Casas de Maria - Beth Myrians

AVVD-Beth Myriam - Belo Horizonte

 

1. Breve histórico da AVVD-Beth Myriam (quando foi fundada e em que local funciona).

Tão logo soubemos que Jesus havia pedido a Vassula a criação das Beth Myriam, o Grupo-Mãe de AVVD em Belo Horizonte passou a discutir a melhor forma de concretizar o divino desejo de Deus. E foi na Igreja do Menino Jesus, no Bairro Santo Antônio, que tudo começou. Altino Motta dos Santos, paroquiano, ali estava para uma reunião e encontrou-se com Nilza Santos, líder comunitária da Vila Marçola, uma das muitas comunidades carentes localizadas no Complexo de Vilas da Serra.
A primeira Casa de Maria foi inaugurada em outubro de 2003, na Vila Marçola, depois de muito esforço e solidariedade dos irmãos de AVVD. A segunda foi inaugurada em novembro de 2007, na Vila Fátima, uma das partes mais pobres do Complexo de Vilas da Serra.
Em todos esses anos, as casas de Maria têm funcionado ininterruptamente, de segunda a sexta-feira, fornecendo uma deliciosa e nutritiva sopa e também pães para todos os que ali vão diariamente se alimentar: moradores das vilas, moradores de rua, pessoas desempregadas, doentes, viciadas, enfim, expostas a várias situações de fragilidade social. Além dos alimentos, as casas de Maria de Belo Horizonte doam roupas, sapatos, agasalhos, móveis, cestas básicas e tudo o mais que ali chega por meio de doações.
As AVVD-Casas de Maria de BH também se tornaram pequenos altares, acolhendo imagens católicas que frequentemente são encontradas jogadas pelas ruas ou nas latas de lixo. As voluntárias também realizam vendas de roupas e outros objetos usados em um bazar para arrecadação de fundos, fabricam sabão e doces para ajudar no sustento das AVVD-Beth Myriam.
Muitos testemunhos de Milagres e de incontáveis Graças somam-se mensalmente no dia-a-dia das casas de Maria de Belo Horizonte. Curas físicas, conversões, curas espirituais, auxílios oportunos para um emprego, para quitar dívidas ou conseguir moradia; para a união de casais e de famílias inteiras.
Tudo isso é motivo de muitos louvores nas nossas reuniões de oração que acontecem nas manhãs de quinta-feira.

2. Número de voluntários/voluntárias

20 voluntárias.

3. Número de pessoas atendidas

aproximadamente 2.500 por mês.

4. Atividades realizadas pela AVVD-BM

Distribuição de sopa, pão, roupa, calçados, brinquedos, grupo de oração de adultos com leitura das mensagens da AVVD, comemorações do Dia das Crianças e Natal com almoço especial e celebração de Missa.

5. Número de refeições servidas

Aproximadamente 10.000 pratos de sopa por mês.

6. Tipo de refeições servidas

Sopa (carne ou frango, legumes, macarrão, fubá, mandioca), pão, café e leite. Às vezes, doce de sobremesa.

7. Dias e horários de funcionamento durante a semana

Segunda a sexta-feira, das 7 às 14 horas.

­