41 anos, senti como se tivesse, realmente, encontrado a verdadeira vida em Deus que buscava.

Lendo a A Verdadeira Vida em Deus e a Bíblia eu me converti como um "São Paulo caindo do cavalo..." Como Nosso Senhor Jesus Cristo nos leva a receber os Sacramentos de Sua Igreja nas Mensagens, voltei para os Santos Sacramentos da Igreja Católica, mudando toda a minha vida espiritual e temporal. Eu não batizara meu filho, o qual em 1998 tinha 11 anos. Então comecei a ler algumas Mensagens de A Verdadeira Vida em Deus a meu filho e, com 17 anos, meu filho decidiu ser cristão católico. Recebeu todos os Sacramentos; juntos, recebemos a Crisma em 2009. Até hoje ele só cresceu na fé e continua lendo as Mensagens em inglês, na edição bíblica de A Verdadeira Vida em Deus. Nós não podemos viver sem A Verdadeira Vida em Deus e sem a Igreja de Cristo; vou à Missa quase todos os dias. Nossa devoção a Nossa Senhora é completa e continua. A Sagrada Eucaristia com a Bíblia Sagrada e A Verdadeira Vida em Deus é o nosso pão de cada dia.

Maria Isabel e seu filho Pedro CañeteDesde que me converti, vivo em oração contemplativa, pensando em Deus dia e noite. É maravilhoso e surpreendente. Recebi a graça da conversão do meu filho e recebemos muito amor, outras graças e sinais sobrenaturais. O Deus Uno e Trino existe e fala-nos também com Suas Mensagens Divinas de A Verdadeira Vida em Deus para o nosso tempo, corrigindo-nos e ajudando-nos, dando-Se a conhecer mais profundamente a fim de aquecer-nos com Seu amor, dar fé, caridade, esperança e salvação. Em AVVD Deus se desvela mais e mais, Ele existe mesmo!!! Ele é um Deus com inteligência absolutamente amorosa e absolutamente íntegra. Que alívio Ele estar se comunicando assim conosco, o mundo e a Sua Igreja estão precisando... Agradecemos tudo a Deus e também à querida Vassula! “...SE ELES SE CALAREM, AS PEDRAS GRITARÃO!” (Lc 19, 40).

Maria Isabel de C. M. Cañete e seu filho Pedro Cañete
Ekhvanossafa - Porto Alegre-RS

 

 


 

119. Hoje estou muito mudada, percebo coisas que não percebia antes, vejo a vida de outra forma.

Meu nome é Maria Isabel. Desde 1993, conheço e acredito nas Mensagens de A VERDADEIRA VIDA EM DEUS, mas nunca pegava nos livros para ler.

Minha mãe, Benedita, é a pioneira, leu todos os livros e quando Vassula veio ao Brasil, em 1993, ela e minha irmã Ana Lúcia foram até ao colégio no Morumbi para vê-la. Mas eu nem pegava nos livros. Contentava-me só com as leituras de minha mãe, mas eu ler... era muito raro.

Passaram-se os anos, passei por muitas tribulações, mas, quando foi o ano de 2007, tudo mudou. Deu uma vontade ENORME de ficar mais perto de Jesus. Comecei lendo um livro que minha mãe tem há anos na estante: "Jesus aos seus sacerdotes e fiéis". Com esse livro começaram a cair as vendas dos meus olhos. Terminei de ler e foi quando vi que minha alma queria algo mais, então, peguei os livros de A VERDADEIRA VIDA EM DEUS para ler.

Eu não sei o que aconteceu, pois algo dentro de mim estava mudando. O que aconteceu alguns anos com minha mãe, estava acontecendo comigo.

Então, em agosto peguei o livro nº 12, à noite, depois que todos já estavam dormindo. Olhei para a capa e falei para Jesus que Ele estava em minha vida há tanto tempo... E abri o livro, troquei o nome da Vassula pelo meu e Ele falou:

“Maria Isabel, faz quase dezesseis anos que Eu te chamo”... Na hora eu pensei: “Não, não, Ele não está falando comigo, é coisa de minha cabeça”. E peguei o celular e fiz as contas. E, para a minha surpresa, davam quinze. São quinze anos. Passou um filme na minha cabeça desde o dia em que minha mãe se apaixonou por Jesus e estava acontecendo agora comigo.

Hoje estou muito mudada, percebo coisas que não percebia, vejo a vida de outra forma. Hoje nós temos o nosso grupo de oração que se chama “Verdadeira Vida em Deus“

. Para mim é isso. A nossa vida tem que ser uma Verdadeira Vida , só que ninguém percebe que para ter essa vida tem que ser com Deus. Hoje eu aprendi e espero que com o meu testemunho muitos irmãos aprendam também.

Que Deus nos mostre a Sua Verdadeira Vida. Fiquem com Ele e Nossa Senhora os proteja.

Maria Isabel Queiroz - Tatuapé-SP

 

 


 

120. Minha visão do mundo, das pessoas e de mim mesma mudou completamente...

Maria Tereza BorjaApesar de católica e ir à Missa todos os domingos desde pequena, estudar em colégio católico e ter um coração temente a Deus, na verdade não O conhecia até que li A Verdadeira Vida em Deus. Compreendo agora que Ele é um Deus próximo de mim, sempre da Sua Presença ao meu lado. É um Deus amoroso que me procurou quando eu estava no deserto do pecado. Ele me chamou, tomou-me em Seus Braços, curou minhas feridas e acolheu-me em Sua Casa, que é a Igreja e Seu Coração. Minha visão do mundo, das pessoas e de mim mesma mudou completamente depois que encontrei Deus através desta Obra.

 

 

Maria Tereza Borja - Rio de Janeiro-RJ

 

 


 

121. ...era como se os livros tivessem sido escritos para mim, chorei muito durante a leitura...

Fui criada no catolicismo, frequentava a Igreja e não entendia quase nada do cristianismo, mas tudo começou a mudar quando minha primeira filha nasceu. Quando ela começou a dar os primeiros passos, cada queda era um braço ou perna ou mão ou pé fraturados. Era a tal doença: osteogênese imperfeita. Eu e meu marido vivíamos em suspense e assim foi por muito tempo, correndo para o pronto-socorro e era um tal de coloca gesso e tira gesso, era angustiante ver minha filha passar por tantas dores. Diante disso, corri para Deus, caí de joelhos pedindo a Deus a sua cura, um milagre. Logo, eu que não sabia nada do meu Deus, passei a ler a Bíblia, não perdia a Missa de domingo e rezava o terço todos os dias. Assim, Deus ia me escutar e trazer a cura para minha filha. Minha irmã, vendo meu sofrimento, colocou em minhas mãos um livro de A Verdadeira Vida em Deus. Recusei na mesma hora, porque nunca tinha ouvido a Igreja falar desses livros. Passado um tempo, ela me convidou para participar de um retiro na Argentina, sem dizer que era de A Verdadeira Vida em Deus . Pensei: “Vai ser ótimo, nunca participei de um retiro e melhor, vou conhecer a Argentina” . Voamos para Argentina, era outubro de 2010. Durante o retiro fiquei sabendo que era da tal Vassula que falava com Jesus quase todos os dias, quase caí de costas, fiquei meio decepcionada. Mas como havia padres católicos, ortodoxos, anglicanos e até luteranos e, durante o encontro, percebia tanta fé nas pessoas, palavras amorosas de Jesus, orações, músicas, palestras, trabalho em grupo e adorações, tudo foi me contagiando.

Não sei bem se foi no segundo ou terceiro dia do encontro: uma pessoa do meu grupo chegou toda entusiasmada e disse que Vassula acabara de chegar. Pensei em se tratar de uma velhinha bem santinha e, para minha surpresa, entra uma moça loira, nova e muito bonita, mas de uma humildade sem par. Quanta coisa atordoava minha mente neste momento. Como pode essa moça ter o privilégio de conversar com Jesus quase todos os dias? Se fosse eu, iria perguntar tantas coisas para Ele. Não conseguia tirar os olhos da Vassula e no momento em que ela começou a falar, parecia que eu estava fora de mim. Ela contou que quando estava recebendo uma Mensagem de Jesus, começou a ficar agitada e angustiada e Jesus perguntou por que ela estava assim. Então ela respondeu que tinha esquecido o forno do fogão ligado. E Ele disse: “Vamos lá então, desligar o forno” (AVVD-16 de maio de 1987) e Ele foi com ela até a cozinha desligar o forno. Era tudo o que eu precisava escutar na minha vida. Jesus está comigo e vai comigo em todo lugar, não preciso ter mais medo, porque o meu Deus não é um Deus distante como eu imaginava. Como pode um Deus tão poderoso me acompanhar nas minhas tarefas diárias tão insignificantes? Só um Deus Pai tão amoroso com Seus filhos faria isso.

Quando retornei do retiro, corri atrás dos livros e fui lendo um após o outro, era como se os livros tivessem sido escritos para mim, chorei muito durante a leitura e várias vezes caía de joelhos pedindo perdão a Jesus por eu estar longe da santidade que Ele pedia.

Hoje sou outra pessoa, cresço a cada dia na minha espiritualidade e deixo as coisas do mundo em segundo plano.

Sou mais feliz, tenho mais paz e ponho tudo nas mãos de Jesus e Maria, porque aprendi que eu não sou nada e não posso nada, perdi até o medo da morte e sou mais conformada com tudo que acontece na minha vida. Como disse Jesus: “Necessário vos é nascer de novo”. Nascer do Espírito. Glória a Deus!

Marília Pereira Cortes - Minas Gerais

 

 


 

122. Enriqueceu-me o conhecimento de DEUS...

Maria RuganiA Verdadeira Vida em Deus foi um marco em minha vida. Passei a ter um maior gosto pela oração, apaixonei-me por JESUS, por Seu Amor e Suas Mensagens e comecei a ter uma maior intimidade com DEUS. Enriqueceu-me o conhecimento de DEUS e isso colaborou para que eu o transmita aos outros através de uma fala mais fervorosa e entusiasmada, nas pregações nos grupos aos quais pertenço.

 

 

 

Marina Rugani - Brasil

 

 


 

123. Posso dizer que passei por um avivamento muito forte...

Eu era uma católica comum, de me confessar regularmente e ir à Santa Missa no domingo. Mas, depois da leitura dos livros de Vassula, algo mudou no meu coração, na minha fé, na minha alma. Posso dizer que passei por um avivamento muito forte, algo muito profundo e que transformou a minha vida. A certeza de que podemos estar em comunhão íntima com o Senhor o dia todo, me fez colocar em prática estes exercícios espirituais que enriqueceram a minha fé, a minha crença no Deus Salvador, que nos ama e que tem preparado maravilhas aos que creem.

Tive a oportunidade também de conhecer Vassula Rydén pessoalmente, em 1999, quando ela visitou a cidade de Campinas (bem próximo de Piracicaba), onde uma multidão foi vê-la e ouvi¬la na Escola de Cadetes. Foi uma tarde inesquecível. Foi a única vez que a vi e, no término de sua palestra, ao sair, ela passou bem perto de mim. Havia nela uma luz indescritível.

Apaixonei-me totalmente pela Obra AVVD, desde o primeiro livro. Tomei a iniciativa de escrever aos amigos, parentes, pessoas conhecidas, amigos escritores daqui e de outros países, divulgando a Obra, instando a todos que tomassem conhecimento desse Tesouro, sempre passando o endereço do representante mais próximo da cidade onde a pessoa residia.

Como representante e divulgadora, recebia muitos pedidos de leitores de outras cidades; embalava os volumes com cuidado e despachava os pacotes pelos Correios. Confesso que coloquei muito dinheiro do meu bolso para realizar este santo apostolado e penso que Deus tem me recompensado até hoje por tudo isso. O Senhor nos retribui além do que merecemos. Deus é fiel.

Marisa BueloniContinuo sendo uma grande divulgadora de AVVD. Tenho grande estima e admiração pelo Sr. Beneval, que sempre me orientou em tudo, quando aqui representei as “Edições Boa Nova no Brasil e também pelo Sr. Hipólito, que editou durante anos, ” com grande brilho e competência, o maravilhoso Boletim.

Fiz muitos amigos pelo Brasil todo e em outros países também, com meus artigos religiosos, publicados em sites católicos.

Atualmente sou colaboradora do Caderno de Cultura do Jornal de Piracicaba e publico uma crônica nova toda terça-feira. Pertenço à Academia Piracicabana de Letras. Colaboro em cinco sites na internet, sendo dois deles católicos (www.espacojames.com.br e www.rainhamaria.com.br).

Sou católica praticante, confesso-me regularmente e comungo todo domingo. Faço minhas orações em casa, embora já tenha parcipado de um grupo de oração que, infelizmente, não mais existe.

Vivo uma vida de simplicidade, praticando o Evangelho e sua riqueza. A riqueza do Reino.

Marisa Bueloni - Piracicaba-SP

 

 


 

124. Foi um período de muita alegria e aprendizagem.

Eu, Maristela, fui apresentada às Mensagens de Jesus na AVVD, em dezembro de 2006, pela Dra. Margarida. Logo, no início do ano 2007, comecei a frequentar o grupo de oração e assim fiquei sabendo que existia a Casa de Maria da Associação AVVD, chamada “ Beth Myriam” , para evangelizar, alimentar e assistir aos pobres, a qual nesta época funcionava no Recanto das Emas, cidade satélite próxima de Brasília. Foi uma alegria interior enorme, e logo comecei a participar aos sábados na “Beth Myriam . ” Rezávamos o terço da Divina Misericórdia na Igreja de São Miguel Arcanjo que ficava próxima e servíamos os alimentos. Foi um período de muita alegria e aprendizagem. No entanto, essa Casa passou por muitas dificuldades no que resultou o seu fechamento temporário. O tempo passou. A saudade de trabalhar na “Beth Myriam ” também era grande.

Em 2008, passei por problemas pessoais seríssimos e fiquei muito mal física e espiritualmente, foi um tempo difícil que durou quase um ano. Nesse período estava afastada da Associação AVVD também, porém continuava lendo os livros, quando podia ia ao grupo da Asa Sul. Certo dia, a Dra. Margarida me ligou e convidou para uma reunião onde estariam decidindo sobre a nova casa da “Beth Myriam” . Fui para a reunião, estavam presentes o Sr. Altino e a Mabel. Maristela Louvem ShaldersSaí de lá disposta a ajudar. Mas eu não poderia imaginar o que Deus tinha reservado para mim. Por muitos motivos, as duas senhoras que assumiriam a casa precisaram se afastar e Jesus e Maria me deram forças suficientes para assumir a responsabilidade de preparar toda a nova casa de Maria, foram três meses de obras e tudo que envolve reformas e suas providências. Quando a Casa foi inaugurada eu estava curada. Os trabalhos com a “ Beth Myriam ” me envolveram tanto que, daí em diante, eu voltei a minha vida normal.

É um pequeno depoimento sobre como Deus pode agir em nossas vidas. Louvado seja Deus! Eu amo Jesus e Maria e confio na Sua Infinita Misericórdia.

Maristela Louvem Shalders, residente em Brasília, casada com Renato Shalders, mãe de André e Pedro.

Maristela Louvem Shalders - Brasília-DF

 

 


 

125. ...tenho outro relacionamento com Cristo.

Depois de ler os livros da Vassula, tenho outro relacionamento com Cristo. A minha Quaresma esse ano foi fruto de muita oração acompanhada da leitura dos livros de AVVD. Estou no Volume IV e não tenho pressa. Sei que Deus tem me falado com muita calma e paciência. Antes desta Páscoa, Ele já tinha providenciado a minha conversão (não que antes eu não rezasse, é que agora é diferente).

Mariza - Brasil

 

 


 

126. Eu sentia Deus falando comigo e me mostrando todos os meus pecados e vícios.

Nasci numa família católica. Cresci rezando o terço em família e indo à Missa todos os domingos. Na mocidade passei curiosamente pela Igreja Batista e pelo Espiritismo.

Uma amiga e o Pe. Simeão presentearam-me com um livro de “A VERDADEIRA VIDA EM DEUS” para que eu o lesse já que não o fizera antes, por pensar que fosse de conteúdo espírita. E assim comecei a lê-lo. E fui tocada pela MÃO DE DEUS e, a partir daí, tudo mudou. Minha máscara caiu. Eu sentia Deus falando comigo e me mostrando todos os meus pecados e vícios.

A parte em que Ele falou mais claramente comigo foi quando Lhe perguntei por que eu não ouvia Sua Voz, já que tantas pessoas me falavam que O ouviam e eu, que trabalhava incansavelmente na Sua Seara, nunca havia ouvido ou sentido Sua Presença. Então, lendo o livro, imediatamente achei a resposta àquela pergunta: Deus pedia que eu falasse mais baixo para que eu O pudesse escutar. Então , entendi que o “falar mais baixo” significava ser mais humilde e mais paciente com as pessoas, não ser tão orgulhosa, etc. Foi tudo tão forte e real que nada mais ficou igual. Chorei muito, vi minha alma manchada como num espelho sem manchas e até hoje Deus não parou de mostrar onde tenho que melhorar, onde tenho que me transformar, que preciso disso e que preciso daquilo... Mas, Deus me corrige sempre com muito carinho e com muita paciência.

Marisa P. CortesSou outra pessoa hoje, amo “A Verdadeira Vida em Deus” e a levei para a minha família, na qual somos seis irmãs. Todas conhecem as Mensagens de AVVD, inclusive minha mãe. Em 2013, minha mãe, três de minhas irmãs e eu fomos a Israel na “Peregrinação de A Verdadeira Vida em Deus na Terra Santa” e todas amamos a peregrinação, admirando a força e a coragem de Vassula.

Aqui em Ituiutaba, fundei um grupo de oração de AVVD com a ajuda do Pe. Simeão, que este mês nos deixou. Hoje, esperando o grupo AVVD para mais uma reunião, escrevo e dou este testemunho para incentivar mais e mais pessoas ao acolhimento de AVVD.

Em casa, meu marido e nossos filhos só me escutam falar sobre “A Verdadeira Vida em Deus”, eles ainda não acolheram as Mensagens de AVVD, mas espero em Deus o bendito dia em que acolherão.

Mariza P. Cortes - Ituiutaba-MG

 

 


 

127. Os diálogos de Jesus e Suas Palavras são contagiantes e de uma unção única.

A partir do momento que tomei conhecimento desta Obra A Verdadeira Vida em Deus, me apaixonei. Já li todos os volumes e também outros escritos e Mensagens de Jesus à Vassula. Os diálogos de Jesus e Suas Palavras são contagiantes e de uma unção única. Serão sempre, para toda a minha vida, uma fonte inesgotável, em busca de uma Verdadeira Vida em Deus.

Medina - Brasil

 

 


 

128. ...que todos possam mergulhar nessa Obra para poder conhecer melhor Jesus e saborear a Graça...

A Verdadeira Vida em Deus provocou mudança radical na minha vida. Uma mudança total; como diz Jesus, uma metanoia, pois atingiu todas as áreas da minha vida, o mais íntimo do meu ser e, obviamente, isso tudo só poderia produzir bons frutos, maravilhosos frutos, de paz, de tranquilidade e de harmonia. Hoje meu coração transborda e tudo faz sentido, pois sei e sinto Deus de forma prodigiosa e tudo isso graças à proximidade e ao aprofundamento na leitura da Obra de A Verdadeira Vida em Deus.

Vai uma dica: que todos possam mergulhar nessa Obra para poder conhecer melhor Jesus e saborear a Graça, assim como nós a temos saboreado!

Mozar Diego - Brasil

 

 


 

129. ...agora sinto Jesus, Maria e Deus mais próximos de mim...

No mês de novembro de 2007, recebi os livros A Verdadeira Vida em Deus.

Foi a melhor coisa que me aconteceu no ano e, provavelmente, em toda minha vida.

Fiquei muito feliz, muito agradecida a Deus e a todos vocês que fazem parte deste santo trabalho.

SEMPRE REZEI, MAS DE UMA MANEIRA DIFERENTE E AGORA SINTO JESUS, MARIA E DEUS MAIS PRÓXIMOS DE MIM, INCLUSIVE CONVERSANDO COMIGO E ME DANDO CONSELHOS.

Nárcia - Brasil

 

 


 

130. ...entrei no Google e perguntei assim: ONDE ESTÁ VOCÊ, DEUS?

A Verdadeira Vida em Deus entrou em minha vida assim: eu estava sem Fé, não sem Fé em JESUS CRISTO, mas na Igreja Católica por ela estar muito mudada, porém sempre fui católico, sou temente a DEUS. Sou fascinado por DEUS, pois Ele é simplesmente PERFEITO, enfim adoro DEUS.

Numa oportunidade, quando estava trabalhando, no ano de 2009, entrei no Google e perguntei assim: ONDE ESTÁ VOCÊ, DEUS? Aí comecei a ler e lá estava ela, a Vassula Rydén, uma mulher privilegiada, que recebe Mensagens de JESUS CRISTO, meu DEUS, o Filho de DEUS. Já li algumas Mensagens e constato que são lindas e fortes. É emocionante ler Mensagem do próprio JESUS CRISTO. Ele quer nos salvar, Ele quer nos ajudar, Ele quer nos dar mais uma chance!

Odilon Joaquim Dias - Brasil

 

 


 

131. ...fui percebendo aos poucos que o Senhor falava diretamente para mim...

A Obra A Verdadeira Vida em Deus foi-me apresentada pelo Pe. Simeão, profundo conhecedor das Mensagens de Jesus à Vassula. Posso dizer que Elas fizeram e continuam fazendo muito sendo em minha vida. Ganhei um livro do Pe. Simeão, no qual colocou uma dedicatória sugerindo que, quando meditasse as Mensagens, substituísse o nome de Vassula pelo meu. Questionei¬me o porquê, pois já sabia da responsabilidade colocada no coração de Vassula pelo Senhor em levá-Lo, apresentá-Lo ao mundo e, principalmente, que curasse as feridas em Seu Coração, que se encontrava encharcado por tantos pecados.

Ao meditar e refletir as Mensagens de Jesus, fui percebendo aos poucos que o Senhor falava diretamente para mim. Percebi o Seu grande sofrimento quando em uma de Suas Mensagens Ele relatava que o que mais sangrava Seu Coração era a cruz interna, Sua própria Igreja, sacerdotes que não O conhecem e os que O conhecem, porém, não correspondem à Sua Vontade. Fiquei perplexa quando o Senhor falou à Vassula para adentrar em Sua Igreja, imaginei como se a quisesse como na passagem de Daniel “na cova com os leões”, porém percebi a urgência e minha responsabilidade em rezar pelos sacerdotes, pela Igreja d’Ele, para amenizar Sua Dor, a qual vem de longa data, enfim pelas Suas Chagas. Hoje rezo, incansavelmente, pelos sacerdotes e pela Obra que me devolve, a cada instante, para o coração do Senhor e me faz cada vez mais íntima d’Ele.

Patrícia Conceição Oliveira Souza - Ituiutaba-MG

 

 


 

132. Passei a me sentir amada por Deus...

Eu agradeço a Deus por ter inspirado um amigo a me dar o livro com as Mensagens de Jesus. Mudou completamente a minha vida.

Estas Mensagens me transformaram. De uma pessoa que tinha Deus muito distante, passei a conhecer a Deus tal como Ele é: um Deus amoroso, presente, que nos ouve e está sempre pronto a nos perdoar. Um Deus que deseja que eu viva feliz. Um Deus Soberano, mas também Amigo e Companheiro.

Antes, me sentia muito só e com muitas responsabilidades. Eu era uma pessoa triste, vivia numa tristeza profunda, não sorria nunca, passei a nunca mais me sentir sozinha, pois Jesus sempre diz: "...jamais te esqueças de Minha Presença..." (AVVD-05 de outubro de 1987), “...tu Me entristecerás se te esqueceres de Minha Presença” (AVVD-08 de março de 1987) e “...usa a palavra nós...” (AVVD-07 de março de 1987), dizendo: "Jesus, nós agora vamos fazer isso...". Coloquei em prática, agora tenho um Santo Companheiro. Nunca estou só.

Passei a me sentir amada por Deus, pois Jesus sempre diz: “...sente-te amada por Mim...” (AVVD-11 de dezembro de 1986). Estas palavras foram me curando interiormente.

Aprendi, através das Mensagens, que não sou deste mundo, portanto, devo me preparar para viver com Deus no Céu. Meu lugar é no Céu, com Deus e Ele já preparou um lugar para mim.

Tenho um Pai no Céu. Sou descendência d’Ele. Vim d’Ele. Pertenço a Ele.

Aprendi a amar mais a Igreja, o Papa, os Sacramentos. Pondo em prática, principalmente, o sacramento da Confissão. Passei a ter mais consciência do que é a Eucaristia. Que não é um simples pão que se recebe, mas o próprio Deus.

Lia a Bíblia, mas não compreendia – passei a conhecer e amar mais a Palavra de Deus. Jesus explica muitas passagens bíblicas, assim, passei a amar a Palavra, pois agora conseguia entendê-la.

Paulina G. OliveiraPagar o Mal com o Bem – Jesus nos ensina que devemos sempre pagar o mal com o bem. Amar nossos irmãos, mesmo aqueles que nos ofendem, pois Deus ama a todos.

Viver a unidade entre os irmãos, mesmo aqueles de outras religiões e crenças. Rezando para que todos sejam “um” em Cristo, trabalhando pela salvação de todos.

Enfim, eu posso dizer que a AVVD foi um grande Tesouro que encontrei. Agradeço e agradecerei por toda a eternidade, pela oportunidade que Deus me deu de ler estas Suas Mensagens de “A Verdadeira Vida em Deus”.

Eu aconselho: quem quiser crescer no conhecimento de Deus, leia os livros.

Paulina G. Oliveira - Balneário Camboriú-SC

 

 


 

133. ...as Mensagens mostraram um Deus preocupado conosco...

A Obra A Verdadeira Vida em Deus é importante, porque mudou meu jeito de pensar Deus. O Deus que Vassula descreve é maravilhoso, muito amoroso, cheio de compaixão e é infinitamente misericordioso. Aproximei-me mais de Deus no sentido amoroso.

E, principalmente, as Mensagens mostraram um Deus preocupado conosco, atual, tentando nos resgatar e dando conselhos para nossa vida. Várias coisas nos dão uma dimensão diferente de Deus: muito Pai, mas com um amor de Mãe.

A leitura das Mensagens de A Verdadeira Vida em Deus afetou muito minha vida, ainda não consigo a santidade, mas peço a Misericórdia de Deus todos os dias e sempre falo com Ele acreditando em Sua Presença. Eu acredito que Ele está aqui. A imagem d’Ele impressa na capa dos livros de Vassula, considero como a foto de meu Jesus, porque foi tirada do Santo Sudário. Olho para esta foto e falo em pensamento com Ele e amo o que vejo e sinto.

Paulo Fumagalli - São Lourenço do Sul-RS

 

 


 

134. Percebia a doçura e o amor do Senhor em cada uma de Suas Palavras.

Desde a primeira vez que li as Mensagens escritas por Vassula Rydén, não tive dúvidas de que era o próprio Jesus falando através dela. Inúmeras vezes abri os livros de AVVD em busca de uma resposta e as obtive, de forma claríssima. Isso não era uma simples coincidência. As Suas Mensagens tiveram o poder de reais transformações em minha vida. Percebia a doçura e o amor do Senhor em cada uma de Suas Palavras.

R. S. T. - Brasil

 

 


 

135. ...causaram-me um despertar enorme...

Amigo, nestes tempos em que os cristãos estão divididos em incontáveis denominações e até seitas, Deus nos enviou mais um auxílio para a promoção da evangelização e união dos cristãos do mundo inteiro. Deus constituiu Vassula Rydén, uma ortodoxa do Egito, como uma profetisa da nossa geração, para nos entregar um conjunto de Mensagens surpreendente denominado A Verdadeira Vida em Deus que, em minha opinião, é a leitura mais importante da minha vida, depois da Sagrada Escritura.

As Mensagens de Deus contidas em AVVD causaram-me um despertar enorme, pois desde criança eu pensava que Jesus está sentado à direita do Pai, de onde um dia viria para julgar os vivos e os mortos, devido ao que nós dizemos na oração do CREDO.

Hoje eu creio que Ele está no meio de nós, aguardando um retorno de amor. Que Ele está em cada Hóstia Consagrada. Passei a acreditar nas aparições de Nossa Senhora e no valor que há na oração do terço. Passei a acreditar na existência dos anjos e incluí nas minhas obrigações a prática da adoração e da Confissão periódica. Fico por aqui, para ser breve e dou glórias a Deus pelo Hino de Amor que nos entregou.

Reginaldo Araújo - Brasília-DF

 

 


 

136. Nasceu em mim uma forte vontade de trabalhar pela Unidade da Igreja.

Com A Verdadeira Vida em Deus, em 21/04/2005, comecei a perceber as seguintes mudanças de atitude em mim:

Passei a ver os templos como a casa de Deus realmente, onde Ele habita dia e noite, à nossa espera.

Nasceu em mim uma forte vontade de trabalhar pela Unidade da Igreja.

Passei a acreditar que Deus está bem próximo, ao nosso alcance.

Passei a valorizar mais a existência dos anjos, de Maria e dos santos como intercessores, e dos espíritos malignos como atacantes da pureza e da santidade.

Passei a rezar o terço diariamente com Jane, minha esposa.

Passei a instruir meus filhos e minha esposa sobre a importância de falar com Jesus, para nos livrar do mal e das tentações.

Passei a fazer adorações a Jesus diante do Sacrário. Eu já praticava a oração com mais atenção às palavras, o jejum e a Confissão com frequência, mas a adoração era ignorada até então.

Passei a acreditar nas aparições de Nossa Senhora e estou curioso para ler sobre a história e as mensagens de todas elas.

Por tudo isso meu coração exultou de alegria e me fez dar glórias a Deus assim:

Glória a ti, Senhor, por nos ter enviado o Teu Filho Jesus.

Glória a ti, Jesus, por ter morrido por nós na Cruz.

Glória a ti, Espírito Santo de Deus, por habitar entre nós.

Graças te damos, Senhor, pela vida de Maria, Tua Mãe e nossa Mãe.

Graças te damos, Senhor, por todos os ministros da Tua Igreja, que doam suas vidas por nós.

Graças te damos, Senhor, pela vida dos santos, que nos mostram o caminho.

Graças te damos, Senhor, pela Tua Igreja, Teu Corpo Vivo que nos alimenta e nos une a Ti.

Reginaldo Sobrinho - Brasil

 

 


 

137. Elas (as Mensagens) me mostraram o quanto estava afastado de Deus...

Há dez anos ganhei um livro de Mensagens de AVVD. Eu estava afastado da Igreja e de Deus fazia muitos anos, não gostava de sacerdotes, buscava Deus em outros lugares.

As Mensagens tiveram um efeito imediato na minha vida. Elas me mostraram o quanto estava afastado de Deus e contaminado pelo racionalismo, carregado de pecados, não praticava os Mandamentos de Deus, os quais me foram ensinados, pois tive uma educação católica e tinha sido batizado e crismado.

Li os doze livros e aos poucos fui conhecendo e participando dos retiros e colaborando como tradutor das Mensagens para divulgação.

Os principais ensinamentos que encontrei nas Mensagens foram os seguintes:

- Aprendi a conhecer Deus e o seu Amor

Remi José Ferrari- Tomei conhecimento dos meus pecados

- A importância dos sacramentos

- Entender melhor as Sagradas Escrituras

- Frequentar a Igreja e conhecê-la melhor e o papel dos sacerdotes

- A ação sub-reptícia do maligno em nossas vidas no dia a dia...

O contato ecumênico com outras religiões trouxe grandes e preciosos ensinamentos da Tradição e dos Padres da Igreja, principalmente, com os irmãos ortodoxos.

Atualmente colaboro com a Igreja local, pagando o dízimo, sou sócio evangelizador da TV Canção Nova, contribuo para manter a “Beth Myriam, procuro divulgar as Mensagens” e estou me preparando para ser testemunha das Mensagens de AVVD.

Remi José Ferrari - Brasília-DF

 

 


 

138. ...conseguiram resgatar em mim uma atenção para Deus...

Eu tenho 26 anos e estive afastada da Igreja durante muitos anos. Uma noite, quando navegava na internet, por acaso, descobri o site de AVVD e, então, por curiosidade, comecei a ler as Mensagens. Confesso que nunca em minha vida tinha conseguido imaginar um Deus tão doce, tão carinhoso, tão presente e ao mesmo tempo tão triste e martirizado! As Mensagens recebidas por Vassula conseguiram resgatar em mim uma atenção para Deus que há muito tempo eu não dava.

Renata Novais - Feira de Santana-BA

 

 


 

139. ...serviram-me para encontrar um Deus que nunca esteve morto...

Tenho 27 anos, sou músico. O que A Verdadeira Vida em Deus contribuiu na minha vida foi o seguinte: não somente a espiritualidade, mas também a experiência de ser usado por Deus como catalisador do seu servo Eduardo Salustiano, serviram-me para encontrar um Deus que nunca esteve morto, mas um Deus que eu fiz questão de ressuscitar em minha vida.

Renato Almeida - João Pessoa-PB

 

 


 

140. ...comecei a ver um Deus que me deu um caminho para percorrer...

Fui educado na Igreja Católica, com a ajuda de meus pais e catequistas, numa data já bem distante, e por pessoas de idade que me incutiram a noção de que Deus existia para castigar os infratores e pouco mais.

Iniciei a leitura de A Verdadeira Vida em Deus, ditados de Jesus à Vassula, por intermédio de um familiar, Sr. Antônio Palhares, residente em Brasília. A partir daí, comecei a ver um Deus que me deu um caminho para percorrer com flores e árvores frondosas, onde corriam rios de água cristalina, o qual teria de atravessar. Por muitas vezes, em vez de aproveitar o que foi dado e oferecido, preferia andar por caminhos tortuosos e cheios de pedras, onde caí, desanimei, cansei da vida. Mas acabei por aprender que, quando errava, quando escolhia caminhos impróprios e quando estava desanimado, sempre tinha ALGUÉM que me procurava, consolava, dava a mão para me levantar, me indicava o caminho certo, sem me recriminar, conhecendo as minhas fraquezas. É neste DEUS em Quem acredito e a Quem recorro como um Amigo, sempre disposto a ajudar.

Rogério Rodrigues - Brasil

 

 


 

141. ...eu vivia uma vida muito ruim...

Para começar, quando vi Vassula pela primeira vez, em Toronto, no Estádio de Varsity, eu vivia uma vida muito ruim, pecaminosa, cheia de faltas; desrespeitando as leis comuns, pedindo emprestado e nunca devolvendo, uma vida em boates, bebendo e fumando, entre outras coisas difíceis de descrever e, para ser mais precisa, eu não era realmente uma boa pessoa.

Mas parcipar de um encontro do grupo de oração em que Vassula tomou parte causou uma grande reviravolta na minha alma; foi então que as coisas começaram a mudar em minha vida. Eu não mais sentia vontade de levar aquela vida pecaminosa, então, eu fiz pequenas mudanças. No início, foi muito difícil, todavia, com o passar do tempo, foi ficando mais fácil. Agora, eu não passo um dia sem ler as Mensagens de Nosso Senhor, e é como se todas as Mensagens que recebo, relacionassem-se com qualquer situação que envolva minha vida, como se o Senhor desse realmente uma resposta para qualquer questão que eu possa perguntar.

Eu espero que meu testemunho seja útil para todos.

Rosa Lopes - Brasil

 

 


 

142. Agradeço a Deus Pai e a Jesus as Mensagens que nos deixam mais fortes na fé.

Após a leitura de A Verdadeira Vida em Deus , escrita por Vassula Rydén, quero dizer que a minha vida melhorou muito na fé em Deus Pai e em Jesus Cristo. Já li onze volumes. Agradeço a Deus Pai e a Jesus as Mensagens que nos deixam mais fortes na fé. Rezo para que a Vassula Rydén continue sempre nesta caminhada com Deus Pai e Jesus Cristo.

Rosa M. R. Soares - Porto Alegre-RS

 

 


 

143. ...realmente, estes livros têm algo tão vivo... É a presença do Senhor...

Mesmo nunca tendo participado de um grupo de oração de A Verdadeira Vida em Deus, já li alguns livros. Tenho dois deles: os volumes VIII e IX. Nestes últimos seis meses, tenho experimentado altos e baixos na oração e, "do nada", peguei o volume VIII, me sentindo tão "árida", como que pedindo socorro a Jesus. Como fazer? Abri em qualquer lugar, caiu na página 59 e segui lendo. Recomecei a ler o livro e o importante é que, mesmo com dificuldade na oração, nas várias páginas, Jesus fala comigo. Sinto-me como se pegasse o mesmo volume várias vezes, e de diversos modos Ele, que está sempre ao meu lado, falaria no livro para me animar.

É certo que ainda preciso dar muitos passos, mesmo estando trabalhando ativamente na comunidade, pois não é possível estar "árida" lutando pelo Reino. Mas, realmente, estes livros têm algo tão vivo... É a presença do Senhor, do Amigo JESUS, e com Ele a nossa Mãe Maria, também.

Rosângela Hissnauer - Brasil

 

 


 

144. Todos os meus pacientes e amigos aprenderam a confiar e a conviver com este Deus todo Amor e Misericórdia.

Conheci A Verdadeira Vida em Deus e ouvi a Vassula pela primeira vez quando ela veio ao Brasil. Em toda a minha vida acreditei em um Deus todo Amor e Misericórdia, mas quando li os escritos, O reconheci imediatamente através de Suas Palavras, isto é, através das Palavras d’Ele. Na minha prática clínica, posso perceber claramente que somente o Amor d’Ele, a Sua Misericórdia e a Sua Compreensão da natureza humana têm o poder curativo. A teoria que aprendi a fim de poder exercer a minha profissão depende inteiramente da inspiração do Espírito Santo. Todos os meus pacientes e amigos aprenderam a confiar e a conviver com este Deus todo Amor e Misericórdia.

Ruta S.C. Almeida - São Bernardo do Campo-SP

 

 


 

145. Hoje sou piedosa, misericordiosa com meus irmãos...

Antes de conhecer A Verdadeira Vida em Deus eu era uma católica “normal”, ia à Missa quando dava, sem nenhum compromisso. Achava que confessar era só para os outros, criticava padres, bispos, cardeais e até o Papa, quando não concordava com o que diziam. A Eucaristia não tinha nenhum significado. Ia à Missa só para criticar padres e fiéis. Nunca rezava o terço, pois achava muito longo. Era extremamente agressiva, intolerante e mal-educada com todos. Hoje sou piedosa, misericordiosa com meus irmãos, não admito ninguém falar mal da Igreja que amo tanto, nem da minha religião Católica Apostólica Romana. Através das Mensagens, já ajudei uma grande quandade de pessoas e me incluo nisso. Fiquem com Deus e Nossa Senhora.

Samira Jamal Fernandes - Goiânia-GO

 

 


 

146. No encontro com Vassula, em Brasília, me curei de uma leishmaniose.

Conheci as palavras de AVVD em 1995, aqui em Brasília. Na época, eu era major e estava na ativa no Exército.

Um amigo católico (na época - confesso - trabalhava literalmente pela força humana), o coronel GILENO (trabalhávamos juntos em Brasília), me contatou inicialmente na intenção de que eu desenvolvesse o planejamento da segurança física de Vassula. Isso não foi necessário, tendo em vista que o evento transcorreu no ginásio da Polícia Militar daqui e ela se encarregou de parte da segurança do evento. Em seguida fui transferido para a Amazônia e permaneci lá por mais de oito anos. Estava a reboque e nem sabia...

A partir daí, em nenhum momento, as imagens do encontro com Vassula aqui, em 1995 e as palavras (livros) abandonaram a minha vida. E, num momento crítico da minha existência, elas foram decisivas para que eu sobrevivesse e hoje pudesse, para honra e glória do Senhor, estar aqui desenvolvendo este "sonho".

No encontro com Vassula, em Brasília, me curei de uma leishmaniose. Toda a minha família é evangélica, esposa e filhos, mas vejo e sinto a necessidade ENORME de que se crie a União entre os cristãos. Ontem o bispo Hugo, de São Paulo, um homem de FÉ que eu admiro muito, pois se diferencia bastante de muitos que eu vejo infelizmente em algumas pregações, disse algo muito interessante: ele falou sobre Revelação e como os "crentes" conhecem bem a Palavra, mas não a vivem! Hoje acontecem muitas coisas que são uma verdadeira tristeza...

Savio - Brasília-DF

 

 


 

147. A Verdadeira Vida em Deus modificou minha vida...

A Obra de A Verdadeira Vida em Deus é importante, porque ela nos ensina a ter intimidade com Jesus, a desejá-Lo junto a nós nas lidas diárias. A Verdadeira Vida em Deus modificou minha vida, trazendo Jesus para caminhar junto, confidenciando-Lhe tudo, pois é um amigo inseparável.

Selma Alves - Brasil

 

 


 

148. O mais incrível foi perceber a presença e a ação de Deus em cada detalhe.

Meu nome é Sidney Viana. Conheci os escritos de AVVD em uma fila para Confissão, por meio de uma jovem que carregava um livro escrito por Pe. O’Carroll (teólogo e conselheiro da Sra. Vassula). Gostei muito das revelações sobre o final dos tempos, pois já há muito vinha estudando o assunto por meio de outros canais de Deus. Mas o que mudou minha vida mesmo foi a oportunidade que abracei, de poder ir a um encontro, em que a Sra. Vassula dava testemunho das manifestações de Jesus, Suas Mensagens. O encontro foi em outra cidade diferente daquela onde eu nasci, por isso tive que viajar para assistir à palestra. O mais incrível foi perceber a presença e a ação de Deus em cada detalhe. Apesar de tudo estar sendo traduzido para o português, minha língua nativa, lembro-me mais claramente de ela ter falado sobre um imenso derramamento do Espírito Santo, inclusive fizemos uma prece dada por Jesus para pedir o Espírito Santo. Porém algo me aconteceu que me permitia ouvir além do que era literalmente dito: a Sra. Vassula, bem no início da pregação, pareceu desaparecer e em seu lugar aparecia a pessoa de Jesus – não era qualquer Jesus que muitos tentam passar por gravuras, era na verdade Jesus de Verdade e Ele falava com muita tranquilidade e firmeza, sem precisar se esforçar, pois a impressão que dava é que tinha aprendido tudo do Pai e estava só repassando para os ouvintes o assunto. Ele realmente parecia saber bem do que falava, não era um pregador qualquer, pois Ele tinha certeza, sem dúvida alguma, de que falava a verdade, visto que o Pai lhe ensinara.

Após o encontro fui para casa e minha vida, que andava meio sem rumo, começou a se tornar substanciosa e ter rumo. Lendo as Mensagens pude perceber coisas que ficam em evidência: Deus mesmo nos ama sem fim; nós podemos contar sempre com Deus e Ele nunca nos nega Sua Presença, Seu Amor. E assim, foi fortalecida minha confiança em Deus. E mais: percebo um constante chamado à conversão, à perfeição mais profunda pelo amor, a humildade, o desapego, uma confiança cega no amor de Deus e Sua gratuita amizade para com cada um de nós.

Ao ler o livro de AVVD, por vezes, percebo ser um alimento tão substancial e vivo que sua simples leitura nos transforma comparado a um medicamento que ingerimos e santia o corpo inteiro e a alma.

Recomendo, pela simplicidade e incenvo, a confiar sem temor, em ser mais e mais pertencente a Deus.

No Senhor e Cristo,

Sidney Viana - Fortaleza-CE

 

 


 

149. ...Deus fez maravilhas em mim e ainda espero que Ele me transforme com Suas Graças.

No ano de 2004, eu vivia uma vida com a crença em Deus, Jesus e Maria, mas não Os estava senndo próximos de mim. Um dia viajei para Aparecida com uma tia, Cacilda, e os companheiros Beneval e Beatriz.

Minha tia e eu participamos de uma das Missas daquele dia e, na homilia, fui muito tocada quando o padre falou:

"O que DEUS espera de nós é que cuidemos das coisas d’Ele".

Isso me deixou muito pensativa. Quando voltamos desta viagem, comentei com minha tia, Beneval e Beatriz este meu pensamento. Silvani BarraNo mesmo momento, o Beneval e a Beatriz me convidaram para participar do grupo de oração deles, que se reunia todo final de mês.

No final daquele mês, recebi uma ligação da Beatriz, repetindo o convite, o que prontamente aceitei. Naquela noite , escutei pela primeira vez "A Verdadeira Vida em Deus", conheci também o Grupo de Joinville, fiquei muito impressionada com as colocações de todos sobre o Hino de Amor, que a Santíssima Trindade e Maria Santíssima ditaram para Vassula divulgar para o mundo. Depois deste dia, ao longo de três anos, li os 12 volumes.

Hoje, após dez anos, participo de um grupo que reza o terço nas casas, no bairro Morro do Meio, em Joinville. Parcipei também da Casa de Maria nesse mesmo bairro e de várias ações do Grupo AVVD, objetivando a divulgação das Mensagens de Deus.

Diante disto, concluo que Deus fez maravilhas em mim e ainda espero que Ele me transforme com Suas Graças.

Em Jesus e Maria.

Silvani Barra - Joinville-SC

 

 


 

150. ...passei a ver como é importante o empenho pela unidade entre as igrejas cristãs...

Após os primeiros contatos com a Obra A Verdadeira Vida em Deus, entendi como se deve viver qualquer mensagem religiosa: com autenticidade, pois muitos procuram na religião apenas sasfazer suas necessidades de apoio, carinho, alívio para seus problemas, sem levar verdadeiramente a sério a essência da mensagem professada. Eu também passei a ver como é importante o empenho pela unidade entre as igrejas cristãs, divididas por tanto radicalismo através dos séculos, e como a AVVD tem ultrapassado barreiras em sua capacidade de aproximar tantas igrejas.

Silvino - Niterói-RJ

 

 


 

151. Minha vida nunca mais foi a mesma desde que “AVVD” chegou até as minhas mãos.

Meu coração exultou de alegria e meus olhos encheram-se de lágrimas pelo Dom do Espírito Santo, o Dom das Lágrimas. É o que a Mensagem do Hino de Amor nos promove. Minha vida nunca mais foi a mesma desde que A Verdadeira Vida em Deus Sogianechegou até as minhas mãos. Na próxima sexta-feira, exatamente na Sexta-Feira Santa, completaremos (entre AVVD e mim) um ano de encontro, ENCONTRO COM JESUS!!! Estou mais do que emocionada, ao digitar tenho que parar, pois meu coração dispara. Ontem estive em Itacaré, cidade onde encontrei com a Joanna Raphael, da Suíça, que me ofertou oito volumes para uma reunião com os membros do grupo de oração, do qual estou na coordenação, e os relatos daqueles que divulgam as Mensagens são lindos e profundos.

 

Sogiane - Ilhéus-BA

 

 


 

152. Eu aprendi a amar a Santa Igreja Católica e amar a Deus de uma forma diferente.

Através das Mensagens de A Verdadeira Vida em Deus , eu descobri que o Senhor me ama de uma forma única, que Ele não anda ocupado com outras coisas e que não mereço a Sua atenção.

Muito pelo contrário, Ele anda ocupado com a minha conversão e, mesmo sem merecer, Ele me dá atenção e cuida de mim.

Eu aprendi a amar a Santa Igreja Católica e amar a Deus de uma forma diferente.

Obrigada, Jesus! Paz e Bem!

Que o Amor de Jesus e o Sorriso de Maria Santíssima estejam com você.

Sônia Maria - Brasil

 

 


 

153. ...sê lenta na ira...

Meu nome é Sylvia Maria Josefa, sou indonésia e moro na Holanda. Nos últimos cinco anos, estive lendo as Mensagens com muita atenção e uma frase sempre me volta à mente: “...sê lenta na ira...” (AVVD-23 de outubro de 1989).

Antes de “sê lenta na ira” ter afetado minha vida, eu era muito impaciente, facilmente irritável, cheia de antipatias e preconceitos. Tantos defeitos e pecados!

Agora, por meio das Mensagens diárias de AVVD, eu me sinto guiada pelo próprio Jesus e sinto que cada Mensagem é muito pessoal. Descubro o imenso amor e paciência do Pai, do Filho e do Espírito Santo para comigo, à medida que leio e rezo. Agora, tornei-me muito mais paciente.

Isso é um grande milagre! Eu não preciso mais fingir que sou paciente. Fazer atos de paciência e amor se tornou mais natural a cada dia. Que alívio! Só o Senhor é capaz de fazer isso por mim. A alegria e a paz que sinto me dizem que as mudanças em mim vêm de Deus e não apenas dos meus esforços humanos.

Muitas vezes, eu canto as Mensagens para Jesus e O imagino sentado de frente para mim, escutando com um sorriso radiante e sendo a melhor plateia que eu já tive!

Sylvia Maria Josefa - Holanda

 

 


 

154. Para mim, a novidade foi: em nossos tempos,podermos ter uma PROFETISA.

Fui criada numa família cristã; com tios, em Portugal, voltados para a Igreja - monsenhores, cônegos, padres etc. Também cresci no Colégio Fontainha, cuja proprietária tinha como irmão o bispo da Bahia, Dom Motta(anos 60). Então somos todos iniciados e participantes da Igreja. Minha mãe e tia foram catequistas por mais de quinze anos. Mamãe cursou, com a irmã Bernadete, aqui no Rio de Janeiro, o Curso LUMEN CHRISTI, entre outros. Meus irmãos estudaram no Colégio São Bento, cujo diretor era Dom Lourenço de Almeida Prado. Meu pai estudou no Santo Inácio/RJ, e eu e minha irmã estudamos no Colégio Virgem de Lourdes/RJ.

Na adolescência, fizemos parte dos grupos de oração iniciados pelo Frei Clemente Kesselmeier e seu irmão gêmeo, Henrique, também frei e padre. Chegando à vida adulta, fiz parte dos cursilhos para mulheres, cursilhos para o casal, entre outros.

Aqui em Teresópolis, fui catequista por um pequeno período - trabalhei com a preparação para a Primeira Comunhão de vinte crianças.

Enfim, nos anos 1999 e 2000, nosso tio, Pe. Paulo Athanásio M. da Silva, gaúcho, morador de Florianópolis (que já esteve em palestras e encontros de AVVD) nos enviou os primeiros livros de AVVD.

Para mim, a novidade foi: em nossos tempos, podermos ter uma PROFETISA com Mensagens de Deus Pai, Jesus Cristo e o Espírito Santo e a nossa Santa Mãe, Maria. Foi aí que a AVVD me tocou, trazendo a nova "Boa Nova", conexão com o Ango e o Novo Testamento – cruzando entre essas duas épocas a mesma Palavra, confirmando os escritos e renovando-os, a Bíblia para nossos tempos.

Desde então, tenho acompanhado primeiro, os livros (I a XII); segundo, os primeiros depoimentos filmados pela TV alemã, aos quais tivemos acesso pela internet (para isso a tecnologia é útil). E daí por diante, os convites de AVVD para rezarmos, fazermos novenas, parciparmos dos encontros, enfim, ouvir a palavra "nova" que há 2000 anos Jesus nos deixou. Daí, comecei a "baixar" na internet TODAS AS MENSAGENS DE VASSULA (No México, na Dinamarca, em Brasília) e estou degustando uma a uma; nos momentos de tristeza e também de alegria, volto aos depoimentos da Vassula.

Estou lendo seu livro Heaven is Real, But So is Hell e é incrível ler os depoimentos do que, nestes anos todos, desde 1985, ela tem passado e enfrentado "o inimigo - a besta" e como realmente "isto - esta coisa" nos tenta de maneiras subliminares, nas mais simples tarefas; ele impede nossa conexão com Jesus, desviando nossa atenção para coisas mundanas.

Isso tem me dado forças e tem me ensinado a não estar desatenta, a estar com a Trindade e a pedir ao Espírito Santo a Sua proteção, que tome conta das minhas palavras, do meu comportamento e como lidar com as pessoas de modo a não “IMPINGIR” A PALAVRA DE DEUS, MAS BOTÁ-LA EM PRÁTICA NO DIA A DIA. Não é fácil identificar a malícia da “besta”! Como não é fácil aprendermos a evitar lugares e situações que nos levam, por causa da modernidade e da sociedade, a trilharmos o caminho para termos Jesus como nosso irmão e companheiro, o tempo todo.

Vassula também falou que precisamos abaixar nossa voz para poder ouvi-Lo; sermos humildes e abaixarmos nossas cabeças para que ELE se mostre; esvaziarmos nosso interior, nosso coração para que ELE possa entrar e se sentir “em Sua casa”. Enfim, são tantas as bênçãos que Vassula exprime ser da vontade de Deus para conosco, que não tememos entregar nossas vidas, pensamentos, atos e ações em Suas Mãos. Mas o que mais me impressionou, foi constatar que: Tudo vem de Deus... Até nossos dons...

E aí ELE responde para Vassula:

“...amor; adora-Me; adora-Me; oferece-Me tua vontade entregando-te a Mim; essa é a coisa mais bela que Me podes oferecer...” (AVVD-29 de maio de 1987).

Eu já tinha pensado a este respeito, mas não com a PROFUNDIDADE que Deus pede e senti que a cada dia devemos renovar nossos votos de nos entregarmos a Deus completamente.

Este é meu testemunho e, ainda, tenho muito a aprender, a escutar, a “digerir” e, principalmente, me vestir de “uma nova mulher” para que a Santíssima Trindade e Maria, Mãe de Deus e Minha Mãe, possam habitar em mim.

Que Deus nos abençoe! Amém.

Tania Ávila da Silva - Teresópolis-RJ

 

 


 

155. ...estava com uma visão distorcida, numa religião que falava de Deus, mas não de Jesus nem de Maria...

Eu comecei a ler os livros aproximadamente há dez anos, quando uma amiga me deu o primeiro volume sem dizer bem ao certo de que se tratava. Nesta época, estava com uma visão distorcida, numa religião que falava de Deus, mas não de Jesus, nem de Maria e eu sentia que algo estava faltando, um vazio me preenchia. Quando iniciei a leitura, percebi o quão distante estava de A Verdadeira Vida em Deus e a primeira coisa a fazer foi ir à Igreja Católica e internamente escutei: “Senti sua falta, minha filha”. E eu respondi: “Eu também, meu Pai”. E por diversas vezes que ELE falava com Vassula, era como se estivesse falando comigo.

Hoje estou casada, tenho duas filhas e continuo lendo; estou no Volume XII e sei que a aproximação com Deus tem um valor incalculável. Nada ocorre por acaso, tudo vem da Vontade do nosso Pai. Hoje, vejo-O como um Pai amoroso, piedoso e íntimo conosco. Agradeço a ELE por me conceder a graça de conhecê-Lo melhor.

Tatiana Massunaga - Brasil

 

 


 

156. Sem dúvida, AVVD reavivou minha fé.

Antes de começar a ler as Mensagens de AVVD, eu sempre via o Juiz, quando pensava em Deus, enquanto agora eu vejo um sorriso suave, compassivo e paternal em Seu Rosto. Isto de o Senhor Jesus querer que eu O conheça também de um modo íntimo, é uma descoberta completamente nova na minha vida, inaugurando uma nova fase da minha fé. Sem dúvida, AVVD reavivou minha fé. O método "Nós, nós" é simples e extremamente útil no meu dia a dia; ele me ajuda a manter meus passos no caminho certo.

Tomas - Brasil

 

 


 

157. Foi a melhor coisa que aconteceu na minha vida.

A primeira vez que vi Vassula pela TV, pensei: “Esta mulher deve estar louca...”, mas depois, ouvindo, percebi que tudo o que ela dizia fazia sentido e fiquei impressionada ao ver padres e freiras assistindo a uma palestra sua.

Após alguns dias, assistindo a uma pregação da Canção Nova, a palestrante disse: "O Senhor está nos dizendo através de Vassula..." e depois, quando entrei em uma livraria católica para comprar um presente, a primeira coisa que vi foi o livro "Quem é Vassula?". Comecei a ler imediatamente e adquiri todos os livros com as Mensagens de Jesus, de Deus Pai e de Nossa querida Mãe... Foi a melhor coisa que aconteceu na minha vida. Eu já tinha uma formação católica, mas tinha também muitas dúvidas e todas foram esclarecidas.

Graças a AVVD, comecei a buscar mais a Deus, a conhecê-Lo como Ele realmente é: simples, amoroso, bondoso e se interessa por cada um de nós, apesar de nossa miséria! Aprendi a rezar com o coração e sentir a Sua Presença, a amar a Santa Madre Igreja e a Tradição, a rezar pela Unidade e pela unificação das datas da Páscoa, a rezar o terço e a adorar Jesus no Santíssimo Sacramento.

Atualmente participo como Ministra Extraordinária da Sagrada Comunhão, na minha paróquia Nossa Senhora da Conceição de Vila Arens, Jundiaí/SP, e peço a Deus a graça de ser sempre fiel, de amá-Lo mais, de amar a todos e evangelizar com amor, para a maior glória de Deus!

Louvado seja Deus por este Hino de Amor que nos presenteou!

Obrigada pela oportunidade de testemunhar.

Deus os abençoe!

Vera Helena de Almeida Pivi - Jundiaí-SP

 

 


 

158. A AVVD aproximou-me mais de Nossa Senhora...

A AVVD aproximou-me mais de Nossa Senhora, através de um diálogo interior, além dos sinais em fotos, durante a visita de Vassula, em Porto Alegre. Sendo um consolo em muitos dias de minha vida por meio do amor da Santíssima Trindade e com a convicção de evangelizar em todos os lugares em que o Espírito Santo soprar.

Que esta experiência fique registrada a todos que comungam de A Verdadeira Vida em Deus, colocando-me à disposição para apresentar essa experiência.

Vera Maria Gallas - Brasil

 

 


 

159. Eu nasci para Jesus, fiquei íntima d’Ele, 24h por dia.

Conhecem aquela passagem em que Jesus explica ao fariseu que o Templo de Deus seria destruído e erguido em três dias? E quando Jesus explicou que para entrar no Reino dos Céus é preciso nascer novamente? Não havia lido um livro sequer, fui ler de curiosa e bem desconfiada. No Retiro de AVVD, em Balneário Camboriú, o Espírito Santo destruiu tudo de ruim que existia em mim e veio habitar meu coração. Eu nasci para Jesus, fiquei íntima d’Ele, 24h por dia. Montei o CURSO HORE de estudo bíblico em finanças.

E de uns tempos pra cá descobri o Pai. Confesso que, assim como a Vassula, também tenho uma queda pelo Pai. Considero impossível viver sem Ele. E é impossível não encontrá-Lo. “Jesus! É impossível não fazer de Ti meu ideal”.

O Hino de Amor de Deus é para aqueles que querem ouvir, e nós da AVVD temos a missão de encontrá-Lo e apresentá-Lo. O resto é com o Espírito Santo.

Viviana Mason - Campinas-SP

 

 


 

160. Se lermos as Mensagens em oração, Jesus nos fala realmente e faz arder o coração.

Comecei a ler as Mensagens de Jesus à Vassula como uma inspiração de Nossa Senhora.

Acreditei primeiro nas aparições de Nossa Senhora, em Medjugorje. Depois senti que Nossa Senhora me dizia para confiar. Depois de um tempo lendo, eu pensava: “Essas palavras só podem ser de Jesus!”. Fiz um propósito de ler diariamente as Mensagens, inclusive nos momentos de oração (do terço, por exemplo). Assim, depois de um ano, mais ou menos, havia lido todas as Mensagens, com atenção e em oração. Se lermos as Mensagens em oração, Jesus nos fala realmente e faz arder o coração. Continuo lendo assim as Mensagens: em oração e vida.

Fiquem com Deus!

Wilson Prado - Itajubá-MG

 

 


 

161. ...sem AVVD eu não teria sido batizado...

Testemunho de um pagão que se converteu e foi batizado após ter lido as Mensagens: AVVD é uma enorme graça para os nossos tempos. Nós facilmente esquecemos a graça que foi recebida nas Mensagens. Este é o maná escondido reservado para os nossos tempos. Eu, por exemplo, sei que sem AVVD eu não teria sido batizado, nem jamais teria alcançado uma devoção eucarística na Igreja. Mais do que isso: eu sinto a AVVD como um alimento para minha alma, um alimento de que eu necessito desesperadamente para encontrar DEUS e ser capaz de focar no amor a Cristo.

Eu jamais teria esse pensamento tão forte dentro de mim, até para tentar amar Jesus e o Pai, sem a AVVD.

Anônimo - Brasil

 

 


 

162. ...meu parceiro e eu trocamos o homossexualismo por uma vida de celibato e castidade.

As Mensagens de A Verdadeira Vida em Deus transformaram a minha vida! Quando me converti, eu praticava o homossexualismo, mas depois de ter visto a Vassula falar e depois de ter lido os Dez Mandamentos no Volume IV, meu parceiro e eu trocamos o homossexualismo por uma vida de celibato e castidade. Amamos tanto a Deus que abrimos mão de algo que, agora compreendemos, ofendia a Santidade de Deus. Claro que isso era apenas uma das coisas que ofendem a Deus, então, agora sei que tudo que eu tinha que fazer era me arrepender e me confessar.

Fomos abençoados com a graça de não sermos tentados de forma nenhuma a voltar ao homossexualismo e de continuar a aprender, com os escritos, como viver uma vida mais santa. Converti-me agora ao catolicismo.

Pessoalmente, perdi todos os desejos por coisas materiais e interesses profanos do mundo. Agora me concentro em meu trabalho de enfermeiro e passo meu tempo livre na Igreja e/ou em coisas espirituais.

Sem o auxílio dos escritos de A Verdadeira Vida em Deus, eu nunca teria conseguido entender a necessidade de fazer as mudanças que eu fiz. Quando penso e reflito nisso, grandes lágrimas de alegria e gratidão enchem o meu coração. Agradeço a Deus por minha irmã espiritual, Vassula, que se esvaziou das coisas do mundo e trouxe as Mensagens de Deus para nós atualmente.

Que meu testemunho seja um estímulo para os que tentam vencer os caminhos do mundo. Todos os seus defeitos, hábitos, estilos de vida, etc podem ser transformados por Deus, se vocês abrirem seus corações em amor a Ele. E, por favor, continuem lendo as Mensagens de A Verdadeira Vida em Deus, todos os volumes, pois elas são como pérolas espirituais de grande valor.

Anônimo - Brasil

 

 


 

163. Eu nunca tinha vista e nem ouvido falar de tanto amor na minha vida.

Uma pessoa que leu pela primeira vez o Vol I, disse: “Eu nunca tinha visto e nem ouvido falar de tanto amor na minha vida”. Esta pessoa vivia em depressão e não frequentava a Igreja.

Esta mesma pessoa ao olhar para a sua amiga, que voltava de um encontro com Vassula, disse: “Ela parecia estar em paz e estava muito bonita como se uma luz brilhasse nela e isso me levou a fazer perguntas sobre Deus”.

Anônimo - Brasil

 

 


 

164. As mensagens de AVVD são urgentes, pois Jesus quer que nos preparemos para a sua vinda.

Desde a criação de Adão e Eva, Deus tem enviado homens e mulheres com uma missão especial para colocar a humanidade no verdadeiro caminho, conforme o Plano de Deus. Assim aconteceu com Noé, Abraão, Moisés, os Profetas, Maria e José, João Batista, Jesus nosso Deus e Salvador, Santa Faustina e tantos outros que conhecemos através da História da Igreja. Em nossos dias, Jesus escolheu Vassula Rydén como sua secretária, para escrever e levar a toda a humanidade A VERDADEIRA VIDA EM DEUS-AVVD.

Sogiane

Por graça de Deus, a Dra. lzaura, no início do ano de 2016, deu-me muitas revistas, folhetos e o livro de AVVD, volume único (que engloba os antigos 12 volumes), que li e releio diariamente e tenho feito ampla divulgação nas paróquias e comunidades por onde exerço o meu ministério sacerdotal. Tudo isto tem causado em mim uma alegria muito grande e o desejo de que o clero e os leigos procurem ler as mensagens de AVVD. Este é também o pedido de Jesus a Vassula - para levar a todas as nações a Sua mensagem.

O mesmo eu tenho feito nas paróquias e nos encontros com o Apostolado da Oração, como diretor espiritual na Arquidiocese de Goiânia. Nesta oportunidade, peço ao Apostolado da Oração da nossa Arquidiocese que atenda aos insistentes pedidos de Jesus para nos consagrarmos ao Sagrado Coração de Jesus e ao Imaculado Coração de Maria, e também as famílias, o nosso estado e o nosso País. E Jesus promete, se assim fizermos: uma nação não levantará a sua espada contra a outra e não haverá mais treinamento para a guerra.

E Jesus garante que, com estas consagrações aos Dois Amorosos Corações, todo o orgulho e arrogância humanos, toda impiedade e endurecimento dos corações serão apagados e todo o mal será substituído pelo amor. Assim Jesus nos promete através da sua secretária Vassula Rydén. Este é também o desejo de Dom Washington Cruz, manifestado à Coordenação do Apostolado da Oração. Então, vamos aguardar sua decisão no momento oportuno.

As mensagens de AVVD são urgentes, pois Jesus quer que nos preparemos para a sua vinda, que está próxima. Ele quer que nos arrependamos de nossos pecados e procuremos o sacramento de confissão, pelo menos uma vez por mês. Não fiquemos surdos aos apelos de Jesus que nos quer felizes e salvos, com a Sua próxima vinda. Jesus não nos está causando medo, mas quer nos ver felizes com Ele na eternidade.

Você já leu ou está lendo AVVD? Faça sua parte e Jesus vai realizar maravilhas em você.

Pe Gregório Batista, SDB
Goiânia-GO

 

 


 

165. A minha vida sempre foi uma grande batalha.

A minha vida sempre foi uma grande batalha. Eu sou filho único de mãe solteira. Arrimo de família. As dificuldades que eu enfrento a cada dia, apenas Nosso Senhor sabe. Porém fiz um voto de confiança. Senhor, eu me entrego todo a Ti, porém, ajuda-me a permanecer contigo até o fim! Sim, foi justamente nesse ponto que a AVVD me ajudou. No ano passado, soube que haveria um retiro da AVVD em Aparecida, SP. Tinha muita vontade de ir. Não contei a ninguém. Apenas a Jesus em oração. Pois num dia de missa votiva a São Pio de Pietrelcina, veio à capela do nosso seminário uma senhora, que mais na frente se tornou minha madrinha, chamada Januária. Ela, sem me conhecer, perguntou-me se eu queria ir a esse retiro. Uma enviada de Jesus! Imediatamente providenciou tudo, juntamente com a Joana D’Arc, então Contato Nacional. Fui juntamente com meu Superior, Dom João Terra, que recebeu Vassula aqui no Brasil há alguns anos. Foi fantástico. Lá conheci várias pessoas especiais, dentre elas, Beneval, Tereza Norma, Geralda e o César, atual Contato. Beneval me deu um dos maiores presentes que recebi: o Livro Único.

Sogiane

Na grande luta para que eu possa seguir minha vocação, a AVVD me deu forças. Mas o que é vocação? Do latim vox cuore, significa voz do coração. Vocação nada mais é do que escutar a voz do coração, a voz de Deus gritando no nosso interior. Junto com este chamado, Deus nos dá a liberdade de dizer um sim ou um não a Ele. Eu oferto a Deus o meu sim. E peço sempre a Ele a graça de me ajudar na minha luta diária. Esse chamado também requer um compromisso pessoal e um compromisso em busca da Santidade. Quem é digno de ser sacerdote? Ninguém é digno, pois todos somos pecadores. O sacerdócio é graça de Deus, é graça gratuita dada a nós por Ele. Nas férias do ano passado, em função das minhas dificuldades por ser arrimo de família e sobreviver apenas da providência de Deus, pensei em desistir de retornar ao Seminário.

Na minha mesa de estudos, estava o Livro Único. Resolvi abrir ao acaso. Imaginem só: me veio a mensagem do dia 20 de Maio de 1994. De fato, essa mensagem de Jesus foi para mim. “Jamais negligencies teu dom! Concede-me teu tempo!” Meu Deus, como foi bom ter estas palavras. Decidi retornar, confiando em Deus. E até aqui Ele me ajuda através de anjos em minha vida. Devo esta força a AVVD e a Dom Terra que me apresentou esta obra, sempre me apoiando, sempre me puxando a orelha para que eu permaneça em Deus. Obrigado, Jesus, por esta obra de Deus em nossas vidas, que é instrumento Teu para nós. Obrigado a Dom Terra, por me ajudar tanto! Obrigado a AVVD de Brasília. Meu agradecimento a todos! Em agosto, estaremos na Rússia na Peregrinação com a Vassula. Peço a oração de vocês por mim, pois a batalha continua!

Pedro Lucas Abreu
Seminarista do Instituto Bíblico de Brasília, fundado por Dom Terra
Brasília-DF

 

 


 

Testemunhos através de A Verdadeira Vida em Deus - AVVD

 

Já há algum tempo Vassula sentiu uma vontade de reunir TODOS os testemunhos internacionais de conversão das pessoas através das Mensagens de A Verdadeira Vida em Deus. Estes testemunhos serão enviados, posteriormente, ao Vaticano e ao Patriarcado de Constantinopla.

Vassula nos fala: “Quero encorajar todos a proclamarem publicamente, sem medo e sem timidez como Nosso Senhor nos transformou através das Mensagens de A Verdadeira Vida em Deus.

São Paulo não teve medo nem vergonha de falar de como ele era ruim e de como o Senhor o mudou. Admitir como se era no passado, publicamente, mas como Nosso Senhor Jesus Cristo nos mudou, é algo muito poderoso que glorifica a Deus. Temos que proclamar a nossa conversão e não escondê-la”.

Estes testemunhos foram escritos para ajudar os irmãos e glorificar a Deus através de Seu Hino de Amor que é A Verdadeira Vida em Deus (AVVD).

 


 

 

ASSOCIAÇÃO A VERDADEIRA VIDA EM DEUS
AVVD - BRASIL

 

Colaboraram neste trabalho:

Apresentação:

Pe. Geraldo Simeão de Souza Cordeiro.

Versão para o inglês:

Adriana Matias, Ana Maria Pires, André Rudi, Anna Paula Melo, Cláudia Alexandre, Dayane Prim, Ehusson Chequer, Eunice Pacelli, Francisco Silva Rosa, Irmã Paulina Francio, Jane Estela Carlos, Lígia Filgueiras, Maria Isabel Cañete e Remi José Ferrari.

Revisão:

Lílian Jasmim Bastos

Colaboração:

Izaura Torres, Mª do Carmo Dodl e Maria Isabel Cañete.

Montagem e digitação:

Celso Torres.

Coleta dos testemunhos:

Paulina Enedina Gomes, Joanna d’Arc Lima Torres, Maria Aparecida Garcia e Jane Estela Carlos .

Coordenação e organização:

Joanna d’Arc Lima Torres - Contato Nacional da Associação AVVD-Brasil.



Brasil, 22 de novembro de 2015
(Solenidade de Nosso Senhor Jesus Cristo, Rei do Universo)

 

 


 

 

Dedicamos as Mensagens abaixo a todos os que deram seu testemunho e colaboraram neste livro



Não podemos deixar de falar das coisas que temos visto e ouvido” (At 4,20)

“...então, que todos os que vos veem, olhem e se surpreendam com vossa transfiguração, que vossos rostos e o brilho de vosso coração mostrem que estivestes frequentando Minha Escola e que vós sois Meus alunos e Eu, vosso Mestre; que eles vejam em vossos olhos o reflexo de tudo quanto testemunhastes, que eles vejam em vosso corpo as marcas de Minhas Chagas; e se alguém vos perguntar como as recebestes, dizei-lhes que as recebestes na Casa dos amigos de vosso Mestre, onde Ele inicialmente as recebeu... em seguida, tomai vossa cruz e segui-Me;

Eu, Jesus Cristo, o Filho Bem-Amado de Deus e Salvador, sopro em vós Meu Sopro e abençoo todos vós, deixando o Suspiro de Meu Amor em vossas frontes; ide em Paz e sede um em Meu nome...”

 

(AVVD-10 de outubro de 1990)

 

“...Minha Mensagem é uma Mensagem de Amor, um apelo às vossas reais fundações, uma recordação de Minha Palavra e de Minha Existência; não tenhais medo de Mim, tende medo apenas daquele que pretende não existir e que vos atrai sempre tão maliciosamente para a Morte; Eu sou a Luz;

vem, dize-lhes que esta Mensagem não lhes é dada para provocar sensação, mas para fazer-lhes perceber a urgência, a gravidade ea importância de Meu Apelo; a urgência de sua conversão; a gravidade da condição de sua alma; a importância de mudar suas vidas e de viver santamente; a importância de Minhas Mensagens que são alimento espiritual, um suplemento alimentar para sua espiritualidade, um bálsamo medicinal para as feridas neles inflingidas nesta escuridão, pelo maligno;

quero que Meus filhos ouçam muito cuidadosamente tudo quanto tenho de dizer: deixai que Meu Espírito da Verdade vos reconduza à Verdade; deixai que Meu Espírito da Ciência vos lembre do Único Conhecimento que Eu Mesmo vos dei;

Eu, vosso Senhor e Salvador, abençoo cada um de vós...”

ictis-fish
 

(AVVD -18 de maio de 1991)

 

Mensagem de Nossa Santa Mãe Maria:

“...uma vez que foste formada para estar com Cristo, Meu Filho, deves viver uma verdadeira vida em Deus; pensa em Deus, para falar de Deus e desejar Deus¹, então eles perceberão que Deus é Vida, Alegria e Paz Celestial...”

¹ Isto é: seguir e viver o maior Mandamento de Deus.

 

(AVVD -18 de agosto de 1994)

 

“...escutai! os raios do sol em sua glória ou o brilho da lua alguma vez obscureceram o Amor que tenho por vós? por causa de Meu Nome e por causa do Amor que vos tenho, mostro-Me a todos vós; vim visitar-vos em vosso quarto, com Minha Divina Presença; algumas vezes, venho como um aroma de mirra, em outras vezes volteio como fumaça de incenso, perfumando-vos e ao vosso quarto; não apareci também como um raio de luz em vosso coração? Minha gloriosa Presença está em toda parte; Eu encho a Terra com Meu Amor, e quantas vezes não deixei Meu Trono, inclinando-Me sobre vós, soprando-vos beijos secretos?...”

(AVVD-05 de maio de 2001)

 

“Chamaram-nos e ordenaram-lhes que absolutamente não falassem nem ensinassem em nome de Jesus. Responderam-lhes Pedro e João: ‘Julgai-o vós mesmos se é justo diante de Deus obedecermos a vós mais do que a Deus. Não podemos deixar de falar das coisas que temos visto e ouvido’” (At 4, 18-20)

 


 

 

Associação A Verdadeira Vida em Deus-Brasil

 

 

 

 

Estes testemunhos foram escritos de modo que os frutos de A Verdadeira Vida em Deus se manifestem e, assim, Deus seja glorificado em Suas Obras.

 

 

 

 

Adquira o livro com as Mensagens AVVD
E-mail:
Fone:+55(47)3423-3280
+55(47)99610-3232
Livraria Virtual:www.avvdbrasil.org.br

 


 

 

Livro-tm-contracapa

 

ASSOCIAÇÃO A VERDADEIRA VIDA EM DEUS
AVVD-BRASIL

Endereço: SGAS 910, Conjunto B, Bloco D, Salas 205/207, Mix Park Sul,
Brasília, DF, Brasil. CEP 70390 -100
Contato Nacional AVVD-Brasil: Tel: +55 (61) 98226-5222 –
e-mail: |

www.avvdbrasil.org.br
www.tlig.org/pg.html - (em português)
www.tlig.org - (em Inglês)

www.tligradio.org
www.vassula.org

TRUE LIFE IN GOD
LA VRAIE VIE EN DIEU
WARES LEBEN IN GOTT
LA VERDADERA VIDA EN DIOS
A VERDADEIRA VIDA EM DEUS

VASSULA®

As mensagens de AVVD contidas no livreto são publicadas sob licença da Fundação para A Verdadeira Vida em Deus - "Foundation for TRUE LIFE IN GOD"

 


 

 

­